Meus outros blogs:

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

a não violência

PRÊMIO 'NÃO VIOLÊNCIA- GANDHI" ESCOLHE CIDADÃOS E FIRMAS. Este Jornal institue o Prêmio "NÃO VIOLÊNCIA -GANDHI" para cidadãos e empresas.
                  Último filho de Karamanchand Gandhi, e Sra Putlibai, Mohandas Karamanchand GHANDI, nasceu em 2 de outubro de 1.869, em Porbandar - Índia. Depois de vinte anos de luta na África do Sul, chegou a conclusão de que a não violência, constituía a melhor forma de combate a opressão. Assim lutou contra os "boers", e a própria Inglaterra, que ha dezenas de décadas oprimia as terras de seus com-cidadãos.
Várias vezes preso. Deu início à desobediência civil, que o levou novamente à prisão. Quando saiu notou que as lutas religiosas cresciam. Em sinal de protesto passou várias semanas de jejum, até que indus e muçulmanos chegassem a uma trégua. Também recorreu ao jejum contra o domínio britânico.
Assim iniciou a campanha em prol da independência da Índia.O seu objetivo era tirar a Índia da luta fratricida. A 15 de agosto de 1947, realizou o seu maior sonho: independência do seu país.
Mohandas Gandhi, o Mahatma (grande alma) viveu o tempo suficiente para pisar sobre a terra da liberdade. Ironicamente,o Destino quis que um dos apóstolos da paz, criador e defensor da luta não-violenta, tombasse como mártir da não-violência,assassinado pôr motivo político-religioso. Aos 78 anos de idade, a 30 de janeiro de 1948, o mundo chorou a trágica morte daquele que soube com profundidade e humildade, penetrar no íntimo de toda humanidade, embrutecida pelo egoismo e pelo cego materialismo. Essa força, capaz de acordar o homem para Paz, é a Fé em Deus.
PENSAMENTOS DE GANDHI
"Confio implicitamente em que se minha missão tiver êxito - e o terá pois não poderá ser de outro modo- a história falará dela como de um movimento destinado a unir todos os povos do mundo, que deixaram de ser hostis uns com os outros para vincularem-se como partes de um mesmo todo."
"Para mim, o caminho da salvação estende-se através de incessante e esforçado trabalho a serviço do meu país e da Humanidade .Desejo identificar-me com tudo que vive. Desejo conviver em paz com amigo e inimigo.Assim o meu patriotismo é um estágio de minha viaje, para a terra de liberdade e Paz."
"Há um poder inefável e misterioso que penetra todas as coisas. Eu o sinto, embora não o veja. E' esse poder invisível que se faz sentir em mm, desafiando-me a toda prova, porque é tão diferente de tudo que percebo com meus sentidos. Prova-se não pôr evidências estranhas, mas pela conduta transformada e pelo caráter daqueles que têm sentido a real presença de Deus em si. Tal testemunho pode-se achar nas experiências de uma linha ininterrupta de profetas e sábios, em todos os lugares, e tempos.Negar esta evidência é negar-se a si próprio".
"Desejo que o movimento de cidadãos imite o valor do soldado, porém, sem o aspecto brutal de sua tarefa que consiste em levar a morte e padecimento ao inimigo.Que aquele que estiver disposto a dar sua vida, sem disto duvidar, e ao mesmo tempo NÃO USAR DE NENHUMA ARMA, para matar o adversário; mostra um valor superior ao soldado".
"Verifiquei que a vida persiste em meio a destruição.Deve existir, portanto, uma Lei superior `a destruição. Únicamente sob esta lei poder-se-a conceber uma sociedade organizada e a vida digna de ser vivida. Se esta Lei é a Lei da existência, devemos pratica-la na rotina diária. Sempre que defrontarmos com um adversário, devemos conquista-lo com amor."
"Descobri em minha própria vida, que com a lei do amor, tudo se corresponde com amor. Enquanto que, com a lei da destruição, eu ficaria só.Proclamo que a não violência tenha penetrado nos corações dos 360 milhões de habitantes da Índia. Proclamo que a não violência,em tempo incrivelmente curto entrou mais fundo que qualquer outra doutrina. Para atingir o estado mental da não violência, exige-se um treinamento demorado e vigoroso a vida de disciplina, como a vida do guerreiro. Alcança-se o estado perfeito quando a mente,o corpo, e a palavra, consumam a coordenação.Todo problema evoluirá para para uma solução, se dicidirmos fazer da lei da verdade e da Não-Violência a Lei da Vida."
"Quem desejar a amizade de Deus - diz Gandhi - ha de permanecer só ou de fazer-se amigo do mundo inteiro. Creio na unidade absoluta de Deus, e pôr conseguinte, também na humanidade.Que importância tem, que nossos corpos sejam múltiplos? "
"Não temos mais que uma alma. Também são muitos os raios do Sol, porém todos nascem de uma única fonte. Concludentemente não posso isolar-me da mais perversa das almas, tampouco me pode ser negada minha identificação com a mais virtuosa". Minha religião me ensina amar todos os seres. Encontrei a mesma lei do amor puro, tanto na Escritura hindus,como na Bíblia e no Corão".
"Este amor não precisa ser recíproco. Encontra em si mesmo a recompensa." "O amor é a mais potente força do mundo.. Se um só homem conseguisse viver a mais elevada forma de amor, bastaria para neutralizar o ódio de milhões de outros homens. A lei do amor governa o mundo.A vida persiste,ainda que haja a morte.. O Universo continuará apesar da constante destruição. A verdade triunfa sobre o erro. O amor supera o ódio. Deus vence eternamente, o mal.O ódio mata sempre; o amor não morre nunca".A violência nunca faz triunfar a verdade. Empregar a violência é dar mostra de tolice, de ignorância e de raiva impotente."
"Oponho-me a violência porque quando parece que seus efeitos são benéficos, o são transitoriamente,enquanto os danos que produz, são permanentes.O mundo está cansado de ódio; está provado que o ódio não tem sido benefício para humanidade."
Á RELIGIÃO DA NÃO VIOLÊNCIA, É DESTINADA AO CIDADÃO COMUM.
*RECEBIMENTO DO SELO NÃO-VIOLÊNCIA.
Qualquer cidadão, firma, site,instituição governamental, ou não, poderá receber o selo. Basta preencher o e.mail, citando nome, endereço completo,telefone, e código postal. Deverá declarar no e. mail que adota a NÃO VIOLÊNCIA.

Sem comentários: