Meus outros blogs:

domingo, 13 de maio de 2018

COMO CHAMAR A POLÍCIA EM PORTUGAL...

APRENDAM...

Tenho um sono muito leve e uma noite destas notei que estava alguém a andar sorrateiramente no meu quintal.

Levantei-me em silêncio e fui acompanhando os leves ruídos que vinham lá de fora, até ver uma silhueta a passar pela janela do quarto.

Como a minha casa até é muito segura, com alarme, grades nas janelas e nas portas, não fiquei preocupado, mas claro que não ia deixar um ladrão andar ali tranquilamente.

Telefonei para a polícia, a informar sobre a ocorrência e dei a minha morada.
Perguntaram-me se o ladrão estava armado ou se já estava no interior da casa. Esclareci que não. Então disseram-me que não tinham nenhuma viatura por perto para ajudar, mas que iriam mandar alguém logo que fosse possível.
Um minuto depois liguei de novo e disse com a voz calma:
Eu liguei há pouco porque estava alguém no meu quintal. É para informar que já não é preciso muita pressa, porque eu já matei o ladrão com um tiro de uma pistola calibre 9 mm, que tinha guardada cá em casa, já há anos para estas situações. O tiro fez um belo buraco no pobre diabo!
Passados menos de três minutos, estavam na minha rua 5 carros da polícia, um carro do INEM, uma unidade de resgate, duas equipas da TVI, uma da SIC e um representante duma entidade de direitos humanos.
Acabaram por prender o ladrão em flagrante, que ficou boquiaberto a olhar tudo o que se estava a passar, com cara de parvo.
Talvez ele estivesse a pensar que aquela era a casa do Comandante Geral da PSP.
No meio do tumulto, o polícia encarregue desta operação, aproximou-se de mim e disse-me:
-Pensei que tivesse dito que tinha morto o ladrão !!!
Eu respondi:
- Pensei que tivesse dito que não havia nenhuma viatura disponível!

sexta-feira, 11 de maio de 2018

quinta-feira, 10 de maio de 2018

COMO É QUE ELES PODIAM SABER ? ALGO NO UNIVERSO - MUITO MAIOR E MAIS PROFUNDO QUE A INTELIGÊNCIA HUMANA. A VIAGEM DOS ELEFANTES PARA PRESTAR SUA ÚLTIMA HOMENAGEM - MAS COMO ÊLES PODERIAM SABER ?

ALGO NO UNIVERSO - MUITO MAIOR E MAIS PROFUNDO QUE A INTELIGÊNCIA HUMANA.
A VIAGEM DOS ELEFANTES PARA PRESTAR SUA ÚLTIMA HOMENAGEM - MAS COMO ÊLES PODERIAM SABER ?
Description: ele-1
 
Lawrence Anthony, uma lenda viva na África do Sul, autor de 3 livros, entre eles o best-seller O Encantador de Elefantes,  valentemente resgatou inúmeros animais selvagens e reabilitou elefantes por todo o planeta após serem vitimados por atrocidades humanas, entre elas o corajoso resgate dos animais do Zoológico de Bagdá durante a invasão dos Estados Unidos em 2003.
.
No dia 7 de março de 2012 Lawrence Anthony faleceu.
Deixou saudades e é sempre lembrado por sua esposa, dois filhos, dois netos e numerosos elefantes.
Dois dias após seu falecimento os elefantes selvagens apareceram em sua casa guiados por duas grandes matriarcas.
Outras manadas  selvagens apareceram em bandos para dizer adeus a seu amado amigo-homem.
Um total de 31 elefantes havia caminhado pacientemente por mais de 12 milhas para chegar à sua residência sul-africana.
Description: ele-2
Ao testemunhar este espetáculo, os humanos obviamente ficaram abismados não apenas por causa da suprema inteligência e timing perfeito com que esses elefantes pressentiram o falecimento de Lawrence, mas também devido às profundas lembranças e emoções que os amados animais relembraram numa forma tão organizada.
Caminhando lentamente - durante dias - marchando pelo caminho numa fila solene desde seu habitat até a sua casa.
Assim, como os elefantes da reserva, pastando a milhas de distância em partes distantes do parque poderiam saber da morte de Anthony ? "Um homem bom morreu de repente" diz a Rabina Leila Gal Berner, Ph.D., "e vindo de muito, muito longe duas manadas de elefantes, sentindo que eles haviam perdido um amado amigo humano, se moveram numa solene procissão fúnebre para visitar a família enlutada na residência do falecido."
"Se alguma vez houve uma ocasião em que pudemos realmente sentir a maravilhosa intercomunicação de todos os seres, foi quando refletimos sobre os elefantes de Thula Thula. O coração de um homem para de bater e os corações de centenas de elefantes se entristecem.    O coração tão generoso e dedicado  deste homem ofereceu a cura a esses elefantes e agora eles vem prestar sua carinhosa homenagem a seu amigo."
A esposa de Lawrence, Françoise, estava particularmente comovida, sabendo que os elefantes não haviam vindo a sua casa antes desta data por bem mais de três anos !  Mas sabiam perfeitamente aonde estavam indo !  Os elefantes obviamente queriam apresentar suas sentidas condolências, em honra a seu amigo que havia salvado suas vidas e tamanho era o seu respeito que ficaram por dois dias e duas noites sem comer absolutamente nada. 
E assim, uma manhã, eles partiram para a sua longa viagem de volta.

sábado, 5 de maio de 2018

sexta-feira, 4 de maio de 2018

O Palácio da meia-noite

No coração de Calcutá esconde-se um obscuro mistério...

Um comboio em chamas atravessa a cidade. Um espectro de fogo semeia o terror nas sombras da noite. 
Mas isso não é mais do que o princípio. Numa noite obscura, um tenente inglês luta para salvar a vida a dois bebés de uma ameaça impensável. 
Apesar das insuportáveis chuvas da monção e do terror que o assedia a cada esquina, o jovem britânico consegue pô-los a salvo, mas que preço irá pagar?
A perda da sua vida. 
Anos mais tarde, na véspera de fazer dezasseis anos, Ben, Sheere e os amigos terão de enfrentar o mais terrível e mortífero mistério da história da cidade dos palácios.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

United States of Europe (USE)

Foto familiar da Europa Unida.
Insuperável!!!

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Tenho rugas...

Tenho rugas...
"Olhei para o espelho e descobri que tinha muitas rugas, à volta dos olhos, na boca, na testa.
Eu tenho rugas porque tive amigos e nós rimos, mas tanto, até às lágrimas.
Eu tenho rugas porque conheci o Amor, que me fez espremer os olhos de Alegria.
Eu tenho rugas porque tive filhos e fiquei preocupada com eles desde a conceção, mas também porque sorri para todas as suas novas descobertas e porque passei muitas noites em claro.
Tenho rugas porque também chorei. Chorei pelas pessoas que amei e que foram embora, por pouco tempo ou para sempre, sabendo ou sem saber o porquê.
Tenho rugas porque passei horas sem dormir, para observar os projetos que correram bem mas também para cuidar a febre das crianças, para ler um livro ou fazer amor.
Vi lugares lindos, novos, que me fizeram abrir a boca espantada, e revi os locais antigos, que me fizeram chorar.
Dentro de cada sulco no meu rosto e no meu corpo, esconde-se a minha história escondem-se as emoções que vivi, a minha beleza mais íntima.
E se apagar isso, apago a mim mesma.
Cada ruga é uma anedota da minha Vida, uma batida do meu Coração, o álbum de fotos das minhas memórias mais importantes!"
(Autor desconhecido)

terça-feira, 1 de maio de 2018

Futurista


segunda-feira, 30 de abril de 2018

Cultura geral

Um vendedor da Coca-Cola volta de uma temporada no Egipto e conversa com um amigo sobre a dificuldade que teve por lá. O amigo pergunta:
- Por que é que você não conseguiu ter sucesso com os egípcios?
O vendedor disse:
- Quando fui designado para o Médio Oriente, estava confiante de que conseguiria vender muito bem nas áreas desérticas.  Mas havia um problema, eu não sabia falar árabe. Então, pensei em criar uma sequência de três imagens num cartaz para transmitir minha mensagem de venda, que me ajudasse a vender:
Description: cid:1.3787060923@web32005.mail.mud.yahoo.com
Description: cid:2.3787060924@web32005.mail.mud.yahoo.com
Description: cid:3.3787060924@web32005.mail.mud.yahoo.com







- Primeira imagem: - Um homem caído na areia do deserto, totalmente 
exausto, a ponto de morrer de sede.
- Segunda imagem: - O homem bebe uma Coca-Cola.
- Terceira imagem: - O nosso homem, agora completamente 
recuperado.
Então, mandei afixar estes cartazes, como o que você aqui está 
vendo, em todos os lugares.
- Bem, parece-me que isso deveria ter funcionado muito bem, 
disse-lhe o amigo.
O vendedor respondeu:
- É... eu só não sabia é que os árabes lêem da direita para a 
esquerda!!!

Enigma numerico

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Uma Vida ao Teu Lado - Nicholas Sparks

Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele.Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra e seus efeitos sobre eles e suas famílias.
Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga até um rodeio. Lá é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição. 
Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família.Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. 
Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Príncipe da Névoa

Em 1943, a família do garoto Max Carver muda para um vilarejo no litoral, por decisão do pai, um relojoeiro e inventor. Porém, a nova casa dos Carver está cercada de mistérios. 
Atrás da casa, Max descobre um jardim abandonado, que contém uma estranha estátua e símbolos desconhecidos. Os novos moradores se sentem cada vez mais ansiosos: a irmã de Max, Alicia, tem sonhos pertubadores, enquanto a outra irmã, Irina, ouve vozes que sussurram para ela de um velho armário. 
Com a ajuda do novo amigo, Roland, Max também descobre os restos de um barco que afundou há muitos anos, numa terrível tempestade. Todos a bordo morreram, menos um homem -- um engenheiro que construiu o farol no fim da praia. Enquanto os adolescentes exploram o naufrágio, investigam os mistérios e vivem um primeiro amor, um diabólico personagem começa a surgir: o Príncipe da Névoa, capaz de conceder qualquer desejo a uma pessoa -- mas cobrando um preço alto demais...

terça-feira, 17 de abril de 2018

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Travessia - Paul Young

Depois de A Cabana, a história da transformação de um homem, numa viagem entre o Céu e a Terra.

Anthony Spencer é um empresário de sucesso, um homem orgulhoso e egocêntrico que não olha a meios para conseguir os seus objetivos. Um dia, o destino prega-lhe uma partida: um AVC deixa-o nos cuidados intensivos, em estado de coma.
Entre a vida e a morte, Anthony vê-se num mundo que espelha a dor e a tristeza que tem dentro de si. Confuso, sem compreender exatamente onde está e como foi ali parar, viaja pela sua consciência para compreender quem realmente é e descobrir tudo o que tem perdido ao longo da vida: a esperança, a amizade genuína e o amor verdadeiro, sentimentos que há muito o seu coração deixara de sentir.
Em busca de uma segunda oportunidade, Anthony fará uma jornada de redenção e encontro com o seu verdadeiro ser.


Conclusão: Confuso. 

domingo, 8 de abril de 2018

GOA SONS E RITMOS


Goa Sons E Ritmos

DESCRIÇÃO

Organizado pela CASA DE GOA e pelo seu Grupo EKVAT de música, canto e dança, que já realizou digressões à India, a Londres e aos Estados Unidos, este espetáculo conta com a participação de vários convidados, entre os quais o Grupo GAMAT, e danças de Lajja Sambhavnath, Catarina Guerra, Judite Dilshad e Daniel Matos, entre outros.

De Goa, vem a música, canto e dança de cariz tradicional e popular.

O mandó, cantado e dançada nas casas senhoriais, num jogo de sedução entre as damas com os seus leques e os cavalheiros com os lenços brancos que ornamentam os bolsos das suas casacas.

O dekhni das bailadeiras, em que o brilho dos trajes e dos adereços refletem a beleza dos movimentos da dança

O fugddi natch dos trabalhadores do campo, alegre e ritmado.

Como não só de tradição vive o folclore, também haverá algumas incursões musicais: peça de folclore popular teatralizada e coreografia contemporânea do mandó.

Da Índia, danças clássicas de Kathak e Bharatanatyam, prosseguindo a internacionalização da dança clássica indiana com pureza e rigor.

Dança do ventre no estilo de fusão tribal indiana, onde a dança de raiz árabe recebe a influência estética indiana.

Será uma noite inesquecível, para assinalar o 30º aniversário da fundação da Casa de Goa em Lisboa, em que desde o Nomoskar de abertura do espetáculo até ao Adeus do mandó de despedida, instrumentistas, cantores e bailarinos irão envolver a assistência num mundo de sons, ritmos e cores.

PROMOTOR

CASA DE GOA - ASSOCIAÇÃO DE GOA, DAMÃO E DIU

sábado, 7 de abril de 2018

terça-feira, 3 de abril de 2018

Ama...

Ninguém é pouco ou muito pra ninguém. Somos a medida certa de quem nos aceita, ama e respeita..E quer saber? Fica quem gosta, abraça quem sente, e cuida quem se importa.
Cecília Sfalsin

segunda-feira, 2 de abril de 2018

domingo, 1 de abril de 2018

quarta-feira, 28 de março de 2018

As Mangas de Goa

Todo o Goês concordaria comigo de que de todos os meses do ano, Maio é um dos mais festivos em Goa. Logo após a Páscoa em Abril começam as festas nas nossas igrejas paroquiais com as suas “feiras de provisões”, assim chamadas porque, nos velhos tempos, nelas se compravam as provisões de cebolas, pimentas, condimentos, etc. para o resto do ano, dado que logo a seguir vêm os meses de intensas chuvas, os meses da “monção”.
Maio é o mês das nossas frutas, a manga, a jaca, o caju, o ananás, etc. Maio é o mês das praias para as vilegiaturas, banhos do mar, festas dançantes e, daí, Maio é o mês quando os namoros nascem e os noivados desabrocham sobre as areias  sobre as quais se pintam corações e se escrevem breves palavras, cheias de emocao: “I love you”.... "
Este ambiente único  tem enriquecido o folclore e a literatura goesa em mais de uma língua e ainda falada  por estrangeiros que tem visitado Goa. E foi a UNICA  fruta goesa cantada pelos nossos Poetas, Manohar Sardessai e Berardo Pinto Pereira., dois dedicados amigos da mmha familia, hoje cantando juntos Hosanaas ao Senhor no Paraizo
Quando da “Expo Europa:1998” em Lisboa o “Instituto Superior de Agronomia” teve a gentileza de me pedir um artigo sobre a “Manga De Goa” para o seu pavilhão
Posteriormente, a “Fundação Oriente” publicou-o na sua revista ‘Oriente’ nº 3  (Agosto de 2002) com uma tradução em inglês. Agora a F.O., em mais uma gentileza vai publicar em breve um trabalho mais completo em Português e Inglês.

segunda-feira, 26 de março de 2018

À Primeira Vista

Havia três coisas que Jeremy Marsh jurara nunca fazer: abandonar Nova Iorque, ceder à paixão, e, acima de tudo, ser pai.
Ironicamente, Jeremy vive agora na pacata cidade de Boone Creek, está perdidamente apaixonado por Lexie e aguarda com ansiedade o nascimento da filha de ambos. E nunca pensou ser tão feliz. Mas este estado de graça parece ter os dias contados. À medida que tenta integrar-se, o nova-iorquino apercebe-se de quão doloroso é abdicar dos seus hábitos urbanos. Talvez essa seja a razão por detrás do bloqueio criativo que o atormenta. Mas não é certamente a única razão ou, até, a mais importante… Embora tente ignorar as misteriosas mensagens que tem recebido e que questionam a integridade e lealdade de Lexie, Jeremy não consegue evitar relembrar o passado que tudo fez para esquecer.

terça-feira, 13 de março de 2018

Anos...

Obrigada por mais um dia de vida, 
de mais um ano 
e que dure por muitos mais anos desta vida. 

Obrigada, família, amigos e amigas
por tantos momentos bons e recordações lindas. 

No fim, de coração cheio de Amor,
agradeço meus pais por tudo, pela vida e pelo amor, 
aos meus amores que me enchem o coração.



Fazer tudo hoje, não deixar para amanhã. 
Porque somos instantes 
e num instante não somos nada.

quinta-feira, 8 de março de 2018

Dia da MUlher

Parabéns Mulheres!!!!
M de Mulher



Seus Malabarismos Mágicos Manipulam Marionetes.
Meninas, Mães, Madres, Marquesas e Ministras.
Madalenas ou Marias.

Marinas ou Madonas.
Elas são Manhãs e Madrugadas.
Mártires e Massacradas.
Mas sempre Maravilhosas, essas Moças Melindrosas.
Mergulham em Mares e Madrepérolas, em Margaridas e Miosótis.
E são Marinheiras e Magníficas.
Mimam Mascotes.
Multiplicam Memórias e Milhares de Momentos.
Marcam suas Mudanças.
Momentâneas ou Milenares, Mudas ou Murmurantes,
Multicoloridas ou Monocromáticas, Megalomaníacas ou Modestas,
Musculosas, Maliciosas, Maquiadoras, Maquinistas,
Manicures, Maiores, Menores, Madrastas,
Madrinhas, Manhosas, Maduras, Molecas,
Melodiosas, Modernas, Magrinhas.
São Músicas, Misturas, Mármore e Minério.
Merecem Mundos e não Migalhas.
Merecem Medalhas.
São Monumentos em Movimento, esses Milhões de Mulheres Maiúsculas.

quarta-feira, 7 de março de 2018

segunda-feira, 5 de março de 2018

sábado, 3 de março de 2018

Enigma: Total 9

sexta-feira, 2 de março de 2018

A Catedral do Mar

Século XIV. 
A cidade de Barcelona encontra-se no auge da prosperidade. 
Os seus habitantes decidem construir o maior templo mariano conhecido: Santa Maria do Mar.
 Uma construção paralela à desditosa história de Arnau, um servo da terra que foge dos abusos do seu senhor feudal. Arnau leva uma vida de trabalho extenuante sempre à sombra da Catedral do Mar, que o tirará da condição miserável de fugitivo para lhe dar nobreza e riqueza. 
Mas com esta posição privilegiada chega também a inveja dos seus pares, que tramam uma sórdida conspiração que põe a sua vida nas mãos da Inquisição.




Conclusão: A leitura durou um mês, todos os dias meia hora, mas valeu a pena. Muito interessante. Gostei de ler/ouvir.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Meu mês de Março...


terça-feira, 27 de fevereiro de 2018