sexta-feira, 17 de agosto de 2018

4ª SEMANA DO PAIQ


TER UM SONO RESTAURADOR
(4ª Lei da qualidade de Vida)
Ter um Sono Restaurador é:
1.Dormir o suficiente para repor a energia física e psíquica gasta no dia anterior.
2.Não demorar para adormecer nem ter um sono intermitente (acorda, levanta).
3.Ter um sono profundo e agradável.
4.Não se atormentar com pesadelos ou sonhos desgastantes.
5.Não levar problemas e conflitos sociais e profissionais para a cama
6.Despertar descansado e motivado para enfrentar o stresse e os desafios.
7.Estar alerta e concentrado para ter bom rendimento intelectual.
8.Estar tranquilo para tomar decisões não precipitadas.

Vou citar algumas delas que o tornaram o Mestre dos mestres das relações sociais: .
1- Tinha prazer intenso no convívio social;
2- Doar-se para os outros regava sua vida com sentido;
3- Não esperava o retorno das pessoas;
4- Sabia que todos perdiam a paciência e a coerência nos focos de tensão;
5-Tinha consciência de que os fortes compreendem e os frágeis condenam;
6- Amava as pessoas independentemente dos seus erros;
7 - Apaziguava a sua emoção por usar a arte do perdão.
(Não tenha medo de trocar experiências, chorar contar suas dificuldades.)

1. Não basta dormir, é preciso dormir com qualidade. O sono é o reator da vida. O seu sono tem sido reparador? Acorda cansado?
2. Muitos vivem o dia como se estivessem numa batalha. Você se atola em atividades? Pensa excessivamente?
3. O Mestre dos mestres dormia em situações stressantes, pois sabia se proteger. Ele perdoava compreendendo. Ajudava a todos, mas não vivia a dor deles. Sabia se proteger. Você sabe se proteger? Você é uma pessoa compreensiva ou impulsiva?
4. A arte do perdão. A quem você não consegue perdoar? Você tem dificuldade de se perdoar? É muito exigente consigo mesmo?
Relatório:
1. Faça um relatório das características da lei "Ter um sono reparador", descritas no inicio desse capítulo, que você precisa desenvolver.
2. Faça um relatório de pessoas que o frustraram e que você ainda não conseguiu perdoar, que o perturbam e, às vezes, afetam seu sono. Procure compreendê-las.
3. Treine não levar problemas para sua cama. Não compre problemas que não sejam seus. Não carregue o mundo nas costas. Você tem limites, não seja um super-herói. Colha um sono sereno por semear um dia tranquilo.
4. Faça exercícios físicos regulares. Os exercícios físicos liberam endorfina no cérebro, que é um calmante natural que relaxa e induz o sono.
5. Faça leituras agradáveis antes de dormir. Evite se alimentar duas horas antes de se deitar se você tem transtorno do sono. Do mesmo modo, evite ligar a TV ou o computador meia hora antes de dormir.

Próxima semana: 
GERENCIAR PENSAMENTOS.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Quatro vidas de um cachorro

Um cachorro morre e reencarna várias vezes na Terra. 

Embora encontre novas pessoas e viva muitas aventuras, ele mantém sempre o sonho de reencontrar o seu primeiro dono, Ethan, seu maior amigo e o grande amor de sua vida.

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Sesimbra


domingo, 12 de agosto de 2018

A barragem de Castelo de Bode e o legado dos Templários

O serpentear do curso do Rio Zêzere guia-nos até um magnífico lago entre as montanhas xistosas e mágicas do concelho de Tomar. Nesta zona poderá visitar e apreciar a Barragem de Castelo de Bode, uma das principais construções no conjunto de barragens da bacia do Zêzere e uma das maiores barragens do país.
Situada em Tomar, a barragem banha diversas terras outrora controladas pela Ordem dos Templários e que mantêm uma aura de mistério que fascina todos os que as visitam. A mais conhecida será Dornes, na mítica península que lhe empresta o nome. A presença da Ordem dos Templários é bem visível na torre sineira pentagonal de Dornes, que sobrevive quase intacta até aos nossos dias.

Para os apaixonados pelas lendas que perseguem a história dos templários, uma visita cuidadosa e atenta à região é indispensável. Mas a característica mais apaixonante da Barragem de Castelo de Bode são as suas bonitas albufeiras, que originaram algumas das praias fluviais mais extraordinárias do país.
Duas delas, a Praia Fluvial de Alverangel e a Praia Fluvial dos Montes, foram distinguidas em 2016 pela QUERCUS com a classificação de “Qualidade de Ouro”. A Praia dos Montes, por exemplo, encontra-se numa área verde onde brotam diversas fontes. A Praia Fluvial da Castanheira – também conhecida por Lago Azul – é outra das praias fluviais de referência em Portugal. Aqui, as águas da barragem espelham um azul magnífico e particularmente intenso. A tranquilidade do “lago”, rodeado pela serra, torna-a numa das zonas mais relaxantes e inesquecíveis ao largo da barragem.

Além disso, é um local privilegiado para prática dos desportos náuticos, nomeadamente de wakeboard, windsurf, vela, remo, jet ski, moto náutica e pesca desportiva (truta, achigã, enguias, lagostim vermelho). Finalmente, destacamos a Praia Fluvial de Aldeia de Mato. Distinguida diversas vezes com bandeira azul, as suas águas calmas são ideais para praticar natação ou simplesmente relaxar no enleio da Natureza.

Se procura dias diferentes onde a diversão e tranquilidade se completem numa combinação perfeita, no Centro de Portugal vai encontrar várias opções e na Barragem do Castelo de Bode, a água será sempre a estrela principal.

sábado, 11 de agosto de 2018

Festival Bons Sons em Cem Soldos, um ‘Amor de Verão’

Cem Soldos é a Aldeia que faz o BONS SONS acontecer.
Localiza-se na freguesia da Madalena, concelho de Tomar e podemos encontrá-la a cerca de 5 km de Tomar e a 12 km de Torres Novas, percorrendo a estrada nacional 349-3.
Em 1192, no reinado de D. Sancho I, já existia registo do lugar de Cem Soldos. Conta-se, numa versão da história, que o nome de Cem Soldos deriva de ter havido nesta povoação um destacamento militar de cerca de cem homens, aos quais, periodicamente, eram enviados “100 soldos” para o pagamento dos seus serviços.
Hoje, com cerca de 1.000 habitantes, Cem Soldos tem um verdadeiro espírito comunitário e mantém as suas tradições vivas e actuais, registando grande envolvimento nas actividades locais, como é o caso da animada Festa da Juventude em Agosto, a peculiar Festa da Aleluia na Páscoa e a poderosa fogueira de Natal.
Durante quatro dias, o BONS SONS toma conta de Cem Soldos, com palcos de música, feira de artesãos, exposições de arte e inúmeras actividades a animarem as suas ruas e largos. Cem Soldos é cercada para receber o Festival, com o seu perímetro a definir os limites do recinto.
À chegada, o visitante coloca uma pulseira que lhe dá acesso à Aldeia e aos locais de espectáculo, começando aqui a experiência do BONS SONS. Durante os dias do Festival, o visitante é convidado a viver a Aldeia, conhecer os seus habitantes, partilhar os seus lugares e tradições.
Com boas músicas e bons músicos, excepção feita a dois ou três nomes que vão e vêm como as modas dos tazos ou dos insufláveis, este festival confirma bandas como os Dead Combo, Linda Martini, Cais Sodré Funk Connection, ou artistas como Sara Tavares, Gajo, Zeca Medeiros ou Norberto Lobo. São os fins de tarde com a companhia palavrosa de Luís Severo ou as noites que não queremos que acabem com a energia dos Paus, que escrevem a história e a futura mitologia deste festival e desta terra.
Bons Sons não é um festival de bandas imaginárias, não é resultado de uma comunidade imaginária, é real e é necessário. Criar um festival em Cem Soldos é compreender o que falta no interior português e preenchê-lo. É música portuguesa na aldeia, é viver a terra, é dar terra a quem não a teve, e nestes dias não foi apenas a minha infância que esteve em jogo com o Hélder. Ou se calhar até foi.
Despedimo-nos com um sorriso sincero e malandro, e uma certeza: é com muita pena que deixamos Tomar para trás.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Tomar, cidade templária

Igreja Matriz
Local: Tomar
Foto: John Copland
Foto: John Copland

Não deixe de…
  • visitar o Convento de Cristo
  • fazer um passeio pela Mata dos Sete Montes
  • visitar a antiga sinagoga
  • deliciar-se com umas “Fatias de Tomar”
  • visitar a cidade no ano em que se realizar a Festa dos Tabuleiros
  • ir ao Castelo de Almourol
Antiga sede da Ordem dos Templários, Tomar é uma cidade de grande encanto, pela sua riqueza artística e cultural. O expoente máximo está no Convento de Cristo, um das mais importantes obras do Renascimento em Portugal.
Qualquer que seja o motivo para visitar a cidade, subir ao castelo templário e descobrir a obra monumental do Convento de Cristo é imprescindível. A Charola é a parte mais antiga. Este oratório templário foi construído no séc. XII, assim como o castelo, que na época era o mais moderno e avançado dispositivo militar do reino, inspirado nas fortificações da Terra Santa. Foi transformada em Capela-Mor aquando da reconstrução ordenada por D. Manuel I, no séc. XVI, altura em que o conjunto ganhou o esplendor arquitetónico que ainda hoje se preserva e que lhe justificou a classificação como Património da Humanidade.

Vale a pena ver o Convento com atenção para ir descobrindo algumas preciosidades, como as representações no portal renascentista, a particular simbologia da Janela Manuelina da Sala do Capítulo, os pormenores de arquitetura do Claustro Principal e as dependências ligadas aos rituais templários. Para melhor perceber a sua história, é importante saber como a Ordem dos Cavaleiros do Templo se transformou em Ordem de Cristo, salvaguardando o poder, o conhecimento e a riqueza que tinham em Portugal. O célebre Infante D. Henrique, mentor da epopeia dos Descobrimentos, foi um dos seus governadores e protetores mais importantes.

A partir do Convento, podemos descer a pé pela Mata dos Sete Montes até ao centro histórico. Indo pela estrada, vemos a meio do percurso a Ermida de Nossa Senhora da Conceição, uma pequena joia renascentista, obra do português João de Castilho que também trabalhou no Convento.

A seguir, há que visitar Tomar. A área urbana mais antiga, medieval, organiza-se em cruz, orientada pelos pontos cardeais e tendo um convento em cada extremo. A Praça da República, com a Igreja Matriz dedicada a São João Baptista marca o centro, tendo a oeste a colina do Castelo e do Convento de Cristo. Nas ruas em redor podemos encontrar lojas de comércio tradicional e o café mais antigo onde se podem apreciar as delícias da pastelaria local: queijadas de amêndoa e de chila e as tradicionais Fatias de Tomar, confecionadas apenas com gemas de ovos e cozidas em banho-maria numa panela muito especial, inventada por um latoeiro da cidade em meados do século passado.

A sul, o Convento de São Francisco, onde se pode visitar atualmente o curioso Museu dos Fósforos e, a norte, o antigo Convento da Anunciada. A este, no local do atual Museu da Levada, vemos as antigas moagens e moinhos que trabalhavam com a força do rio Nabão que atravessa a cidade. Numa das margens, fica o Convento de Santa Iria e nessa direção, um pouco mais longe, a Igreja de Santa Maria do Olival, onde se encontram os túmulos de vários templários, entre os quais o de Gualdim Pais, o primeiro mestre, morto em 1195.

Toda a cidade se organizou a partir deste núcleo, também palco de um dos maiores eventos tradicionais, a Festa dos Tabuleiros.

Para além de ter testemunhado as lutas da Reconquista Cristã, no séc. XII, Tomar preserva um interessante testemunho da religião hebraica, a antiga Sinagoga do séc. XV, hoje Museu Luso-Hebraico de Abraão Zacuto, dedicado ao distinto astrónomo e matemático quatrocentista. Situado na antiga Rua da Judiaria tem uma valiosa coleção documental e epigráfica. De notar os buracos que se veem em cada canto e que indicam a colocação de bilhas de barro na parede para aumentar as condições acústicas do espaço.

Aos pontos de interesse já referidos, acrescenta-se o Núcleo de Arte Contemporânea, onde se guarda a coleção de um dos mais importantes historiadores de arte portugueses do séc. XX, o Professor José-Augusto França.

Para descansar do passeio cultural, nada como uma pausa no Parque do Mouchão. É um lugar fresco, onde se pode ver a Roda do Mouchão, uma roda hidráulica em madeira. É um ex-libris da cidade e evoca os tempos em que os moinhos, os lagares e as áreas de cultivo ao longo do rio contribuíam para a prosperidade económica de Tomar.

Mas há ainda motivos de passeio nas proximidades, como Castelo de Bode, uma das maiores albufeiras do país, onde se pode fazer um tranquilo cruzeiro com almoço a bordo ou optar por uma diversidade de desportos aquáticos. Também como a pequena ilhota do Rio Tejo onde se situa o Castelo de Almourolou a localidade ribeirinha de Dornes, para quem quiser aprofundar a visita aos lugares templários da região. Para um itinerário mais completo, sugerimos os Roteiros do Património Mundial - “No Coração de Portugal”.

sábado, 4 de agosto de 2018

Surfar na Lagoa de Obidos

Lagoa de Óbidos - Praia da Foz do Arelho

Lagoa de Óbidos localiza-se nos concelhos de Caldas da RainhaÓbidos. É o sistema lagunar costeiro mais extenso da costa portuguesa. Segundo relatos antigos, a lagoa era muito mais extensa, alcançando o sopé da colina onde hoje se ergue a Vila de Óbidos.

Lagoa de Óbidos
Lagoa de Óbidos - Praia da Foz do Arelho - 1

Lagoa de Óbidos - Praia da Foz do Arelho

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

3ª SEMANA DO PAIQ

LIBERTAR A CRIATIVIDADE: SUPERAR A ROTINA
(3ª Lei da Qualidade de Vida)
Libertar a Criatividade é:
1.Ser um caminhante nas trajetórias do próprio ser.
2.É fazer coisas fora da agenda.
3.Superar a rotina e construir um oásis no deserto do tédio.
4.Abrir as janelas da inteligência para fazer novas descobertas.
5.Pensar em outras possibilidades. Libertar a imaginação.
6.Arejar a emoção e encantar a si mesmo.
7.Surpreender positivamente as pessoas que o rodeiam. Ter gestos nunca tidos.
8.Elogiar quem amamos. Penetrar no mundo deles, conhecer seus sonhos, suas alegrias, seus temores.
9.Dançar a valsa da vida com a mente livre.
10.Fazer da vida uma grande aventura.
Surpreenderei a mim e aos outros…

(Não tenha medo de trocar experiências, chorar e contar suas dificuldades.)
1. Libertar a criatividade é fazer da vida uma grande aventura. É se abrir para outras
possibilidades, ter prazer no novo, fazer novas descobertas, apreciar os desafios. Você tem libertado sua criatividade ou vive fechado em sua rotina?
2. Surpreender os outros é fundamental para construir uma excelente imagem no consciente deles. Você os surpreende? Consegue encantá-los quando eles eram ou o frustram? Diz coisas que nunca disse?
3. A obsessão é uma finte de ansiedade. Você tem ideias fixas ou comportamentos repetitivos que o perturbam?
4. O mestre dos mestres encantava as pessoas. Todos tinham acesso à sua agenda. Ele sabia elogiar, encorajar e motivar xás pessoas. Tinha uma alegria e uma sociabilidade contagiante. Você sente que vive num casulo? Sente que precisa se abrir mais?
Relatório:
1. Faça um relatório das características da lei" Libertar a criatividade: superar a rotina", descritas no início desse capítulo, que você precisa desenvolver.
2. Surpreenda a si mesmo. Faça coisas que são saudáveis e lhe dão prazer.
3. Surpreenda o outro. Dialogue carinhosamente com seus filhos, amigos, pais, colegas. Faça perguntas que nunca fez. Diga o quanto eles são importantes para você. Abrace-os.
4. Cumprimente as pessoas que têm funções simples, milS que são muito importantes.
5. Economize críticas, julgamentos, mas gaste elogios com quem você ama ou trabalha.
6. Passe um fim de semana em lugares novos. Ande por lugares diferentes. Dê flores em datas inesperadas.


Próxima semana:

TER UM SONO RESTAURADOR

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

The Gift

The Gift: Uma história linda onde mostra o mais belo presente: o amor. Mostra desta forma que o amor é mais que um presente, uma vez que existe bem mais para oferecer.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

2ª SEMANA DO PAIQ

CONTEMPLAR O BELO
(2ª Lei da qualidade de vida)
Contemplar o belo é:
1. Educar a emoção para fazer das pequenas coisas um espetáculo aos olhos.
2. Fazer de cada momento uma vivência mágica.
3. É educar a sensibilidade para entender que as gotas de chuva irrigam as flores e as gotas de lágrimas irrigam a existência.
4. Desvendar as coisas lindas, singelas e ocultas que nos rodeiam.
5. Descobrir o sabor da água, a brisa no rosto, o aroma das flores, o balançar das folhas sob a orquestra do vento.
6. Enxergar o que as imagens não revelam e perceber o que os sons não traduzem.
7.Ver com os olhos do coração.
8.Aprender a ser rico sem ter grande soma de dinheiro. Ser alegre mesmo sem grandes motivos.
9.Viver suavemente, ainda que sobrecarregado com responsabilidades.
10.Ter um romance com a vida. Fazer poesia com a vida, sem escrever palavras.
11.Abraçar as crianças, admirar as pessoas da terceira idade, ter agradáveis conversas com os amigos.
12.Ler um bom livro, viajar por suas páginas, libertar a criatividade. Ouvir uma boa música, penetrar nos traços de uma pintura, de uma arquitetura. Navegar pelas águas da emoção.
A arte da contemplação do belo está morrendo

(Não tenha medo de trocar experiências, chorar e contar suas dificuldades)
1. Contemplar o belo é ser rico sem ter grandes somas de dinheiro. Você é emocionalmente rico ou falta-lhe o pão da alegria? Contemplar o belo é escrever um romance com a vida. Você tem escrito esse romance?
2. A emoção pode envelhecer rapidamente. Você é jovem no território da emoção ou se sente envelhecido, stressado, assaltado por preocupações? É uma pessoa mal-humorada? Tem tido sintomas psicossomáticos?
3. Uma das causas da ansiedade, impaciência, insatisfação é a falta de contemplação do belo. Você é especialista em ver seus defeitos no espelho? A paciência tece a sua história?
4. O Mestre dos mestres passou por stresse e perdas desde a sua infância, mas foi saudável e tranquilo. A dor o construiu. Ele tornou-se um artesão da personalidade humana porque foi um grande observador. Você é um grande observador? Consegue extrair o prazer das coisas simples? Tem libertado a criança que vive em seu interior?
5.No auge da fama e dos compromissos, o Mestre da Sensibilidade fez muito do pouco. Você faz muito do pouco? Vive atolado em atividades?
Relatório:
1. Faça um relatório das características da lei "Contemplar o belo", descritas no início desse capítulo, que você precisa desenvolver.
2. Faça um relatório das coisas belas que estão ao seu redor. Repare no detalhe dos quadros de pintura, na anatomia das flores dos jardins, no estilo da sua casa, nos
comportamentos das pessoas.
3. Cuide de plantas. Escreva poesias. Refine seu prazer de ler, pintar, cantar. Role no tapete com as crianças. Valorize as coisas que são aparentemente simples.
4. Exercite sentir-se uma pessoa bonita interiormente e exteriormente. A beleza está
nos olhos de quem a contempla. Não seja escravo do padrão de beleza da mídia.
5. Fique 10 minutos por dia em silêncio contemplativo. Ou durante o trabalho, faça
pequenos relaxamentos de um ou dois minutos e observe as coisas belas ao seu
redor. Contemplar o belo coloca combustível no prazer de viver. Falar de qualidade de
vida sem contemplar o belo é construir uma miragem.

Próxima semana:
LIBERTAR A CRIATIVIDADE: SUPERAR A ROTINA

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Depois?



terça-feira, 24 de julho de 2018

As luzes de setembro

Durante o verão de 1937, Simone Sauvelle fica de repente viúva e abandona Paris junto com os filhos, Irene e Dorian. 
Eles se mudam para uma cidadezinha no litoral da Normandia, e Simone começa a trabalhar como governanta para Lazarus Jann, um fabricante de brinquedos que mora na mansão Cravenmoore com a esposa doente. 
Lazarus demonstra ser um homem agradável, trata com consideração Simone e os filhos, a quem mostra os estranhos seres mecânicos que criou: objetos tão bem-feitos que parecem poder se mover por conta própria. 
Já Irene, fica encantada com a beleza do lugar e por Ismael, o pescador primo de Hannah, cozinheira da casa. 
Os dois logo se apaixonam.
Todos estão animados com a nova vida quando acontecimentos macabros e estranhas aparições perturbam a harmonia de Cravenmoore: Hannah é encontrada morta, e uma sombra misteriosa toma conta da propriedade. 
Juntos, Irene e Ismael, desvendam o segredo da espetacular mansão repleta de seres mecânicos e sombras do passado, enfrentam o medo e investigam as estranhas luzes que brilham através da névoa em torno do farol de uma ilha.
Em As luzes de setembro, aquele mágico verão na Baía Azul será para sempre a aventura mais emocionante de suas vidas, num labirinto de amor, luzes e sombras.

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Tentativas

sexta-feira, 20 de julho de 2018

1ª SEMANA DP PAIQ


SER AUTOR DA SUA HISTÓRIA: O RESGATE DA LIBERDADE DO “EU”
(1ª Lei da qualidade de vida)
Ser Autor da sua História é ser:
1-Capaz de reconhecer a grandeza da vida e da história fascinante que cada ser humano possui inscrita em sua memória.
2-Capaz de construir e seguir metas claras. Não ter uma vida sem direção.
3-Capaz de fazer escolhas para atingir suas metas. Ter consciência de que toda escolha implica em perdas e não apenas em ganhos.
4-Capaz de tomar decisões e corrigir rotas sociais, profissionais

e afetivas.
5 -Capaz de reconhecer seus limites, falhas, atitudes incoerentes. Reconhecer suas doenças psíquicas. Ter consciência de que o pior doente é aquele que nega a sua doença.
6-Capaz de não desistir da vida, mesmo diante das perdas, dificuldades, decepções. Acreditar sempre na vida.
7-Capaz de ser transparente. Não se esconder atrás do sorriso disfarçado, posição social, conta bancária.
8-Capaz de ter domínio próprio. Não ser controlado pelo ambiente, circunstâncias e conflitos internos.
9-Capaz de liderar a si mesmo, antes de liderar o mundo de fora.
10-Capaz de treinar sua inteligência para viver todas as leis da qualidade de vida deste programa. Quem vive essas leis conquista todas as demais características.
A vida: grandiosa, belíssima e indefinível.

(Não tenha medo de trocar de experiências, e contar suas dificuldades)
1. A vida é uma jóia única no teatro da vida: todos temos uma rica história, Você tem investido em qualidade de vida ou tem sido uma máquina de trabalhar? Qual o valor real que você dá para sua vida e para as pessoas que ama?
2. Toda discriminação é desinteligente, já sentiu ou se sente inferior às pessoas?
3. Resgatar a liderança do "eu" é tomar decisões conscientes, O que mais o perturba no teatro da sua mente? Que decisões você tem adiado na sua vida?
4. Um "eu" frágil não é autor da sua história, não tem metas, objetivos, não intervém dentro de si mesmo, perpetua suas misérias psíquicas, Você é irritado e ansioso? É impulsivo e intolerante? Cobra demais de si? Cobra excessivamente das
pessoas? Que características de sua personalidade você deseja superar?
5. O amor era o fundamento da sabedoria do Mestre dos mestres, Quanto você ama a vida?
6.Mestre dos mestres usava o silêncio para pensar antes de reagir e resgatar a liderança do "eu", Você usa o silêncio nas situações tensas? Você consegue ter domínio próprio e surpreender seus colegas de trabalho e seus familiares quando eles o decepcionam?
Relatório:
1. Faça um relatório das características da lei "Seja autor da sua história", descritas no início desse capítulo, que você precisa desenvolver.
2. Faça um relatório das decisões que você tem adiado e que precisam ser tomadas.
3. Treine aprender a pensar antes de reagir. Treine usar a ferramenta do silêncio nos focos de tensão.
4. Todo ser humano, quando constrói um pensamento, é um grande artista, ainda que
viva no anonimato. Jamais se sinta inferior às pessoas.
5.Nunca desista das pessoas que você ama e nunca desista de si mesmo.
6.Não seja escravo dos seus conflitos. Tenha um "eu" lúcido e crítico, que sabe o que quer. Exercite diariamente sair da plateia, entrar no palco da sua mente, ser líder de si mesmo. Resgate a liderança do "eu".
7. Enfrente com dignidade suas dores, dificuldades, angústias, humor triste,
pensamentos negativos. Não tenha medo de suas mazelas psíquicas; mas, sim, receio de ser omisso, de não ser autor da sua história.

Próxima semana:
CONTEMPLAR O BELO

terça-feira, 17 de julho de 2018

Conteúdo do PAIQ - Programa da Academia de Inteligência de Qualidade de Vida


O PAIQ é constituído de doze capítulos contendo doze leis da qualidade de vida. Essas leis da qualidade de vida são universais. Podem ser aplicadas por qualquer povo, cultura, nação, crença, camada social. As pessoas que desenvolveram os melhores patamares da qualidade de vida ao longo da história da humanidade praticaram-nas, ainda que sem consciência, intuitivamente.
1- Ser Autor da Sua História.
2- Contemplar o Belo.
3- Libertar a Criatividade: Superar a rotina.
4- Ter um Sono Restaurador.
5- Gerenciar os Pensamentos.
6- Administrar a Emoção.
7 - Trabalhar os Papéis da Memória: Reeditar o Filme do Inconsciente.
8- A Arte de Ouvir e Dialogar.
9- A Arte do Auto dialogo: A Mesa Redonda do "Eu".
10- Ser Empreendedor: Trabalhar Perdas e Frustrações.
11- Inteligência Espiritual: Superando Conflitos Existenciais.
12- Fazer da Vida Uma Festa: A Arte do Prazer de Viver

Sintomas psíquicos: Cansaço exagerado; Pensamento acelerado; Insónia; Excesso de sono; Esquecimento; Desmotivação, desânimo; Diminuição do prazer sexual; Baixa auto-estima; Medo; Perda do prazer de viver; Tristeza ou humor deprimido; Falta de concentração; Sofrimento por antecipação; Angústia (ansiedade + aperto no peito); Agressividade; Sentimento de culpa intenso; Solidão; Ideia de desistir da vida 54 Sintomas psicossomáticos; Dor de cabeça; Falta de ar; Tontura; Taquicardia; Nó na garganta; Aperto no peito; Dores musculares; Prurido (coceira); Gastrite; Hipertensão quando está tenso .; Diarreia quando está tenso; Aumento do apetite; Diminuição do apetite; Excesso de suor; Choro ou vontade de chorar; Mãos frias e húmidas; Queda de cabelo; Nenhum
Os sintomas psíquicos têm um sistema de relação uns com os outros. Por exemplo: quem tem insónia, geralmente, tem uma série de outros sintomas, tais como fadiga excessiva, irritabilidade, esquecimento.
Classificação da qualidade de vida:
Sem sintomas: Qualidade de vida excelente
1 - 2 sintomas: Qualidade de vida boa
3 - 4 sintomas: Qualidade de vida regular
5 - 9 sintomas: Qualidade de vida ruim
Dez ou mais sintomas: Qualidade de vida péssima

O PAIQ tem dez princípios que constituem sua filosofia, sua natureza e razão de ser. Esses dez princípios alicerçam as 12 leis da qualidade de vida que estudaremos e todas as metas que aqui encontraremos. Seria bom que todos lessem e relessem esses princípios ao longo das 12 semanas.
1- Cada ser humano é uma joia única no palco da existência, uma obra prima do Autor da vida.
2- Ninguém pode decidir mudar a sua história, só você mesmo.
3- Um ser humano saudável forma pessoas saudáveis. Um líder forma outros líderes.
4- A solidariedade e a tolerância são os fundamentos das relações sociais.
5- O amor é o fundamento da vida: quem ama nunca envelhece no território da emoção.
6- As perdas e sofrimentos são uma oportunidade para nos construir e não nos destruir.
7- Os fortes compreendem, os frágeis condenam. Os fortes reconhecem suas falhas, os frágeis escondem-nas.
8- Saber ouvir é tão ou mais importante que saber falar.
9- Quando discriminamos alguém, nós os diminuímos; quando supervalorizamos alguém, nós nos diminuímos.
10- Quanto pior a qualidade da educação mais importante será o papel da psiquiatria. A educação é o alicerce da qualidade de vida.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

12 SEMANAS PARA MUDAR UMA VIDA - PAIQ


12 SEMANAS PARA MUDAR UMA VIDA
AUGUSTO CURY

Mas qual é o nosso maior tesouro? O que deveria ocupar o centro de nossas atenções? O carro, a casa, o trabalho, o dinheiro, as roupas, as viagens? Não!
A vida! Sem ela, não temos nada e não somos nada. E sem qualidade de vida, ainda que estejamos vivos, não temos sentido encanto, saúde e prazer de viver.
Há graves contrastes nas sociedades modernas que estão diante dos nossos olhos e não enxergamos. Protegemos nossas casas com grades nas janelas e com fechaduras nas portas, mas não sabemos como proteger nossa emoção contra as preocupações e dificuldades da vida.
Milhões de pessoas acordam cansadas, não aquietam sua mente, se tornaram máquinas de trabalhar. São vítimas do sistema social, não param de pensar, não viajam para dentro de si mesmas.
Todo esse corpo de argumentos revela a necessidade vital e urgente de um programa de qualidade de vida que tenha profundidade e praticabilidade, capaz de ser aplicado amplamente nas mais diversas áreas da sociedade.
Procure a sabedoria, pois a vida é muito breve. Vivemos a vida como se ela fosse interminável.
Mas ela é tão breve. Entre a meninice e a velhice há um pequeno intervalo de tempo. Olhe para sua história! Os anos que já viveu não passaram muito rápido?
A vida é tão breve como os raios de sol que surgem sorrateiramente na mais bela manhã e se despedem subtilmente ao anoitecer sem deixar vestígios…”

A nossa espécie, em particular as sociedades modernas, está adoecendo coletivamente. Enumerarei apenas alguns pontos em que fundamento minha preocupação e a necessidade do projeto deste livro:
1-A tristeza e a angústia estão aumentando. A indústria do lazer está expandindo. Nunca tivemos uma fonte de estímulos para' excitar a energia emocional como na atualidade. A indústria da moda, os parques temáticos, os jogos desportivos, a Internet, a televisão, os estilos musicais e a literatura explodiram nas últimas décadas. Esperávamos que nossa geração fosse a que vivesse o mais intenso oásis de prazer e tranquilidade. Nós nos enganamos, jamais fomos tão tristes e inseguros.
2-A solidão está se expandindo. As sociedades estão adensadas. No começo do século XX, éramos um pouco mais de um bilhão de pessoas. Hoje, só a China e a Índia têm cada uma, mais de um bilhão de pessoas. Por vivermos tão próximos fisicamente, a solidão seria estancada. Mas nos enganamos novamente, a solidão nos contaminou. As pessoas estão sós nos elevadores, no ambiente de trabalho, nas ruas, nas praças desportivas. Estão sós no meio da multidão.
3-O diálogo está morrendo. Muitos só sabem falar de si mesmos quando estão diante de um psiquiatra ou psicólogo. Pais e filhos não cruzam suas histórias, raramente trocam experiências de vida. A família moderna está se tornando um grupo de estranhos, todos vivem ilhados em seu próprio mundo.
4-As discriminações chegaram a patamares insuportáveis. Perdemos o sentido de espécie, estamos indo contra o grito de mais de 100 bilhões de células e contra o clamor do fantástico funcionamento da mente que nos acusam de sermos uma única e intrigante espécie. Mas, infelizmente, nos dividimos, discriminamos e excluímos. Não honramos o espetáculo das ideias, nossa capacidade de pensar.
5-Os pensadores estão morrendo. Os estudantes no mundo todo estão se tornando, em sua grande maioria, do ensino fundamental a universidade, uma massa de repetidores de informações e não de pensadores que amam a arte da crítica e da dúvida. Aprendemos a explorar os detalhes dos átomos e as forças que regem o Universo, mas não sabemos 8 explorar o mundo de dentro. Temos informações que uma geração jamais teve, mas não sabemos pensar, transformar a informação em conhecimento e o conhecimento em experiência.
6-A qualidade de vida está se deteriorando. Quanto pior a qualidade da educação, mais importante será o papel da psiquiatria no terceiro milénio. Apesar dos avanços da medicina, da psicologia e da psiquiatria, o normal tem sido ser ansioso e stressado e o anormal tem sido ser tranquilo e relaxado. As ciências da psique têm focado o tratamento e não a prevenção. Nada é tão injusto como produzir um ser humano doente para depois tratá-la, produzir as lágrimas para depois aliviá-las.
Esses seis argumentos não são pessimistas, mas realistas. Muitos se importam com sua própria vida; eu, apesar de ter vários defeitos, tenho aprendido a me apaixonar pela espécie humana e a amar as pessoas.

Um programa que, se aplicado, expandisse o prazer de viver, superasse a solidão, promovesse o diálogo interpessoal, estimulasse a formação de pensadores, enriquecesse a arte de pensar, debelasse o câncer da Discriminação e prevenisse a depressão, a síndrome do pânico, os transtornos ansiosos, o stresse, a violência social. Enfim, um programa que promovesse os amplos aspectos da qualidade psíquica e social. Por isso, durante longos anos, produzi o PAIQ - Programa da Academia de Inteligência de Qualidade de Vida


UMA JOIA ÚNICA NO TEATRO DA EXISTÊNCIA...”

terça-feira, 3 de julho de 2018

Realidade Oculta - World Trade Center - Maycon Mazzo

Esse é um dos poucos e-books sobre o 11 de setembro de 2001, talvez o melhor deles,
escrevi esse e-book pegando algumas informações de cada site, blog, jornais e revistas,
tentei ao máximo deixar cada informação o mais real possível e com mais clareza
também, pois as maiores e melhores informações foram tiradas de sites ingleses e eu
tive que resumir tudo detalhadamente passo a passo para o nosso tão amado português.

Neste e-book eu (Maycon Mazzo) abordarei 5 pontos cruciais:
- Investigação WTC 11 Setembro
- Quem Lucrou com os Atentados
- As fotos da prova
- Fatos intrigantes
- Atualização de 17 de Fevereiro de 2006  
  Caro visitante, desde 2001 tenho lido revistas, livros e sites sobre o tema, e desde então
tenho atualizado as informações, posso afirmar que este é o maior livro Português com
informação sobre o 11 de Setembro, são várias páginas web.
Desde o dia do atentado comecei a ler todos os jornais, a pesquisar em sites, a reunir
dados e a redigir os textos, saiba como o governo de Bush preparou tudo, esse atentado

é hoje denominado por toda a Internet como \u201cmother of all lies\u201d, a Mãe de todas as
mentiras.
Não caiu nenhum avião no Pentágono.
Chamadas telefônicas nos aviões?
E a lista de passageiros?
As torres caíram por Implosão.
Numerologia o 11 presente várias vezes, assinatura Illuminati. Links, fotos e mais
dados. Muitas e muitas páginas de investigação.
Não sou a favor de nenhum ato de terrorismo. Apenas sou contra a mentira e
conspiração. O atentado não ocorreu no meu País, contudo eu fico preocupado porque
este ato mudou a História e serviu de motivo para uma guerra sem fim, que estimulará o
Oriente a atuar contra o Ocidente.
Milhares de cidadãos americanos também estão contra esta conspiração, manifestaram-
se exigindo o fim da história de cobertura (cover-up), milhares de sites americanos
debatem este tema.
É com eles que está o meu pensamento, lamento pelas vítimas inocentes do atentado.
Não culpo o povo americano, mas sim o seu governo. E sinto realmente uma
preocupação relativamente ao futuro da Humanidade, depois disto.
Porque mais está por vir...
A Comissão de Inquérito sobre o WTC, disse que os serviços secretos tiveram 10
oportunidades para evitar os atentados.
Tenho a certeza que eles não quiseram evitar os atentados porque foi um trabalho
interno, Veja mais adiante quem lucrou com os atentados.
Na imprensa começaram a circular certas notícias, que o presidente do Egito havia
avisado com antecedência os EUA de que haveria um atentado, também os serviços
secretos da Alemanha, Serviços secretos Russos e Vladimir Putin, mais tarde surgiram
outros. Também o FBI havia avisado a administração Bush, a qual ignorou os avisos.
Isso faz algum sentido? Tantos avisos e eles não evitavam o atentado, a força aérea
estava a dormir nesse dia? Claro que não faz sentido, porque são informações
incorretas, ninguém avisou ninguém sabia que aquele atentado iria ocorrer somente o
governo Americano sabia, por isso mesmo grande parte dos funcionários do Pentágono
na seção \u201catingida\u201d nem foi trabalhar esse dia, nem cerca de 4000 funcionários do
WTC, coincidência?
Dos 30 mil funcionários do WTC morreram cerca de 2810 e muitos deles visitantes, os
4000 funcionários esse dia estavam numa gala de caridade. Entre as vítimas não
estavam dirigentes de grandes empresas, porque seria?
E os terroristas iriam destruir as torres pelas 09h00 quando a hora de trabalho é perto
das 10h00? Eles quereriam causar muitas vítimas, teria mais lógica atacar pelas 10h00,
não é?
Perguntas ainda sem resposta!
Os terroristas compraram bilhetes para aviões comerciais, usando os nomes verdadeiros
e não foram detectado, um deles estava na lista dos mais procurados pelo FBI... Como
pode ser? ....

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Plantas medicinais de Mara zélia de Almeida

Plantas Medicinais traz uma importante colaboração para a preservação e multiplicação das informações obtidas em trabalhos comunitários, com o devido respeito às tradições da herança cultural africana na medicina do Brasil. A visão do homem como ser integral, respeitado em seu momento de fragilidade quando algum mal de origem psíquica ou somática lhe aflige, destaca-se como a principal ótica para o entendimento deste trabalho.

sábado, 30 de junho de 2018

Dia Mundial de ...


Somos todos diferentes, somos todos iguais. 
Somos seres humanos, merecemos respeito.
Sem tráfico, sem mutilações, sem violência.
Apenas amor, paz e tranquilidade.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

ULTIMA QUECA

 DOIS VELHOTES JÁ COM OS PÉS PARA  COVA, UMA NOITE, DECIDEM IR DAR UMA VOLTA PELA CIDADE E DAR A ÚLTIMA QUECA. DEPOIS DE ALGUNS DRINKS ELES ACABAM NUM BORDEL.  A DONA DO BORDEL DEPOIS DE OLHAR PARA OS DOIS  "OLD GEESERS" SUSSURROU PARA A EMPREGADA:
- VAI LÁ ACIMA NOS DOIS PRIMEIROS QUARTOS E PÕE UMA 'BLOW UP DOLL' (Boneca insuflável) EM CADA CAMA.
ELES SÃO TÃO VELHOS E ESTÃO TÃO BÊBADOS QUE NÃO VÃO DAR PELA DIFERENÇA, E ASSIM NÃO VOU FAZER COM QUE DUAS DAS MINHAS EMPREGADAS PERCAM O TEMPO.
A EMPREGADA PREPAROU TUDO E LEVOU OS VELHOS PARA CIMA. DE RETORNO A CASA UM VELHO DIZ:
- ACHO QUE A FULANA QUE ESTAVA NA MINHA CAMA, ESTAVA MORTA...
- MORTA?  PERGUNTA O AMIGO.  PORQUE DIZES ISSO?
- BEM, ELA NÃO SE MOVEU TODA A NOITE NEM EMITIU NENHUM SOM ENQUANTO EU FAZIA AMOR COM ELA...........
O AMIGO RESPONDEU:
- PODIA-TE TER CALHADO PIOR. EU ACHO QUE A MINHA ERA UMA BRUXA!
- UMA BRUXA? PORQUE RAZÃO DIZES ISSO?
- BEM, EU ESTAVA A FAZER AMOR COM ELA, BEIJEI-A  NO PESCOÇO, E DEI-LHE UMA DENTADINHA NO BICO DA MAMA. ELA PEIDOU-SE E VOOU PELA JANELA FORA E AINDA POR CIMA LEVOU- ME A DENTADURA...

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Ansiedade - Augusto Cury

Considerada pelo psiquiatra Augusto Cury como o novo mal do século, suplantando a depressão;
a ansiedade acomete grande parte da população mundial.
Neste livro, você entenderá como funciona a mente humana para ser capaz de desacelerar seu pensamento, gerir sua emoção de maneira eficaz e resgatar sua qualidade de vida.