Meus outros blogs:

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Ano do Cavalo

Ano do Cavalo 2014 - Previsões e Simbolismo do Calendário Chines
Conheça as previsões para o Ano do Cavalo que segundo o calendário chinês começa no dia 31 de janeiro de 2014, as curiosidades e particularidades desta tradição milenar.
Da mesma maneira que o calendário astrológico ocidental utiliza 12 signos, o calendário chinês é baseado em 12 animais sagrados sendo eles: Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Cabra, Macaco, Galo, Cão e Porco. Neste ano de 2014 o calendário chinês será regido pelo Cavalo, que tem seu início no dia 31 de janeiro, nosso objetivo é explicar um pouco mais sobre esta tradição milenar, as previsões para o ano do cavalo, o simbolismo contido nesta figura e como ela pode influenciar a vida das pessoas.

O horóscopo chinês diz que existem 5 elementos para cada um dos signos, são eles: Metal, água, madeira, fogo e terra e são diretamente associados ao animal do signo regente e revezando-se a cada ano do respectivo anima, sendo assim neste ano de 2014 comemoramos o Cavalo de Madeira que retorna após 60 anos e consigo traz um grande simbolismo.

 "Regido pelo elemento fogo o ano do cavalo será de transformações, momento ideal para colocar em pratica antigas ideias e promover grandes mudanças na vida pessoal e profissional."

Simbolismo do Cavalo no calendário chinês
O cavalo é um símbolo universal presente no inconsciente coletivo da humanidade e é conhecido por ser um grande aliado do ser humano, um trabalhador incansável, símbolo da força que quando bem direcionada pode nos levar muito longe.

No calendário chinês o cavalo é regido pelo elemento fogo e este por sua vez invoca sentimentos impulsivos, renovação, transformação. Todos devemos aproveitar a força deste ano para colocarmos em atividades projetos que estão parados, aquelas ideias que nunca saíram da gaveta, é o momento de utilizar a força do fogo para transformar intenções em atitudes e transformar algo do plano intelectual para o plano físico, momento de agir.

Curiosidades sobre o Ano do Cavalo
Como são 12 animais que representam o calendário chinês estes se revezam de 12 em 12 anos com uma particularidade que a cada ciclo eles mudam de acordo com os elementos naturais conforme explicado anteriormente. Os últimos anos do cavalo foram: 1918, 1930, 1942, 1954, 1966, 1978, 1990, 2002.

Para quem gosta de história podemos ver algumas particularidades nas datas que foram regidas pelo Cavalo, geralmente períodos de grandes transformações ocorridas no século passado, começando pela Primeira Guerra Mundial em 1918, a grande depressão americana e a queda da bolsa de 1930, o auge da Segunda Guerra Mundial em 1942, a própria China que em 1966 passou por sua Revolução Cultural lidera por Mao Tsé-Tung, a crise do petróleo em 1978, a Guerra do Golfo em 1990, o atentado ao WTC que foi em 2001 mas que repercutiu a guerra do Iraque e Afeganistão em meados de 2002.

 Neste momento você deve estar se perguntando, então teremos algum grande evento mundial no ano de 2014, a resposta é que pode ser que sim, ou pelo menos algum tipo de movimentação política que possa desencadear algum grande evento muito em breve, então para você querido leitor que acompanhou este texto até aqui fique atento e comprove por você mesmo até onde a astrologia oriental ou ocidental é coincidência ou realmente influencia o mundo ao nosso redor.


Previsões para 2014
Conforme algumas dicas que já oferecemos o ano do cavalo que começará oficialmente no dia 31 de janeiro promete grandes transformações e mudanças mas não vamos pensar ou prever questões globais, vamos nos focar em você, no individuo e como a força do fogo característico do cavalo e da madeira que é o ciclo atual podem ser utilizados a seu favor.

Se você tem alguma grande ideia ou vontade de mudar algo em sua vida este é o momento certo, talvez a hora de iniciar um novo projeto, conseguir a independência financeira, iniciar um novo relacionamento, conseguir um novo emprego, dar uma guinada na carreira através de qualificação profissional ou até mesmo iniciar um ano sabático para refletir sobre o que você deseja para sua vida pessoal e profissional, enfim, se você tem planos ou ideias é hora de tirar do papel e executar amparado pela força do cavalo, pela transformação do fogo e pela maleabilidade da madeira.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Ate tu, Larita Brutus????!!!Traidora??!!!

Ate tu, Brutus?
oi Laritaaaa....
nao vi a palavra brutus :P 
Lembra da História da Roma antiga em que o imperador julio cesar foi assassinado pelo seu filho adotivo Brutus? 
Quando o adotivo o traiu esfaqueando, ele disse: até tu brutus?!...daí fica como uma frase em que a pessoa quando se sente traída e abandonada por alguem, pergubnta: ate tu brutus? ( como q dissesse que até tu está contra mim?)


Ate tu, Brutus?
Brutus é o marinheiro brutamontes e truculento rival de “Popeye”. Os dois disputam o amor da magricela Olívia Palito — que exerce uma estranha atração sobre os homens — sendo que esta se mantém, no final das contas, fiel ao famoso comedor de espinafre.

Ate tu, Brutus?
Brutus, troiano que segundo a lenda fundou a Bretanha donde vem os bretões /celtas. A Bretanha é uma região administrativa do oeste da França com uma larga costa litoral entre o Canal da Mancha e o Oceano Atlântico. Sua capital é Rennes e seus habitantes chamam-se bretões1 .
A Bretanha é hoje em dia uma das 6 nações celtas reconhecidas pela Celtic League, com a Escócia, a Irlanda, a Ilha de Man, oPaís de Gales e a Cornualha.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

ser ou não ser...

... eis o cúmulo do ser.


sábado, 25 de janeiro de 2014

24 vértebras da coluna vertebral


Quando doer alguma coisa é só perguntar Qual a vértebra....?

Passem o rato ao longo das 24 vértebras da coluna vertebral.

Façam-no lentamente, e poderão ver uma demonstração de como a nossa coluna vertebral afecta todo o nosso corpo e organismo.

Movam o mouse sobre os ossos das Costas e poderão ver as áreas do corpo que são afectadas.

Este mail é muito interessante e pode ajudar-nos a perceber melhor o que se passa " dentro " de nós, se não cuidarmos bem da nossa  " espinha "

Clicar abaixo: http://www.chiroone.net/why_chiropractic/index.html

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Água

" Se alguém lhe bloquear a porta, não gaste energia com o confronto, procure as janelas.
Lembre-se da sabedoria da água : 
A água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna.
Quando alguém o ofender ou frustrar, você é a água e a pessoa que o feriu é o obstáculo!
Contorne-o sem discutir.
Aprenda a amar sem esperar muito dos outros " .

____ Augusto Cury

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Não ler depois das refeições

Dois cagalhotos vão assaltar um banco e pelo caminho encontram a diarreia que lhes
pergunta:
- Aonde é que vão?
- Vamos assaltar o banco.
- Posso ir com vocês?
- Não, que isto é um trabalho para duros.
 
 
Entram 2 piças num banco e dizem:
- Mãos ao ar! Isto é um assalto!
De seguida entra um vibrador. Diz então uma piça para a outra:
- Porra! Lá vem o Robocop!
 
 
Num cruzamento encontram-se 4 veículos: 1 pénis, 1 vibrador, 1 vassoura e 2
tomates. Quem tem prioridade?
- O vibrador! Porque é um veículo motorizado.
 
 
Dois pénis no cinema:
- " Qual é o filme de hoje?"
- " Pornográfico"
- " Porra, lá vamos nós ter que ficar de pé!"
 
 
Qual é a diferença entre um para quedas e um preservativo ?
Se o para quedas se avariar, é uma pessoa a menos. Se o preservativo se avariar, é
uma pessoa a mais.
 
 
Limpas o cu com a mão direita ou com a mão esquerda?
Não limpo o cu com as mãos, limpo com o papel!
 
 
Um indivíduo chega à porta de um baile de máscaras, com as duas mãos a tapar o
pénis. À porta, o porteiro pergunta muito admirado:
- Você vem mascarado de quê?
- De provérbio!
- De provérbio??
- Sim, homem; Mais vale um na mão que dois a voar!
 
Sabem:
 
Sabem qual é a semelhanca entre Adão e uma couve ?
- É que Adão foi o primeiro homem qu'houve.
 
 
Sabem o que é uma cicatriz?
- É uma actriz da SIC!
 
 
Sabem o que é um pionés?
- É um 'smartie' excitado!
 
 
Sabes porque é que os cães lambem a pichota?
- Porque conseguem!
 
 
Sabem o que a filha foca diz à mãe foca?
- Hei "mother" foca!
 
 
Sabem o que a bufa diz para o peido?
- Vai tu à frente que tens buzina.
 
 
O que é:
 
O que é que os elefantes usam como tampão?
Ovelhas.
 
 
O que é um ponto verde no canto da sala de aula ???
Uma ervilha de castigo
 
 
O que é um ponto cinza no chão?
Uma formiga de aparelho...
 
 
Sabem porque e que o Marco Paulo não gosta que as namoradas dele usem mini-saia?
Porque se vê os colhões!
 
 
Qual a diferença entre um computador Americano e um Português???
O Americano têm memória e o Português...uma vaga ideia!!!
 
 
Qual é a coisa qual é ela que é preto por dentro, branco por fora e come
criancinhas?
- Michael Jackson
 
 
Sabem como no Porto se chama a um VIP? (Very Important Person)
ICC!!! (Importante Como o Carago)
 
 
Perg: Sabes como se conhece um alentejano numa luta de galos?
Resp: É o único que leva um pato!
Perg: Sabes como se conhece uma loura na mesma luta de galos?
Resp: É a única que aposta no pato!
Perg: E sabes como é que se sabe que o Pinto da Costa também lá estava?
Resp: O pato ganha!...
 
 
Calinadas do Futebol:
 
Gabriel Alves: Intervalo de um jogo.
Um fedelho qualquer está agarrado às redes que separam as bancadas do relvado.
Comentário do Gabriel com um sorriso nos lábios:
"Os putos vão à bola... e gostam..."
 
 
Jogo do Sporting:
"Juskowiak a vantagem de ter duas pernas!"
 
 
Gabriel Alves, numa descrição de "detalhada" de um estádio de futebol:
"É um estádio bonito, moderno, arejado..."
 
 
Ouve-se no estádio, algum público a gritar: "Ó Pinto da Costa, vai pró ca._.".
Diz Gabriel Alves, no mesmo instante:
"O público entusiasmado... a apoiar as duas equipas..."
 
 
Durante a Final da Taça UEFA, entre Bayern e Bordéus:
"Reparem como os jogadores do Bayern movimentam-se descrevendo figuras
geométricas..__ O futebol é uma arte plástica.... "
 
 
Durante o Euro96, no primeiro jogo Alemanha-Rep.Checa, Gabriel Alves afirma
entusiasticamente:
"Existem muitos jogadores alemães a jogarem no campeonato germânico"
 
 
Gabriel Alves, outro brilhante e típico comentário:
"Um passe para uma zona de ninguém, onde realmente não estava ninguém!"
 
 
No estádio José Gomes, do Estrela da Amadora (Reboleira), a "mítica" dupla,
Francisco Figueiredo/Gabriel Alves trava o seguinte diálogo:
GA: "...relvado em muito más condições para a prática do futebol. Não é assim
Francisco Figueiredo? Conforme podes constatar aí em baixo no relvado...”
FF: "Confirmo, péssimas condições!! E eu que vim para o campo de
SAPATINHOS FINOS..."
 
 
Ouve-se Costinha, com a bola na mão, dizer "Pró ca_..!".
Diz o comentador :
"Muito bem, Costinha a incentivar os companheiros, e a mandá-los para a frente..."
 
 
Na sucessão de vários erros típicos do árbitro em campo,ouve-se o brilhante
comentário:
"...e o Árbitro foi agora atingido por um objecto estranho, provavelmente atirado
por um TELESPECTADOR..."
 
 
Repórter: - João Pinto, prognósticos para este encontro?
JP: - Prognósticos só no fim do jogo.
 
 
Repórter: - João Pinto, felicidades para o jogo.
JP: - Obrigado, igualmente.
 
 
No fim de um jogo que o Porto ganhou:
Repórter: - João Pinto, felizes com mais esta vitoria?
JP: - Sim, estamos felizes porque estamos contentes.
 
 
Neste jogo, JP tinha marcado um golo num remate de primeira.
Entrevistado no fim do jogo, teve a seguinte afirmação:
"Não foi nada de especial, chutei com o pé que estava mais à mão!"
 
 
Estágio da selecção, os jornalistas estavam a fazer uma reportagem sobre os tempos
livres dos jogadores. Chegou a vez do nosso querido J.Pinto. Quando lhe
perguntaram o que ele costumava fazer nos tempos livres do estágio, ele
"inteligentemente" diz:
"Costumo fazer (isto), (aquilo), (aqueloutro), ver TV, ler...".
Vai daí, o jornalista pergunta-lhe:...então e o que costuma ler?... Jornais?
J.P. - Sim.
Jornalista - E livros, não lê?...
J.P. - Sim... CLARO! Por acaso, ando a ler agora um, que até tenho
em cima da mesinha de cabeceira...
Jornalista - Ah sim, então e qual é o titulo do livro?
J.P. - (um pouco embaraçado) Hum... Hum... Não me lembro...
 
 
No jogo, Portugal-Escócia em que obtivemos uma brilhante vitoria, por 5 - 0,
Cadete foi substituído praticamente no final do jogo, por consequência de uma lesão.
No momento foi prontamente interpelado por um repórter da TV.
Repórter: - "Então Cadete, está magoado?"
J.Cadete: - "Não, não. Estou muito feliz."

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Bullying

A PROF. MERECE O NOSSO APLAUSO PELA VISÃO PEDAGÓGICA DEMONSTRADA. TODOS TEMOS FILHOS, NETOS OU AMIGOS COM CRIANÇAS QUE PODEM SER VÍTIMAS.
BULLYING
Uma professora quis ensinar à sua turma os efeitos do bullying.
Deu a todos os alunos uma folha de papel e disse-lhes para a amarrotarem, deitarem para o chão e pisarem. Em suma, podiam estragar a folha o mais possível mas não rasgá-la.
As crianças ficaram entusiasmadas e fizeram o seu melhor para amarrotarem a folha, tanto quanto possível.
A seguir, a professora pediu-lhes para apanharem a folha e abri-la novamente com cuidado, para não rasgarem a mesma. Deviam endireitar a folha com o maior cuidado possível. A senhora chamou-lhes a atenção para observarem como a folha estava suja e cheia de marcas. Depois, disse-lhes para pedirem desculpa ao papel em voz alta, enquanto o endireitavam. À medida que mostravam o seu arrependimento e passavam as mãos para alisar o papel, a folha não voltava ao seu estado original. Os vincos estavam bem marcados.
A professora pediu então para que olhassem bem para os vincos e marcas no papel. E chamou-lhes a atenção para o facto que essas marcas NUNCA mais iriam desaparecer, mesmo que tentassem repará-las.
“É isto que acontece com as crianças que são “gozadas” por outras crianças” - afirmou a professora - “vocês podem pedir desculpa, podem tentar mostrar o vosso arrependimento, mas as marcas, essas ficam para sempre.”
Os vincos e marcas no papel não desapareceram, mas as caras das crianças deram para perceber que a mensagem da professora foi recebida e entendida.

Copia esta mensagem e manda-a para todos os teus amigos.
O bullying causa mais danos do que podemos imaginar!!!
Evitem, ajudem e denunciem...

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Sabia que…

Sabia que…
Coração é o motor do corpo humano?
Todas as células do organismo precisam de oxigénio e alimento para funcionarem. O veículo de transporte que faz chegar estas e outras substâncias às células é o sangue.
O sangue é produzido na medula e oxigenado pelos pulmões; viaja continuamente através de uma complexa rede de artérias e vasos sanguíneos que o fazem chegar a todas as partes do corpo.
O coração funciona como motor de todo este sistema, bombeando o sangue e as substâncias que este transporta, através das veias e das artérias.

Como bate o coração?

As paredes do coração são revestidas por músculo — o chamado músculo cardíaco ou miocárdio. Este músculo contrai-se de forma automática, bombeando o sangue dentro do coração e para o seu exterior.
Cada batida corresponde a duas fases distintas:
1.ª Fase — Diástole
Nesta fase os ventrículos estão relaxados. As válvulas entre as aurículas e os ventrículos abrem-se, para que o sangue “desça” das aurículas, enchendo os ventrículos. As válvulas de saída do coração (aórtica e pulmonar) estão fechadas. No final desta fase as aurículas contraem-se, bombeando o sangue para os ventrículos.
2.ª Fase — Sístole
Na segunda fase, é a vez dos ventrículos se contraírem, empurrando o sangue para o exterior do coração. Esta contração é vigorosa e pode-se sentir, colocando a mão no peito, do lado esquerdo. As válvulas de saída do coração abrem-se deixando o sangue fluir para a artéria aorta e artéria pulmonar.

Em que situações o coração faz mais esforço?
Existem muitas situações que podem fazer com que o coração tenha que aumentar o ritmo das suas batidas. Por exemplo, esforços físicos, ansiedade ou stress. Nestas situações, quando o organismo precisa de mais alimento e oxigénio, o coração tem a capacidade de se adaptar, bombeando até quatro vezes mais sangue do que em estado de repouso.
·         Em repouso → são bombeados 5 litros de sangue por minuto.
·         Em esforço → podem chegar a ser bombeados 20 litros por minuto.
Geralmente, as situações acima descritas fazem com que a pressão arterial aumente temporariamente. No entanto, a pressão voltará a valores normais quando o corpo entra de novo em estado de repouso.

Principais fatores de desgaste para o coração
O coração tem assim uma grande capacidade de se adaptar aos diferentes estados emocionais e físicos pelos quais passamos. No entanto, como todas as “máquinas”, sofre um desgaste de acordo com as situações a que é sujeito.
O stress, o tabaco, o colesterol, a hipertensão ou a obesidade são alguns dos mais importantes fatores de desgaste para o coração e, como tal, representam uma maior risco de doença cardíaca.

Fonte: Fundação Portuguesa de Cardiologia
*As informações e/ou os conselhos disponibilizados não substituem o parecer/opinião do seu Médico e/ou Farmacêutico.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Ai, que preguiça

Drauzio Varella


O corpo humano é uma máquina desenhada para o movimento.

É dotado de dobradiças, músculos que formam alavancas capazes de deslocar o esqueleto em qualquer direção, ossos resistentes, ligamentos elásticos que amortecem choques, e sistemas de alta complexidade para mobilizar energia, consumir oxigênio e manter a temperatura interna constante.
Em seis milhões de anos, a seleção natural se encarregou de eliminar os portadores de características genéticas que dificultavam a movimentação necessária para ir atrás de alimentos, construir abrigos e fugir de predadores.

Se o corpo humano fosse projetado para os usos de hoje, para que pernas tão compridas e braços tão longos? Se é só para ir de um assento a outro, elas poderiam ter metade do comprimento. Se os braços servem apenas para alcançar o teclado do computador, para que antebraços? Seríamos anões de membros atrofiados, mas com um traseiro enorme, acolchoado, para nos dar conforto nas cadeiras.
A possibilidade de ganharmos a vida sem andar é aquisição dos últimos cinquenta anos. A disponibilidade de alimentos de qualidade acessíveis a grandes massas populacionais, mais recente ainda. A mesa farta e as comodidades em que viviam os nobres da antiguidade estão ao alcance da classe média, em condições de higiene bem superiores.

Para quem já morou em cavernas, a adaptação a um meio com vacinas, saneamento básico, antibióticos, alimentação rica em nutrientes e tecnologia para fazer chegar a nossas mãos tudo o que necessitamos, foi imediata. Em boa parte dos países a expectativa de vida atingiu 70 anos, privilégio de poucos no tempo de nossos avós.

Os efeitos adversos desse estilo de vida, no entanto, não demoraram para surgir: sedentarismo, obesidade, e seu cortejo nefasto: complicações cardiovasculares, diabetes, câncer, degenerações neurológicas, doenças reumáticas e muitas outras.

Se todos reconhecem que a atividade física faz bem para o organismo, por que ninguém se exercita com regularidade?
Por uma razão simples: descontadas as brincadeiras da infância, fase de aprendizado, nenhum animal desperdiça energia. Só o fazem atrás de alimento, sexo ou para escapar de predadores. Satisfeitas as três necessidades, permanecem em repouso até que uma delas volte a ser premente.
Vá ao zoológico. Você verá uma onça dando um pique para manter a forma? Um chimpanzé – com quem compartilhamos 99% de nossos genes – correndo para perder a barriga?

É tão difícil abandonar a vida sedentária, porque malbaratar energia vai contra a natureza humana. Os planos para andar, correr ou ir à academia naufragam no dia seguinte sob o peso dos seis milhões de anos de evolução, que desaba sobre nossos ombros.
Quando você ouvir alguém dizendo que pula da cama louco de disposição para o exercício, pode ter certeza: é mentira. Essa vontade pode nos visitar num sítio ou na praia com os amigos, na rotina diária jamais.
Digo por experiência própria. Há 20 anos corro maratonas, provas de 42 quilômetros que me obrigam a levantar às cinco e meia para treinar. Tenho tanta confiança na integridade de meu caráter, que fiz um trato comigo mesmo: ao acordar, só posso desistir de correr depois de vestir calção, camiseta e calçar o tênis.
Se me permitir tomar essa decisão deitado na cama, cada manhã terei uma desculpa. Não há limite para as justificativas que a preguiça é capaz inventar nessa hora.

Ao contrário do que os treinadores preconizam, não faço alongamento antes, já saio correndo, única maneira de resistir ao ímpeto de voltar para a cama. O primeiro quilômetro é dominado por um pensamento recorrente: “não há o que justifique um homem passar pelo que estou passando”.
Vencido esse martírio inicial, a corrida se torna suportável. Boa mesmo, só fica quando acaba. Nessa hora, a circulação inundada de endorfinas traz uma sensação de paz celestial, um barato igual ao de drogas que nunca experimentei.

Por isso, caro leitor, se você está à espera da chegada da disposição física para sair da vagabundagem em 2014, tire o cavalo da chuva: ela não virá. Praticar exercícios com regularidade exige disciplina militar, a mesma que você tem na hora de ir para o trabalho.

Ai, que preguiça.