Meus outros blogs:

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Realmente não há limites para a estupidez humana...Só nos States mesmo

F$#$-#$ ké burrrrra…. Mas que tem o bush como presidente… deve ser mesmo assim J J

 Kathy Evans, residente em Idaho, trouxe a humilhação para os seus amigos e famí­lia quando inaugurou uma nova escala de estupidez com a sua aparição no popular show de TV "Quem quer ser milionário".
 Evans, uma esposa e mãe de 2 filhos de 32 anos, ficou presa logo na 1ª pergunta. Os fãs do programa dizem que ela conseguiu fazer o pior uso de sempre das suas ajudas. Depois de ser apresentada à apresentadora do concurso Meredith Vieira, Evans assegurou que estava pronta para jogar, e foi-lhe feita uma pergunta extremamente simples de 100$. A pergunta era: 
 
Qual é o maior dos seguintes elementos? 
A) Um amendoim
B) Um elefante
C) A Lua 
D) Hey, a quem é que estás a chamar grande?
Imediatamente a Sra. Evans foi tomada pelo pânico assim que percebeu que esta era uma questão à  qual efectivamente não sabia responder. " Hum, eh pá... esta é difícil" disse Evans, enquanto Vieira fazia o seu melhor para esconder a sua incredulidade. " Quer dizer, tenho a certeza que já ouvi falar de algumas destas coisas antes, mas não tenho ideia dos seus tamanhos".  
Evans decidiu usar a 1ª das suas ajudas, o 50/50. As respostas A e D foram retiradas, deixando por decidir qual seria maior, um elefante, ou a lua. Contudo, Evans continuava com poucas certezas. " Oh retirou as duas para as quais me inclinava!"  exclamou Evans. " Que chatice, acho que é melhor ligar a uma amiga".
Usando a 2ª das suas ajudas, a senhora Evans pediu para ligarem à sua melhor amiga Betsy, uma empregada de escritório. "Olá Betsy! Tudo bem? É a Kathy! Estou na TV!" disse Evans, desperdiçando os primeiros 7 segundos da chamada. " Ok tenho uma pergunta importante. Qual dos seguintes elementos é o maior? B Elefante, ou C a Lua? Tens 15 segundos." A Betsy rapidamente disse que a resposta certa era a C é " Lua. Evans continou a conversar com a amiga nos 10 segundos seguintes. " Vá lá Betsy tens a certeza?" Disse Evans. " Quanta certeza tens? Não pode ser essa."  Para o espanto de todos a monga Evans declinou a ajuda da sua amiga. " Não sei se posso confiar na Betsy. Ela não é assim tão inteligente. Acho que vou pedir a ajuda do público" diz Evans.
O público respondeu 98% a favor da resposta C é" Lua. Tendo usado todas as ajudas, Evans tomou a escolha mais burra da sua vida. "Uau, parece que toda a gente está contra o que eu estou a pensar" disse a estúpida Evans. " Mas sabe, às vezes temos que seguir o nosso palpite. Vamos ver! Para a pergunta de qual é maior, o elefante ou a lua, eu escolho a B é " Elefante. É a minha resposta final". Foi então dito a Evans que estava errada, sentada perante a audiência embasbacada, e que a resposta certa era de facto, C é " A Lua.
Se calhar não temos porque nos espantar.
Afinal este é o paí­s onde Bush foi eleito, e por 2 vezes... ;)

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Casados durante 70 anos, morreram com poucos minutos de diferença


Wilf Russel e Vera Russel viveram toda a vida juntos. O casal, que partilhou a vida ao longo de 70 anos, estava agora separado devido a problemas de saúde.
Wilf, de 93 anos, sofria de demência e vivia num lar em Leicestershire, Inglaterra. A mulher, Vera, havia adoecido e, por isso, passou os últimos dias de vida no hospital Leicester Royal Infirmiry.
A demência afetou Wilf de tal modo que ele deixou de reconhecer a companheira de uma vida. Vera, por seu lado, adoeceu desde que o marido deixou de saber quem ela era.
Na última quarta-feira, Wilf e Vera fecharam os olhos para não mais os abrir. Ele morreu no lar às 06h50. Ela morreu no hospital, quatro minutos depois.
“No domingo fui visitar a minha avó. A última coisa que ele me disse foi: ‘somos o par ideal, não somos?’”, contou ao Leicester Mercury a neta do casal.
Wilf e Vera conheceram-se quando ele tinha 18 anos e ela 16. Apaixonado, ele pediu-a em casamento antes de seguir para o Norte de África e para Itália para combater durante a Segunda Guerra Mundial ao serviço da Royal Air Force britânica.
Quando Wilf regressou a casa levou Vera até ao altar. O casal teve três filhos, cinco netos, sete bisnetos e dois trinetos.
“Eles tinham muita coisa em comum e, desde que casaram, nunca passaram uma noite separados até ele ir para o lar”, acrescentou Stéphanie.

sábado, 1 de abril de 2017

Compatibilidades de Carneiro e Peixes


São Signos que na ordem zodiacal se encontram muito perto um do outro, mas que vivem em mundos diferentes. 
Pode tratar-se de uma relação agradável e romântica, mas construída sobre alicerces pouco estáveis, a não ser que usem o seu sentido prático para que o seu amor ganhe solidez. 
Carneiro, com o seu planeta Marte agressivo e aguerrido, e o Peixes, cujo regente é Neptuno, que é imaginativo, sensível e misterioso, atraem-se mutuamente. O Carneiro é seduzido pelo magnetismo do Peixes e este pela força e auto-segurança do parceiro. Se o Carneiro, com o seu espírito mandão, julga que vai ter em Peixes uma pessoa fácil de liderar, engana-se, pois este tem uma força interior que lhe é concedida por Neptuno e pelo seu elemento, a Água que, apesar de ser aparentemente passivo, concentra a sua força na própria passividade. 
A mulher Peixes verá no seu Carneiro o príncipe encantado, e fará tudo para o ajudar a triunfar, fazendo até o papel de mãe protectora, ou usando a sua natural magia para conquistar o seu coração. 
O homem Carneiro vê na pisciana a mulher frágil que ele vai proteger de todos os perigos e de todas as injustiças que abundam neste mundo cruel. Peixes compreende os sentimentos e as emoções melhor do que ninguém, mas muitas vezes tenta fugir à realidade, pelo que pode forjar mentiras para não sentir a dureza da vida que o aflige. 
Carneiro enfrenta a vida como se fosse um desafio e os medos do Peixes podem fazer com que haja tensões entre ambos, a não ser que o Carneiro encha a sua pisciana de amor e ternura de modo a que ela se sinta muito protegida. Não é difícil a ambos sacrificarem-se, mas se se respeitarem dando-se mutuamente liberdade e independência, poderão ter um amor muito duradouro. 
O homem Carneiro, de temperamento activo, pode não apreciar a passividade da mulher Peixes, a não ser para a dominar. 
A pisciana, calma e muito feminina, pode submeter-se, mas vai-se distanciando pouco a pouco. Se, eventualmente, entrar em depressão e ficar ciumenta com as possíveis infidelidades do Carneiro, um dia pode simplesmente ir-se embora. 
Ambos precisarão de fazer concessões mútuas para que a relação resulte.
No caso da mulher pertencer ao Signo de Carneiro e o homem ao de Peixes a ligação é possível mas será um pouco difícil a longo prazo. 
Ele é sensível e introvertido, enquanto que ela é agressiva e extrovertida, pelo que a relação terá altos e baixos. 
Em caso de separação, esta poderá ser difícil para ambos.