Meus outros blogs:

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Votos de boas Entradas

"A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás,
mas deve ser vivida olhando-se para frente." ( Kierkegaard ).

Todo a Passagem para o Ano Novo, tanto pode ser um momento especial como pode ser um momento normal.
Mas é mais um ano, mais 365 dias ou oportunidades de viver novas emoções, novos momentos, novos sentimentos.
De podermos renovar ou florescer a nossa vida, sempre para melhor.
É um unico momento das nossas vidas em que podemos pedir desejos.
Que podemos ter objectivos para realizarmos durante o novo ano.
Á meia-noite, debaixo das estrelas em céu aberto, em cada das doze badaladas, doze desejos.
-> Saúde, o maior bem e o meu maior desejo para todos;
-> Paz, para este mundo ainda em guerra, mesmo em tempos de crise;
-> Solidariedade, seja em pequenas coisas, actos e factos, podemos fazer grandes feitos;
-> Amor, pela pessoa mais proxima, pela familia, pelos amigos e inimigos;
-> Felicidade, é um sentimento em que o coração se enche de amor, carinho e harmonia, seja sozinha seja acompanhada.
-> Amizade, amigos por todo o mundo, amigos de coração, amigos de passagem que nós marcam;
-> Sucesso, seja no ambito profissional, seja pessoal ou familiar;
-> Dinheiro, apesar da crise, que tenhamos sempre dinheiro no bolso, para o que precisarmos;

os últimos 4 desejos são meus...
:)

A todos boas entradas
na companhia de familia, amigos
passas e champanhe, cuecas azuis ou brancas, ihihihih!
2"0=0=9)

SUPERSTIÇÕES

COMIDAS QUE DÃO SORTE

LENTILHAS: uma colher de sopa é suficiente para assegurar um ano inteiro de muita fartura à mesa. A origem desta superstição é italiana e foi trazida para o Brasil pelos imigrantes.

ROMÃS: para atrair dinheiro, coma sete partes, guardando as sementes na carteira.

BAGOS DE UVA: para os portugueses, comer 3, 7 ou a quantidade correspondente ao seu número de sorte garante prosperidade e fartura de alimentos. Para garantir também dinheiro, guarde as sementes na carteira ou na bolsa, até a troca do próximo Ano-Novo.

CARNE DE PORCO: deve ser o prato principal da ceia, servida à meia-noite. Como o porco fuça pra frente, garante armários cheios o ano todo. Evite o peru, que cisca para trás.

NOZES, AVELÃS, CASTANHAS E TÂMARAS: estas, trazidas para cá pelos imigrantes de origem árabe, são recomendadas para garantir fartura.
--------------------------------------------------------------------------------
A MODA MUDA PRA DAR SORTE

CALCINHA OU CUECA NOVAS: Dão sorte no amor, porque deixam os mal-entendidos para trás. São recomendadas principalmente para quem está começando namoro, para garantir o futuro.

ROUPA BRANCA: é um hábito relativamente recente, trazido para o Brasil com a popularização das religiões africanas. O branco representa luz, pureza, bondade.

QUALQUER PEÇA AMARELA: pode ser uma peça íntima, um lenço, uma faixa ou um pequeno lacinho amarelo (que deve ficar sempre na sua bolsa). O amarelo representa o poder do ouro e, dizem, atrai dinheiro.

UMA NOTA DE DINHEIRO DENTRO DO SAPATO: os orientais dizem que a energia entra no nosso corpo pelos pés. Vai daí, o dinheiro no sapato atrai mais e mais riquezas.

LENÇÓIS NOVOS: a dica é especial para recém-casados. Dizem que os lençóis novos, na primeira noite de ano, deixam as possíveis ameaças do ano passado na máquina de lavar.
--------------------------------------------------------------------------------
OS CUIDADOS COM A CASA
......A casa deverá ser limpa, varrendo-a de trás para frente, e o lixo deve ser deixado fora. As vassouras devem ser queimadas e as cinzas enterradas.
......Nada quebrado deve ser deixado na casa (jarros de planta, garrafas, copos, pratos e espelhos).
..... Lave os batentes da casa com sal grosso e água, ou água do mar.
......Borrife a casa com água-benta nos quatro cantos. O ideal é pintar toda a casa, colocar lâmpadas novas (não deixar lâmpadas queimadas).
......Verifique se os sapatos estão em ordem e se as roupas não estão pelo avesso.
......As flores da casa devem ser amarelas para chamar ouro.
......As portas e janelas das casas devem estar abertas e as luzes acesas.
......Tudo isso atrai boa sorte e bons fluidos no Ano Novo que vai chegar.
--------------------------------------------------------------------------------
À MEIA NOITE, DEPOIS DOS ABRAÇOS.

PULAR SÓ COM O PÉ DIREITO: atrai boas coisas para a sua vida, pois, segundo a Bíblia, tudo que está à direita é bom.

JOGAR MOEDAS, da rua para dentro de casa. Atrai riqueza para todos que moram no lugar.

DAR TRÊS PULINHOS, com uma taça de champanhe na mão, sem derramar uma gota. Depois, jogar todo o champanhe para trás, de uma vez só, sem olhar. Deixa para trás tudo de ruim. Não se preocupe em molhar os outros: quem for atingido pelo champanhe terá sorte garantida o ano todo.

SUBIR NUM DEGRAU numa cadeira, enfim, em qualquer coisa num nível mais alto. Diz o folclore que isso dá impulso à sua vontade de subir na vida. Comece, é claro, com o pé direito.

FAZER BARULHO: Os povos antigos acreditavam que afugenta maus espíritos. Vale apito, batucada, bater panelas, desde que seja exatamente à meia-noite. Dizem que não há mal que resista.

ACENDER VELAS NA PRAIA ou jogar rosas nos espelhos de água, em intenção de Iemanjá. A deusa africana protege seus fiéis, com saúde, amor e dinheiro o ano todo, dia o candomblé. (CRUZ,89).

......Há ainda o costume de receber o Ano Novo, à meia-noite, com fogos de artifícios, sinos tocando e muita música.
--------------------------------------------------------------------------------
PARA TER SAÚDE E DINHEIRO O ANO TODO

......Para ter paz, saúde, aumentar o dinheiro e preservar a harmonia no lar o ano todo, vale a simpatia das três rosas brancas.
......Pegue três rosas brancas, e coloque-as em um vaso virgem branco ou de vidro transparente. Coloque dentro dele seis moedas, uma cebolinha, água e deixe ficar assim durante sete dias.
......Depois dos sete dias, troque a água, tire a cebolinha e troque as rosas. Só deixe ficar as moedas.
..... Essa prática deve ser repetida de sete em sete dias, de preferência nas sextas-feiras, o ano todo.
--------------------------------------------------------------------------------
PARA NUNCA FALTAR DINHEIRO

......Compre um lenço e na noite de 31 de dezembro, exatamente na hora da passagem do ano novo, molhe-o e coloque-o para secar. ......Antes de o sol nascer, recolha o lenço e amarre dentro dele alguns níqueis. Só abra esse embrulho na meia-noite do próximo 31 de dezembro. Daí para frente, nunca mais há de faltar dinheiro.
--------------------------------------------------------------------------------
SUPERSTIÇÕES

......1 - Não passe o Ano Novo com os bolsos vazios.
......2 - Coma doze uvas verdes, à meia-noite do Ano Novo, para ter dinheiro em todos os meses do ano.
......3 - Guarde em lugar seguro, para ninguém achar, a tampa da garrafa de "champangne", que tenha feito muito barulho, usada na festa de Ano Novo, chama dinheiro.
......4 - Defume a casa, na véspera do Ano Novo, com um defumador feito com carvão, xerém e açúcar. Além de chamar sorte e dinheiro, tira, também, o azar do ano velho.
......5 - No dia de Reis (6 de janeiro), coloque três caroços de romã dentro da carteira, para ter dinheiro durante o Ano Novo.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Uma «história trágica com sucesso» no Gerês

Uma águia foi ferida duas vezes por caçadores e por duas vezes tratada pelo Parque Nacional da Peneda Gerês. Um caso raro que prova a pressão a que são sujeitas estas espécies, disse o veterinário do Parque, citado pela Lusa.
«A águia, contra todas as expectativas, está viva mas ficará com a capacidade de voo muito afectada. Dificilmente voltará a voar», disse Nuno Santos, o veterinário responsável pelo Centro de Recuperação de Aves do Parque Nacional Peneda Gerês.
A história da águia de asa redonda (Buteo Buteo), identificada com a anilha oficial M030886 e a quem nunca ninguém deu nome, é uma «história trágica com sucesso», referiu o veterinário que tenta novamente ensinar a ave a voar.

Os técnicos do Parque Nacional de Peneda Gerês (PNPG), tomaram pela primeira vez contacto com esta águia no dia 22 de Dezembro de 2007. Recolhida na freguesia de Águas Santas, no concelho da Póvoa de Lanhoso, a ave foi salva por uma moradora que a encontrou, ferida, junto à sua casa, e decidiu entregar a águia à GNR.
A Guarda Nacional Republicana levou-a para os cuidados do veterinário do PNPG e o relatório clínico não foi nada animador. «A águia tinha sido atingida por caçadores com cinco chumbos e a asa esquerda fracturada», recordou Nuno Santos.
Após uma cirurgia ortopédica para a consolidação da fractura óssea, a águia M030886, já curada, foi libertada no dia quatro de Junho de 2008.
«Normalmente, depois de libertadas, não voltamos a ter contacto com as aves apesar de estarem anilhadas e identificadas», frisou o veterinário do PNPG. Mas esta águia voltou.

Foi uma águia frágil e doente que António Jorge Silva encontrou no dia 18 de Outubro de 2008. «Estava na berma da estrada, muito quietinha. Agarrei-a, metia-a na mala do carro e como vi que estava anilhada, entreguei-a na GNR», recordou o mecânico de 32 anos, a construir uma casa em Moure, na Póvoa de Lanhoso.
«Fiquei muito triste quando vi uma águia tão doente. Logo eu que sou benfiquista ferrenho», disse António Jorge Silva.
No segundo internamento, os ferimentos, também provocados por disparos de armas de caça, eram ainda piores que os primeiros. «Tinha nove chumbos no corpo e a asa direita fracturada», disse o veterinário Nuno Santos.

«O facto de a ave ter sobrevivido mais de quatro meses em liberdade faz deste caso um caso de sucesso da recuperação de fauna selvagem. Mas o facto de ter voltado, pelas mesmas razões, comprova a pressão a que estas espécies estão sujeitas por parte de quem comete estas ilegalidades», frisou o técnico.

Mais de um ano após ter sido ferida pela primeira vez, a águia está agora num «túnel de voo», uma estrutura em rede, com 50 metros de comprimento, oito de largura e quatro de altura, a fazer «musculação».
«É neste túnel que vemos se as aves podem ou não ser devolvidas à natureza, mas esta águia ficará a viver em cativeiro», finalizou Nuno Santos.
Em 2007, o Centro de Recuperação de Aves do Parque Nacional Peneda Gerês recolheu 328 animais. 135 foram libertados e 102 acabaram por morrer. 30 foram declarados «irrecuperáveis» e vivem nas instalações do Parque.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Encontro de Taizé 2008

Passar cinco dias com dezenas de milhares de jovens de toda a Europa e de outros continentes…
…redescobrir a Igreja como fermento de comunhão na família humana.
Descobrir um povo e a sua cidade através de encontros pessoais…
…preparar um futuro de paz para além dos muros que nos separam.
Rezar juntos com cânticos e em silêncio…
…abrir-se à beleza de uma vida interior e de uma comunhão em Deus.
Ser acolhidos por famílias e paróquias de toda a região de Bruxelas…
…procurar um sentido para a vida e viver o Evangelho no meio dos desafios do nosso tempo.
…começar uma «Peregrinação de Confiança»
na própria vida…


40.000 jovens de toda a Europa e dos outros continentes vão reunir-se em Bruxelas de 29 de Dezembro a 2 de Janeiro a convite da Comunidade de Taizé. Depois de Genebra, Zagreb, Milão, Lisboa, Hamburgo, o Encontro de Bruxelas será o trigésimo primeiro Encontro Europeu de Jovens animado por Taizé.
Para construir a Europa da confiança
Meditações do irmão Alois

Esta nova etapa segue-se ao recente encontro africano que reuniu 7.000 jovens de 15 países africanos em Nairobi, no Quénia, de 26 a 30 de Novembro.
Carta do Quénia

sábado, 27 de dezembro de 2008

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Foto da semana no Expresso

Multan é uma cidade do Paquistão situada na província de Punjab e capital do distrito de Multan. Localiza-se nas proximidades do rio Chenab. É uma das mais antigas cidades do Paquistão, sendo em 326 a.C. uma das conquistas de Alexandre, o Grande.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Noite de Natal...


Noite de Natal, Noite especial
Missa do galo, Nascimento de Cristo
Tanta gente, tantos familiares
Tantas pessoas de fé.

Em momentos de ternura,
Olhei para uma família reunida,
As saudades apertaram
As lágrimas encheram os olhos
E insistia em cair sem demora...

Apesar de neste dia,
Estar com as pessoas que gosto
Senti em especial falta de duas pessoas...
Meu Pai e minha mana…
Que no dia de Natal, faziam grande diferença...

O meu Pai com a missa de Galo,
Bolos e doces típicos de Goa,
E o cumprimento das tradições.
Fecho os olhos e vejo a estrelinha brilhante,
Dentro de mim sempre sorridente.

Sempre a dizer que olha por nós,
E que devo seguir a vida em paz
Como os pais nos ensinaram sempre,
A vida é só uma e passageira...

Minha mana, sempre ao meu lado,
Sempre animada, sempre pronta
E nunca se esquece as prendas,
Mesmo longe, ela deixou-nos algo no nosso sapatinho...
Fecha os olhos e sente o meu abraço virtual...

Que mesmo longe dos olhos,
Os nossos corações estão unidos
Pela unidade da amizade
Pela quantidade de anos
Como eternamente manas...

Jingle bell

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

SMS...

Ns vespera de natal como é tradicional, mandar sms para todos os meus amigos e amigas. Via email, via sms. Enviei 91 sms. e recebi isto tudo:
Desejos de um excelente 2009 cheio de sucessos e boas surpresas. Beijinhos, Catarina, João e menina que vem a caminho!

Feliz pascoa da parte da associação de Alzheimer e um grande 1976! Não me recordo bem do teu nome mas creio que te conheço bem. Feliz Verão e bons mergulhos Rita e Francisco

Desejo-te boas entradas no 2009. Joaquim “salsa”

Obrigado. Boas saídas e melhores entradas para 2009. António da casa

Um ano de 2009 cheio de saúde, aventura e paz. São os desejos deste amigo Beijo Filipe Tz04

Feliz 2009 también para t y tu família! Te echo de menos! Ha pasado demasiado tiempo sin vernos.. Hacemos una visita al Algarve juntos? Cuando? Muchos besos! Rafa Espanha

Obrigada! Paz profunda, amor, vida, entusiasmo e tudo que de melhor renasça em ti este natal, se manifeste em 2009 abraço grande Marta palhacinha

Obrigado festas felizes e um bom ano é o nosso desejo também vocês. Ana da gracieira

Votos de um feliz santo natal e um excelente ano novo 2009! Beijinhos SofiaS

Agradeço e retribuo. MMs

Obrigada. Feliz Natal. Delf

Um santo e feliz Natal com muita saúde, paz e amor e um prospero ano novo são votos para voces todos de Susana, Amélia e Francisco

Feliz Natal para ti, amiga. Espero q o novo ano te traga tudo o q desejas. Ruca

Desejamos um natal muito feliz e abençoado. Desejamos que o ano de 2009 seja muito feliz e repleto de belas surpresas! Beijinhos Carminha, Renato e dudinha

Olá querida amiga. Feliz Natal. Bjs Berto tz

Obrigado querida. As tuas mensagens são lindas. Igual para ti e toda a tribo.Bjs P. nando

Bom Natal e um 2009 em grande Feliz aniversário e uma pascoa feliz. Goza bem todos os feriados. Bom carnaval, bom férias. Pronto já ta tudo despachado. Ate 2010. Alex da Alto

Bom natal cheio de saúde. Beijinhos Betti

Feliz natal com muitas prendinhas. Muitas joquinhas Inês tz 04

Um beijo querida Lara. Uma noite feliz. lolita

Obrigado Lara. Para ti, também bom natal e boa passagem de ano. Beijinhos Artur Salsa

Lara, um óptimo Natal e que corra pelo melhor, beijo enorme e desejo-te tudo de melhor. Gonçalo tz04

Muchas gracias e um feliz natal par ti e os teus. Juan

Olá amiga. Um santo natal para ti e para a tua família. Que o ano novo traga tudo o q desejas. Beijocas Filipa de Coimbra

Que a tua arvore de natal, tenha bolas de saúde, estrelas de alegria, fitas de amor e uma prenda muito especial. Desejo um feliz natal e 2009 Beijinhos Flip

Agradeço e retribuo. JSGarcia

Obrigada. O mesmo para ti. Bjs celiaS Tz

Um bom Natal tb para ti! Bjs Afreitas

Adorei receber o teu postal! Muito obrigado! Um beijinho grande de boas festas! Que a luz e amor do menino Jesus nos possa envolver hoje e sempre! Bjs Teresa e Bruno

Desejamos um feliz e santo natal. Bjs. Fátima, Paulo e Matilde

Muda-se de ano…Muda-se de sonhos… Muda-se de objectivos… muda-se de aparência… mas jamais se mudam os amigos. Feliz Natal e um excelente Ano de 2009 Anónimo

Desejo q tenhas um Natal cheio de novas esperanças e reforçada confiança. Bj SusanaS Tz

Gaja  para te dar um bj e desejar um bom natal e boas entradas! Q tenhas td de bom  espero q teja td bem! Bj grande Lucy lu

Oi, Larita tou so a escrever para te desejar um feliz Natal e um bom ano de 2009. Boas festas! Edu

Querida Larita, votos sinceros de um Feliz Natal é um fantástico 2009, cheio de saúde, felicidade e harmonia para ti e família. Bjs. Paula e Mariana

Olá Larita! Espero q esteja tudo bem contigo. Obrigado pela msg de aniversário. Bom natal e que entres com o pé direito no novo ano. Beijinhos vanessa

Aqui é o lugar onde guardo as pessoas k levo kmg p’2009, tu és 1 delas. Feliz Natal Bom Ano 2009! Com muita Saúde Paz Amor. Beijinhos da Ana M.

Olá feliz natal e ano novo prospere, aproveito para dizer que o número é xxxxxxxxx, Tia Alice

Feliz Natal e Excelente Ano Novo. Tudo de Bom. Bjs Isa

O passado já era, não penses. O futuro é surpresa. O presente, esquece: não o comprei. Boas festas! Hohohoho! Rita e Francisco

Adoro estes miminhos!

Não há dia sem notícia. Da paz ou da guerra..

O dia de Natal é um dia como os outros. E o mundo move-se como sempre, prometendo um maior bem ou trazendo um outro mal.

Outro tanto sucede a 24 e a 26 de Dezembro. E assim foi na véspera do Natal de 1968, em que pela primeira vez, a partir do espaço, se viram na Terra as primeiras imagens da totalidade do planeta - as "fotos que mudaram o mundo", escreveu-se na época.

Acontecimento de outra dimensão sucedeu no oceano Índico a 26 de Dezembro de 2004, com um sismo de 9.0 de magnitude, com epicentro ao largo de Samatra, que originou um tsunami cujas ondas chegaram até às costas orientais de África. O número de mortos ultrapassou os 280 mil. Outra tragédia natural sucedeu um ano antes na mesma data: o terramoto de Bam, no Irão, devastando uma cidade histórica e causando 26 mil mortos.

De outras mortes se falou a 25 de Dezembro de 1979, com a invasão soviética do Afeganistão; dois dias mais tarde, o Exército Vermelho controlava Cabul, primeira etapa de um longo conflito cujas ondas de choque se repercutem até hoje. Mas a paz pode interromper a guerra, como sucedeu nessa noite única de 24 de Dezembro de 1914, quando tropas alemães e aliadas suspenderam os combates. Ouviram-se canções de Natal e ambos os lados trocaram as trincheiras pela terra de ninguém, transformada em improvisado campo de futebol.

Facto político, mas essencialmente humano, a trégua de 1914 não existirá no dia de Natal de 1989 para o ditador comunista romeno. Nicolai Ceaucescu e sua mulher foram fuzilados após sumário julgamento em que foram acusados de incontáveis crimes contra os seus concidadãos. De tremenda crise política, se fez a história desta data na União Soviética, em 1991. Mikhail Gorbachev abandonou o cargo de presidente da URSS e esta foi dissolvida no dia seguinte.

De outros planos da realidade se constrói também a história. Assim o entendeu a revista Time ao escolher o computador para Pessoa do Ano, na edição de 26 de Dezembro de 1982.

Da tecnologia para as artes, o 25 de Dezembro tem as suas histórias. Em 1977 morria Charlie Chaplin, aos 88 anos, na Suíça. Em 1995, o actor Dean Martin, aos 78 anos, seguia os passos do cómico. Para terminar num tom menos pesado - porque também há boas notícias - recorde-se o 24 de Dezembro de 1871, dia da abertura do Canal do Suez numa cerimónia de forte componente visual, em que Giuseppe Verdi estreou a sua ópera Aida.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

A Menina dos fósforos - Conto de Natal


Era uma vez, numa grande cidade, uma linda menina, muito pobre, que ganhava a vida a vender caixas de fósforos, para ajudar o pai.
Numa noite, véspera de Natal, com a neve a cair em abundância, a pequena vendedora vagueava pelas ruas, afundando nela os seus pezinhos. Nas mãos geladas, levava as caixinhas de fósforos. Dentro das casas aquecidas, as famílias cantavam, junto das lareiras e das árvores de Natal, repletas de presentes. O cheiro dos assados quentinhos espalhava-se pelas ruas.
Ninguém queria comprar os seus fósforos. Muito cansada, sentou-se num canto e lembrou-se das bonitas fábulas que a sua doce mãezinha lhe contava, enquanto a embalava nos seus braços quentes.
O frio aumentava. Com lágrimas nos olhos, ela olhou para as caixinhas de fósforos: se acendesse apenas um para aquecer as mãos, talvez o pai não notasse. Pegou num fósforo e riscou. Uma chamazinha quente e luminosa logo brilhou. Para ela, parecia o calor de um grande fogão ali perto. Pegou noutro fósforo e riscou novamente. Diante dela surgiu uma mesa posta com porcelanas e um delicioso assado, recheado com ameixas e maçãs, exalando um cheiro delicioso. Quando estendeu a mão... a chama desapareceu.
Só a neve caía diante dela. Acendeu um terceiro fósforo. Agora parecia estar sentada junto a uma enorme árvore de Natal, onde milhares de bolas coloridas e estrelinhas cintilavam. De repente, a chama tremeu, o fósforo apagou-se... e tudo desapareceu. A menina riscou mais um fósforo e lembrou-se da sua avó, que sempre a tratara com ternura. Mas o fósforo apagou-se e a imagem desfez-se.
O frio aumentava. A menina, então, acendeu todos os fósforos que ainda restavam e à sua volta tudo brilhou. Os seus olhos brilharam quando viu dois braços na sua direcção. Quando acordou, estava numa cama bem quentinha. Todos olhavam para ela com muito amor. Agora tinha uma nova família que a adoptara.
NAQUELE LAR, O AMOR TINHA ACENDIDO UMA NOVA CHAMA, QUE NUNCA MAIS SE IRIA APAGAR.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

O Inverno é a estação do ano mais fria

Começa dia 22 de Dezembro e termina no dia 21 de Março. O céu costuma estar cinzento faz vento, chove frequentemente e por vezes há trovoadas e pedrisco. Quando não chove os campos ficam cobertos de geada. No Inverno cai neve, nas terras mais altas, como na Serra da Estrela. Nesta estação do ano vestimos roupas quentinhas, como por exemplo, casacos fortes, blusas de lã, botas, cachecóis, luvas, gorros. Em casa e na escola, acendemos a lareira ou o aquecedor para nos aquecermos. Ajudamos a Dona Ana a levar a lenha para a nossa sala de aula.

No Inverno festejamos Natal, o Ano novo, o Dias de reis e o Carnaval.
Nesta época do ano, como está, muito frio, é bom comer e beber alimentos quentes, como sopas, leite e chocolate quentinhos e comidas mais substanciais, que nos dão mais energia. Comemos também muitas laranjas e tangerinas que contêm vitamina C para nos proteger das gripes.

Márcio, Soraia – 4º ano

Um miminho...

AS COISAS BOAS DA VIDA: 

1. Apaixonar-se. 
2. Rir tanto até que as faces doam. 
3. Um chuveiro quente num Inverno frio. 
4. Um supermercado sem filas nas caixas. 
5. Um olhar especial. 
6. Receber correio (pode ser electrónico.....) 
7. Conduzir numa estrada linda. 
8. Ouvir a nossa música preferida no rádio. 
9. Ficar na cama a ouvir a chuva cair lá fora. 
10. Toalhas quentes acabadas de serem engomadas... 
11. Encontrar a camisola que se quer em saldo a metade do preço. 
12. Batido de chocolate (baunilha ou morango). 
13. Uma chamada de longa distância. 
14. Um banho de espuma. 
15...Rir baixinho. 
16. Uma boa conversa. 
17. A praia. 
18. Encontrar uma nota de 20 euros no casaco pendurado desde o último 
Inverno. 
19. Rir-se de si mesmo. 
20. Chamadas à meia-noite que duram horas. 
21. Correr entre os jactos de água de um aspersor. 
22. Rir por nenhuma razão especial. 
23. Alguém que te diz que és o máximo. 
24. Rir de uma anedota que vem à memória. 
25. Amigos. 
26. Ouvir acidentalmente alguém dizer bem de nós. 
27. Acordar e verificar que ainda há algumas horas para continuar a dormir. 
28. O primeiro beijo (ou mesmo o primeiro com novo parceiro). 
29. Fazer novos amigos ou passar o tempo com os velhos. 
30. Brincar com um cachorrinho. 
31. Haver alguém a mexer-te no cabelo. 
32. Belos sonhos. 
33. Chocolate quente. 
34. Fazer-se à estrada com os amigos. 
35. Balancear-se num balancé. 
36. Embrulhar presentes sob a árvore de Natal comendo chocolates e 
bebendo a bebida favorita. 
37. Letra de canções na capa do CD para podermos cantá-las sem nos 
sentirmos estúpidos. 
38. Ir a um bom concerto. 
39. Trocar um olhar com um belo/a desconhecido/a. 
40. Ganhar um jogo renhido. 
41. Fazer bolachas de chocolate. 
42. Receber de amigos biscoitos feitos em casa. 
43. Passar tempo com amigos íntimos. 
44. Ver o sorriso e ouvir as gargalhadas dos amigos. 
45. Andar de mão dada com quem gostamos. 
46. Encontrar por acaso um velho amigo e ver que algumas coisas ( boas ou más) nunca mudam. 
47. Patinar sem cair. 
48. Observar o contentamento de alguém que está a abrir um presente que lhe ofereceste. 
49. Ver o nascer do sol. 
50. Levantar-se da cama todas as manhãs e agradecer outro belo dia. 
51. E ver a tua cara a ler esta mensagem. 

domingo, 21 de dezembro de 2008

Sentimentos...

Somos um só corpo, um só coração
E os sentimentos cabem numa só alma.
Por pequenas coisas temos tantos sentimentos,
Fechamos os olhos e tudo roda a nossa volta,
Saudades, alegria, tristeza, aperto no coração.
Se for a nossa vontade,
Quando mais em baixo sentimos
Mais a imaginação se revela...
Sinto saudades do meu Pai,
Estou rodeado de pessoas que parecem com ele,
Na maneira de falar, de queres saber de tudo
Das curiosidades da vida
De saberem mais sobre culturas e tradições
E nesta altura do Natal, sinto a falta dele...
Mas a nossa imaginação prega-me uma partida,
Olho para a noite escura, vejo as estrelas,
Recordo a orquestra, os violinos, a música de fundo…
Fecho os olhos e recordo o Natal de outros anos...
Recordo a nossa alegria de crianças
Tenho te no coração, na mente, na imaginação, nos sonhos
Neste momento, não estás connosco,
Mas és o ponto estrelinha das nossas vidas,
Sempre presente, sempre quente e sorridente,
Seja dentro de nós, seja perto de nós...

sábado, 20 de dezembro de 2008

Polícia investiga ataques a 50 “bruxas” na Índia


A polícia indiana iniciou hoje uma investigação sobre relatos que apontam para habitantes de uma zona tribal no centro da Índia terem espancado e cortado o cabelo a 50 mulheres, acusando-as de “feitiçaria”. Segundo a polícia, os aldeões terão agido a conselho de um líder espiritual que afirmou que o ataque os protegeria dos espíritos malévolos.

Na Índia, onde a superstição ainda está bastante presente, dezenas de mulheres são mortas todos os anos, devido a suspeitas de serem “bruxas”. Uma situação que é mais grave nas zonas rurais, onde o sistema escolar ainda não é eficaz.

Apesar de a ocorrência de mortes não ser comum no distrito de Chhattisgarh, mais de 100 mulheres são torturadas, obrigadas a andar nuas e maltratadas todos os anos. “A polícia começou a investigar e interrogar dezenas de aldeões que organizaram uma cerimónia de purificação de nove dias, onde cortaram o cabelo à força a cerca de 50 mulheres, acusando-as de serem bruxas e batendo-lhes publicamente”, afirmou Radheshyam Nayak, da polícia de Chhattisgarh.

Em 2005, foi promulgado em Chhattisgarh a Lei (de prevenção) da Feitiçaria para contrariar o crescimento de caças às bruxas, que prevê penas até cinco anos para os prevaricadores. Contudo, isso não fez com que este tipo de ataques desaparecesse.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Boas Festas...


Chegou o momento doce e cheio de significado para as nossas vidas.
É tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo que o que nos rodeia.
É momento de deixar sair a criança pura, inocente e cheia de esperança que mora dentro de nossos corações.

O Natal é um dia festivo, aonde podemos sentir amor, solidariedade, paz, harmonia, felicidade, alegria no conforto e abraço da nossa família.

Neste Natal desejo-te e a tua família, uma estrela na tua árvore e na tua mesa e com o nascimento de Cristo, paz e amor no teu coração. Para que nunca te falta nada, nem amigos nem família…

Também é tempo de refazer planos, reconsiderar os equívocos e retomar o caminho para uma vida melhor. Teremos outras 365 novas oportunidades de dizer à vida, que de facto queremos ser plenamente felizes, que queremos renovar e buscar grandes milagres da vida a cada instante, que queremos uma vida melhor com Xi-Coração.

Todo Ano Novo é hora de renascer, de florescer, de voltar a viver.
Desejo-te que possas realizar todos os seus sonhos, neste novo ano que se aproxima!
FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO 2009
SAO VOTOS DESTA E SEMPRE AMIGA

Larita

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

112 - SOS

112 - SOS Portugal
Em caso de doença súbita, acidente ou assalto ligue 112. A chamada é gratuita e está acessível de qualquer ponto do país a qualquer hora do dia.

O 112 é o Número Nacional de Emergência, sendo comum, para além da saúde, a outras situações, tais como incêndios, assaltos, etc.; A chamada será atendida por um operador da Central de Emergência, que enviará os meios de socorro apropriados. Em determinado tipo de situações a chamada poderá ser transferida para o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM.

A sua colaboração é fundamental:
Faculte toda a informação que lhe for solicitada, para permitir um rápido e eficaz socorro às vítimas. Informe, de forma simples e clara:
O tipo de situação (doença, acidente, parto, etc.);
O número de telefone do qual está a ligar;
A localização exacta e, sempre que possível, com indicação pontos de referência;
A gravidade aparente da situação;
O número, o sexo e a idade aparente das pessoas a necessitar de socorro;
As queixas principais e as alterações que observa;
A existência de qualquer situação que exija outros meios para o local, por exemplo, libertação de gases, perigo de incêndio, etc.

Depois de feita a triagem da situação
Os operadores das centrais 112 indicam-lhe a melhor forma de proceder, enviando – se necessário – os meios de socorro adequados. Lembre-se que as ambulâncias do INEM deverão ser apenas utilizadas em situação de risco de vida eminente. No caso de não ser necessário enviar uma ambulância do INEM são dadas todas as informações sobre a melhor forma de ser transportado para as unidades de saúde adequadas.
Desligue o telefone apenas quando o operador indicar.

112-SOS Europa
112 é o Número Único de Emergência da União Europeiar.
Os cidadãos da EU em situações de emergência deverão poder ligar para o 112 e ser atendidos pelos serviços de socorro. Assim, todos só necessitam memorizar um único número garantindo uma intervenção mais rápida e eficaz.
O objectivo do SOS 112 Europe é envolver o maior número possível de serviços de emergência, com a intenção de trocar informação, garantindo uma maior informação pública sobre os diferentes serviços de socorro existentes na Europa, em especial aqueles ligados ao sistema 112.
Por favor participe, enviando os seus comentários, informações e contactos para europe@sos112.info
SOS 112 Europe decorre por iniciativa Sueca.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

A 8 dias do Natal... e 14 dias do ano novo...

Será possivel ter um mundo melhor??


Peço desculpas ás pessoas que ficaram incomodadas com o filme.
Mas é a pura realidade.
Para quê encher de prendas, enquanto outras pessoas no mundo, não tem nada..
Para quê gastar rios de dinheiro, se existem muito pobres a pedir..
Para quê tanta comida, enquanto há crianças e pessoas a morrer á fome..
O Natal é simbolo de paz, solidariedade, amor, familia, união...
As prendas são para as crianças.
Para os outros algo simbolico, um miminho, nem que seja um beijo para arrancar um sorriso..
Em tempos de crise, se nós estamos um pouco mal, imaginam as pessoas que estavam mal, pior ficaram...
A crise aperta,
a natureza está a mudar,
as pessoas estão cada vez mas virados para si..
Abram os olhos e vejam a dura e crua realidade...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

A Lua e o Sol

era uma vez uma história para alimentar a esperança...
porque é que o sol e a lua nunca se encontram?
É uma longa história...

há muito tempo atrás, estava o sol a banhar-se no mar quando, de repente, vê um vulto branco, envolto numa luz de brilho ténue. Quanto mais o sol tentava olhar para aquela imagem mais vontade tinha de se aproximar para perceber quem era.
Quando finalmente alcançou aquela que viria a ser a sua amada, perguntou:
- quem és tu, esfera branca de olhar tão meigo?
Sou a Lua, respondeu.
Ah, já tinha ouvido falar em ti... parece que raramente nos cruzamos. Costumas andar por estas bandas?
Sim, ando sempre por aqui, e tu? Vejo-te muitas vezes ao longe e confesso que...
neste momento, a Lua afasta-se e parece magoada. Um raio de sol tinha perfurado o seu corpo redondo, o que a fez fugir do Sol.

Este, intrigado, fica impaciente e preocupado com a sua mais recente conhecida. Sente que este encontro foi muito forte e receia não voltar a vê-la.
Acontece que no dia seguinte, um pouco mais tarde do que o habitual, o Sol olha de novo, durante o seu banho de mar e, ali está ela! Linda como no dia anterior ou até mais bela ainda. Com o coração palpitante, olha atentamente e acena-lhe, como quem quer puxar conversa. A Lua sorri-lhe e mostra-lhe o seu curativo, começando a afastar-se lentamente.
Lua! Lua! Não te vás embora, quero falar contigo. Não poderemos ser amigos?
Oh, sim, caro Sol, mas ontem percebi o porquê de sempre me terem prevenido que a tua companhia poderia ser perigosa... desculpa, não queria ofender-te mas, és demasiado quente para mim... oh, desculpa-me!

Não peças desculpa. Eu sei que é verdade. Eu é que não devia ter-me aproximado de ti... sabes, tenho vivido aqui sozinho desde que me separei da minha família. Todos eles ficaram lá longe e eu vim parar aqui, demasiado perto da terra, onde todos me adoram mas ninguém me alcança. Dizem até que começo a ficar perigoso para eles...
oh, pobre Sol. Como é que isso foi acontecer?
Foi uma grande explosão, é tudo o que sei. As minhas irmãs estão em toda a parte mas eu raramente as vejo porque a minha luz não mo permite. Onde eu estiver elas estarão escondidas. Mas sei que me encontraram, apenas não podem vir buscar-me porque sou imprescindível na Terra. Sem mim, todos morreriam. E eu, apesar de aqui tão só, sinto-me um pouco como pai dos terrestres, da sua Natureza.
Oh, Sol, és tão belo no teu coração! Como eu gostaria de ser assim importante na vida de alguém...

Talvez já o sejas mesmo sem saber... - o sol corou e desapareceu no horizonte.
Durante vários dias se encontraram e o Sol sempre a pensar na sua amada Lua e na fragilidade dela. Sabia que apenas se poderiam encontrar ao longe e em hora incerta, porque aquela menina era imprevisível! Como não tinha a importância do Sol, podia passar o tempo sem fazer nada, rebolando pelo ar.
De vez em quando lá tentavam aproximar-se mais um bocadito mas, resultava sempre em sofrimento para a Lua. Tinham que amar-se à distância.
Um dia, depois de perceber que a Terra girava em torno de si e que do lado oposto era sempre noite, o Sol teve uma ideia...
Sabes, estive a pensar em ti, em nós. Começo a ficar preocupado com essa tua vida de procura de algo que te faça sentir verdadeiramente feliz. Além disso, nunca sei quando volto a ver-te, a que horas apareces e de onde virás. Fico um pouco confuso.
Diz Sol quentinho do meu coração, o que pensaste tu? Deixa-te de rodeios porque está quase na hora do teu banho!

Bom, eu pensei que lá na Terra, segundo me disseram, todos ficam tristes quando eu desapareço e acontece algo a que chamam noite... dizem que tudo fica escuro, sem brilho. Pensei que talvez pudesses... - o Sol faz uma pausa e começa a corar, devagarinho.
Diz, diz! Não vês que vais começar a desaparecer?
Bom, porque é que tu não te pões no lado oposto da Terra e te deixas iluminar pelo meu amor, brilhando nas noites dos que lá vivem?
O Sol põe-se sobre o mar, corado como sempre em dias de Verão, sem obter resposta da sua amada.
A Lua, por sua vez, ficou saltitante de alegria com o gesto do seu amado, entusiasmada com a possibilidade de fazer parte da vida de alguém. No entanto, enquanto saltitava, percebeu que esse era o tipo de coisas que teria que deixar de fazer, já que ao ter um lugar na vida dos outros, teria que permanecer quieta, no mesmo sítio...

eu, sempre parada no mesmo sítio? E as minhas voltinhas sem rumo? O que vai ser de mim? Tenho que dizer ao Sol que talvez me vá embora. Preciso de liberdade.
No encontro seguinte, a Lua estava decidida a despedir-se do Sol e, cheia de coragem, aproximou-se dele para o abraçar uma última vez. BLOOOM!!!....
o calor do Sol voltou a feri-la e ela afastou-se rapidamente, com mais uma ferida visível. Mais uma cicatriz. O Sol ficou sem saber o que fazer e ao mesmo tempo pensativo, pois seria aquela a sua forma de dizer sim??
oh, meu querido, como eu gostava de estar perto de ti! Lamento, mas não poderei voltar aqui. Não sei o que me parece... só a ideia de não poder passear quando me apetece, fazer o que quero quando quero. Desculpa se te desiludi. Este era o meu abraço de despedida.
Mas....

a Lua afastou-se sem que o Sol tivesse tempo de perguntar fosse o que fosse.
O Sol ficou desesperado. Sofreu dias e dias, sonhando com noites brilhantes iluminadas pela sua amada.
Por sua vez, a Lua começou por sentir a sua liberdade como um prazer para, algum tempo depois achar que estava presa a uma saudade infinita. Infinito era também o seu amor. De que lhe servia a liberdade se não era importante na vida de ninguém? Para onde iria ela? Rapidamente descobriu que o seu lugar era perto do Sol, ainda que com a Terra entre os dois. Sem avisar, apareceu na noite, colocando-se o mais perto possível da luz e do calor do seu amado...
o Sol apercebeu-se disso e ficou verdadeiramente feliz, redondo de alegria! Aqueceu o mais que pôde a Terra onde era dia e isso notou-se onde era noite. A Lua estava finalmente a iluminar a escuridão e toda a terra aplaudiu de alegria.

O Sol e a Lua nunca mais se encontraram mas ambos sabiam que o seu amor era infinito e que um sem o outro não poderiam viver.
Com os raios do Sol distantes, a Lua emanava uma luz que parecia ser sua. Com a alegria do amor, o Sol aquecia a Terra e iluminava os dias.
Lá longe, as suas irmãs Estrelas, começaram a piscar todas as noites à volta da Lua, como que dizendo que estavam felizes por este amor .

domingo, 14 de dezembro de 2008

Degelo no Árctico já é irreversível

Aquecimento global. Ainda é pior do que se pensava. Os estudos científicos mais recentes comprovam que o Árctico poderá ter em breve verões com total ausência de gelo. A subida da temperatura do ar na região está a acelerar

Os cientistas descobriram a primeira prova inequívoca de que o Árctico está a aquecer a um ritmo mais rápido do que o resto do mundo, pelo menos uma década mais rápida do que o anteriormente previsto.

De acordo com The Independent, os investigadores sobre mudanças climatéricas descobriram que as temperaturas do ar na região estão mais altas do que o valor normal esperado para o Outono, devido ao aumento do degelo durante o Verão árctico, que acumulou calor no oceano. O fenómeno, conhecido como "amplificação árctica", não era esperado, pelo menos, nos próximos 10 a 15 anos, o que poderá querer indicar que o Árctico deverá viver, em breve, verões inteiros com total ausência de gelo.

Esta região do planeta é considerada uma das mais sensíveis em termos de mudanças climáticas e a sua passagem para outro estádio climatérico terá impacto directo noutras regiões do hemisfério norte, assim como alguns efeitos indirectos em todo o mundo.

Apesar dos investigadores terem apontado para uma perda catastrófica de gelo no oceano durante os meses de Verão, nos últimos 20 anos, não tinham detectado até hoje qual a temperatura ligada à emissão de gases que provocam o efeito de estufa.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Sítio do Picapau Amarelo (série de 1977)

Dona Benta é uma velha senhora que vive no Sitio do Pica-Pau Amarelo, afastada da correria e do barulho da cidade grande. A Negra Tia Anastácia cozinhando quitutes para ela e sua neta ,Lúcia, mais conhecida como Narizinho. Vivendo sozinha e tendo apenas as duas mulheres idosas como companhia, a menina cria um mundo de fantasias, do qual a personagem principal é a sua boneca Emilia, feita por Tia Anastácia com restos de pano.Também vivem no sítio o velho Tio Barnabé e seu ajudante Zé Carijó, responsáveis pela manutenção do sítio.

Um dia Narizinho conhece o Príncipe Escamado, soberano do Reino das Àguas Claras, que por coincidência, fica localizado no ribeirão do sítio. O Príncipe fica encantado com a menina e a convida para conhecer seu reino. Lá, ela é apresentada aos mais proeminentes súditos, como a azeda Carochinha, responsável por administrar os contos de fada, e determinada a manter o Pequeno Polegar preso em seus livros. Também a Doutor Caramujo, um renomado cientista, que dá a Emilia a pílula falante. Depois que ingere o remédio, Emilia começa a falar e não para mais.

Durante o período de férias escolares, Narizinho tem como companhia, seu primo Pedrinho, que estuda na cidade grande onde vive com sua mãe. O Menino também tem um amigo montado por tia Anastácia, o Visconde de Sabugosa, feito de uma espiga de milho velha, que também ganha vida. Por ter sido esquecido, por um bom tempo do meio dos livros, o visconde adquiriu uma admirável sabedoria, tornando-se intelectual e cientista.

No sítio do Pica-Pau Amarelo tudo é possível. A Fantasia se mistura com a realidade, fazendo parte do cotidiano da menina Narizinho e de seu primo Pedrinho. E são com personagens adultos que as crianças compartilham suas aventuras num mundo fantástico onde transitam a boneca Emilia, o Visconde de Sabugosa, o Saci Pererê, a Cuca, a Iara e outros personagens fantasiosos.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Manoel de Oliveira - 100 anos

Manoel Cândido Pinto de Oliveira (Porto, 11 de Dezembro de 1908) é um cineasta português, que actualmente (2008) é o realizador activo mais idoso do mundo, com trinta e duas longas-metragens.
Manoel de Oliveira é originário de uma família da média-alta burguesia, com antepassados fidalgos, facto que muito influenciaria o teor e as temáticas da sua futura obra cinematográfica. O seu pai, Francisco José de Oliveira, foi o primeiro fabricante de lâmpadas em Portugal. Estudou no colégio de jesuítas de A Guarda (Galiza). Na juventude dedicou-se ao atletismo e, mais tarde, ao automobilismo e à vida boémia. Aos vinte anos ingressou na escola de actores de Rino Lupo, cineasta italiano radicado no Porto, um dos pioneiros do cinema português de ficção.

2009 - Singularidades de uma Rapariga Loura (em rodagem); 2007 - Cristóvão Colombo – O Enigma; 2006 - Belle Toujours; 2005 - Espelho Mágico; 2004 - O Quinto Império - Ontem Como Hoje; 2003 - Um Filme Falado; 2002 - O Princípio da Incerteza; 2001 - Vou para Casa; 2000 - Palavra e Utopia; 1999 - A Carta; 1998 - Inquietude; 1997 - Viagem ao Princípio do Mundo; 1996 - Party; 1995 - O Convento; 1994 - A Caixa; 1993 - Vale Abraão; 1992 - O Dia do Desespero; 1991 - A Divina Comédia; 1990 - Non, ou a Vã Glória de Mandar; 1988 - Os Canibais; 1986 - O Meu Caso; 1985 - Le Soulier de Satin; 1981 - Francisca; 1979 - Amor de Perdição (filme); 1974 - Benilde ou a Virgem Mãe; 1972 - O Passado e o Presente; 1963 - Acto da Primavera (docuficção); 1942 - Aniki-Bobó
Curtas e médias metragens
2001 - Porto da Minha Infância; 1985 - Simpósio Internacional de Escultura em Pedra - Porto; 1983 - Lisboa Cultural; 1983 - Nice - a propos de Jean Vigo; 1982 - Visita ou Memórias e Confissões; 1966 - O Pão (documentário); 1965 - As Pinturas do meu irmão Júlio (documentário); 1964 - A Caça; 1956 - O Pintor e a Cidade; 1941 - Famalicão (filme); 1938 - Já se Fabricam Automóveis em Portugal; 1938 - Miramar, Praia das Rosas; 1932 - Estátuas de Lisboa; 1931 - Douro, Faina Fluvial;
Como actor
1994 - Lisbon Story, de Wim Wenders; 1980 - Conversa Acabada, de João Botelho; 1933 - A Canção de Lisboa, de Cotinelli Telmo; 1928 - Fátima Milagrosa, de Rino Lupo.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Frases sms!!

"Posso não ser a lua que sonhas tocar,
posso nem sempre estar onde me queres encontrar,
posso não ser o sol que queres ver a brilhar,
mas sou uma amiga com que podes sempre contar."

"O pensamento tem a capacidade de levar-nos aonde quisermos.
O meu neste momento, levou-me ao teu encontro, para desejar-te um bom dia!"

"A chuva? Não doi, molha-se.
O amor ? Não se vê, sente-se.
A amizade? não se compra, constroi-se.
E pessoas como tu? Não se esquecem, guardam-se no lado esquerdo do peito."

"O sol pôs-se.. Mais um dia se foi..
Não tenho a certeza se fiz o que devia..
Mas tenho a certeza que fiz o mais importante: Lembrei-me de ti"

"Sabes como nasceste?
Deus uniu 1kg de docura, 1 kg de ternura, 1 kg de amor, 500gr de carinho
e dai nasceu um ser doce que és tu."

"Oi, estás ai? É que tenho uma entrega especial para ti,
Um beijo de boa noite de Paz... Bons sonhos."

"Deus é louco por ti!
Ele envia-te flores em todas as primaveras,
faz nascer o sol todas as manhãs,
e em qualquer momento que quiseres conversar com Ele, Ele escuta-te.
Ele mora em qualquer lugar do universo, mas escolheu estar no teu coração.
Lembra-te:
Deus não prometeu dias sem dor, risos sem sofrimento, sol sem chuva, mas...
força para o dia, conforto para as lagrimas e luz para o teu caminho."

"Daqui a 2 minutos vai la fora e respira fundo...
Soprei em tua direcção 1 milhão de beijinhos e centenas de abraços,
eles devem estar aí a chegar."

"Espero que no baile da vida a felicidade seja o teu par,
e se por ventura a tristeza te pedir um pé de dança,
não aceites, porque tu mereces toda a felicidade do mundo."

"Dos amores humanos, o menos egoista,
o mais puro e desinteressado é o amor da amizade.
Amor de amigos, é o maio bem no meu coração."

Nota: A ti, amiga A.M. de Guarda, agradeço estas e muitos outras sms, que por vezes surgem em alturas oportunas..ou quando menos espero e que sabem tão bem...
E a outras pessoas também:
C.M. de Goa,
R.S.C. de Rio Maior,
K. de Bergamo.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Desilusão

As vezes pequenas coisas tem efeitos imensos.
Palavras, poucas mas secas, que ficam a ecoar na nossa cabeça
E a corroer alguma coisa que existe cá dentro.
Tentámos perceber a razão
Mas de cada vez que tentámos menos compreendemos…
A lógica diz para não ligar, olhar para outro lado,
Seguir em frente, pensar em outras coisas,
Mas o incómodo mantém-se presente,
O sentimento é mais forte.
Hoje senti-me assim! Ainda me sinto assim! Desiludida, sentida.
Espero que a noite torne acolhedora.
Sinto-me terrivelmente só…
Ultimamente só me apetece, só tenho vontade de chorar
Num choro duradoura sem lágrimas,
Que dor, que aperto, que sentimento mais duro.
Só queria ter o poder de me fazer desaparecer…
Só queria conseguir ser feliz.
Cada vez mais, sinto que não fui feita para estas coisas,
Não fui feita para sentir algo mais forte.

Fecho os olhos, enrolo-me nas mantas, abraço a almofada…
E adormeço, como uma criança, sossegada e serena…
Amanha é outro dia, amanha é dia de um novo começar.
Agora e cada vez vai ser mais forte de acreditar
Que acordo todas as manhãs,
Com um toque do meu novo amor,
Que toca suavemente na minha pele,
Que me abraça calorosamente…
Que me beija sem contestar,
Que me abre os olhos para um lindo dia…
Me ama assim como sou
Sem pôr nem tirar um pedaço…
Que me segue para aonde eu vou
Que se esconde para fazer algumas surpresas
Para me fazer sorrir,
Que me faz cócegas para me fazer rir…

Na força de uma desilusão, que nasça um novo amor,
Que me torne forte, que me faça crescer e não cair em depressão
Na força da dor, que nasça a alegria de viver
Na força do sofrimento, me faça olhar para o horizonte…
De sentir a tua mão, o teu ombro,
E ao estares perto de mim, renasça cada vez mais forte,
Só a ti, te devo o meu coração e todos os meus sorrisos…

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Walt Disney

Walter Elias Disney (5 de Dezembro de 1901, Chicago — 15 de Dezembro de 1966, Los Angeles) foi um cineasta, produtor estadunidense de desenhos animados e animador, além de um ocultista. Tornou-se conhecido, nas décadas de 1920 e 1930, por seus personagens de desenho animado, como Mickey e Pato Donald. Ele também foi o criador do parque temático sediado nos Estados Unidos chamado Disneylândia, além de ser o fundador da corporação de entretenimento, conhecida como a Walt Disney Company.

O lema de Disney sempre foi "Keep moving forward" ("Continue seguindo em frente", traduzido para o português).


Lista de filmes da Disney

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Sem ti,

Sou uma rosa perdida
Num jardim de primaveras.
Sou um fogo que não arde,
Uma chama que não queima.
Sou um ar que não respira,
Sou uma mancha que não sai
Sou uma parte, nunca um todo.
Não sou prosa, não sou verso,
Sou algo desalinhado
Que desafina nas cordas da vida.
Sou mágoa, sou sofrimento
Sou oca de pensamento
Sou fantasia sem ilusão.
Sou tristeza na alvorada,
Sou parte de um nada,
Sou pedra sem calçada.
Sou frio bem gelado
Sou estrada sem asfalto
Sou medo sem cura.
Sou cara sem sorriso
Sou olhar sem brilho
Sou forma sem formato.
Sou coração sem alma,
Sou desejo sem fogo,
Sou tudo e não sou nada.

Sons

Vontade enorme de ouvir Michael Bublé:

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Alta nojeira...


DR, este é mesmo um presente dahhh!
No mar, há o ir e voltar...
Fico muitas vezes, a lembtar-me desta foto..

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Lua

Estavas linda, lua crescente, fina e amarelada, Estás tão longe como tão perto, mas segura de si.
Seguias-me, de frente, de lados, obrigaste-me a sorrir, deixaste-me com vontade de te procurar, por entre os prédios, por entre as árvores.
Senti algo redondamente diferente, como se alguém chamasse por mim, como se alguém murmurasse coisas bonitas.
Imaginei,reparei em cada contorno, em cada canto, da tua imagem. Pareces um olho, um olho espiante,um olho que procuras por algo..

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Dezembro

MÊS: DEZEMBRO
FLOR: MARGARIDA DO CAMPO
FADA:DAISY

Segundo uma lenda celta, as margaridas se formaram do espírito das crianças que morriam após o nascimento. Essa é a razão pela qual a flor possui aspecto tão inocente.
Na Idade Média as margaridas foram usadas para curar insanidade, tumores e doença de pele. O rei Henrique VIII comia margaridas para aliviar sua úlcera de estômago.
A fada Daisy é descrita como uma menina de rosto infantil e loira. Usa uma blusa da cor verde, graças a qual pode camuflar-se entre as folhas e ervas. Representa a beleza, a fidelidade e a pureza.
Ela gosta que recitem o seguinte poema:

“Vem, chegue-se para brincar comigo”;
Eu sou à flor das crianças.
Em um bonito colar trespasso minhas cores,
Junto todas ao longo do dia,
Até que o sol se despeça.
Devo ir descansar agora:
Amanhã voltaremos a brincar.
Minhas pétalas fecham-se
Tão suaves e brancas.
Até o sonhado amanhecer.