Meus outros blogs:

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Poznan


Olá companheiros de Taizé:

Este ano a Comunidade de Taizé propões-nos realizar uma Peregrinação de Esperança na Terra com destino a Poznan (Polónia).

Decidimos aceitar este desafio e pôr-nos a caminho. No entanto, queremos fazê-lo em comunidade, dando a conhecer o espírito de Taizé que anima milhares de jovens a deixar as suas casas e a partir em busca do outro, de si e de Deus.
Gostarias de dar um sentido especial à entrada no ano de 2010?
Junta-te a nós, vem viver uma experiência única…

O encontro será de 29 de Dezembro de 2009 a 2 de Janeiro de 2010. O custo para pessoas com idade inferior a 35 anos é de 225 euros. Os preços supracitados incluem viagem, estadia e alimentação durante o encontro.

Itinerário resumido:
Ida
26/12 . 8h – Partida da Expo Regresso (por Amesterdão)
27/12 . 8h – Chegada a Florença 02/01 .12h – Partida de Poznan
15h – Saída de Florença 03/01 .23h – Chegada à Expo
22h – Chegada a Munique
28/12 . 9h – Saída de Munique
14h – Chegada a Praga
23h – Saída de Praga
29/12 . 7h – Chegada a Poznan

Contactos
taizepoznan2009@hotmail.com
http://taizepoznan2009.blogspot.com

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Vida a dois...

Teu sonho, que passou a ser vosso, quando foram viver juntos,
Só terá ido por água abaixo, se um dos lados desistir.
Quando foram viver juntos, passou tudo a dividir, multiplicar, somar...
Os sonhos passaram a ser dos dois,
O amor a ser dividido pelos os dois
Os defeitos e qualidades passaram a ser cedidos ou assumidos pelos os dois
A confiança passou a ser a acção dos dois
Faz-se por merecê-la
Quando é quebrada há que ser solucionada pelos os dois
Se existe um silêncio existe desconfiança, ciúmes
Há que transformar esse silêncio em palavras,
Sejam elas escritas, faladas, desenhadas
Antes de ser sufocadas e atiradas para o fundo do coração
E um dia ser relembradas com amargura
Ao desistir, ao dizer que "faz o que quiseres"
É um mesmo que perguntar se existiu amor, a química...
Porque quem ama de verdade, não desiste.
Se a felicidade está do outro lado ou noutro sítio há que ir atrás...
Amor de verdade só existe um...
E as oportunidades de viver esse amor são tão escassas...
O amor verdadeiro é importante, mas não é tudo
Juntos tem de existir o companheirismo,
Para um dia mais tarde, serem dois amigos na velhice
Para um dia se acabarem, permanecer a amizade entre os dois…

Um dia, quem sabe...

Meu amor, minha doçura, fecha os olhos
Quero poder sentir-te, quero tocar-te
Quero que sonhes comigo
Para eu entrar no teu sonho
E amar-te como tu mereces.

Que seja um dia maravilhosamente lindo,
Que seja um dia cinzento para escondidas,
Que seja um dia chuvoso com arco-íris,
Que a força do nosso amor
E a vontade de nos vermos seja tão grande
Que ao fechares os olhos, por breves momentos
Possa mostrar-te o tamanho das minhas saudades por ti.

Talvez um dia, consiga estar contigo fisicamente
Talvez o nosso amor poderá ficar mais forte
Que um dia poderemos conseguir
Transpor a linha que nos separa
E transformar o nosso amor
Em um só coração e alma.

domingo, 27 de setembro de 2009

Abraço de Culturas


Para vosso conhecimento e divulgação, junto anexo os cartazes do
- ABRAÇO DE CULTURAS
- CARTAZ DOS ARTISTAS
- PROGRAMA COMPLETO DA INAUGURAÇÃO ( inicio 27/09 a 10/10 )

ABRAÇO DE CULTURAS - ESPECTÁCULO MUSICAL

Inauguração da Igreja de S. Francisco de Assis em Alfornelos. Mais informações na entrada do Centro Comercial Colina do Sol

sábado, 26 de setembro de 2009

Vindimas

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Salva

Propriedades: Anti-sudorífica, anti-inflamatória, desinfectante, emenagoga e anti-depressiva, adstringente, anti-espasmódico.

Indicações : Inflamação de garganta, sinusite, tónico e estimulante da digestão, contra inapetência, edema, infecções da boca, aftas, tosses, bronquites. Ajuda a fazer a digestão e é anti-séptica, fungicida e ajuda a combater a diarréia. O chá é bom para as gengivas inflamadas, além de aliviar diabetes e sintomas de menopausa. Diminui suor excessivo e é restauradora de energia, tendo poder tonificante sobre o fígado. Usada também para depressão, tremores e vertigens.

Infusão : 5 gs de folhas em 100 ml de água a ferver por 10 minutos.

Para picadas de insectos esfregar as folhas frescas no local atingido. Friccionada nos dentes, clareia-os.

Chá de Salva: Misturar 5 gramas da planta por cada litro de água.

Outros usos:

Uso caseiro : Colocar as folhas secas de salva entre as roupas, para afastar os insectos. Faz parte das ervas insecticidas (em infusão).

Uso culinário : A Salva usa-se para rechear aves, misturar com cebola, cozinhar com carnes gordurosas (porco, pato e salsichas). Dá bom vinagre aromatizado e manteiga de ervas. Faz deliciosos pães. Substitui o louro na aromatização de carnes e cozidos, principalmente os gordurosos, podendo também ser usada para temperar patês de queijo e peixes. A manteiga aromatizada com salva dá um realce especial aos assados.

Aromaterapia : Na aromaterapia, o óleo essencial de salva é usado como antioxidante, estimulante, tónico, desinfectante, adstringente, é indicado para cabeça e cérebro activando os sentidos, a memória e fortalecendo os nervos.

Cosmética: A Infusão de Salva é um bom adstringente para pele oleosa e escurecedor de cabelos. A infusão também é boa para combater a caspa e inflamações do couro cabeludo.

Italiano: salvare, Espanhol: salvar

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Reggae United em Linda-a-Velha

Esta será a segunda edição do Reggae United, que permanecerá fiel ao seu conceito.
O Reggae United 2009 é um evento de solidariedade em prol das “Aldeias de Crianças SOS” e algumas instituições de solidariedade social sediadas no concelho de Oeiras, sendo a ENTRADA pelo menos 1Kg de Alimento não perecível.

Localizado no antigo Quartel de Linda-a-Velha, o Reggae United 2009 apresenta-vos 12 horas do melhor que a cultura Reggae em Portugal tem para oferecer. Em dois palcos diferentes, Roots, Reggae e Dancehall terão o seu espaço de divulgação.

A acompanhar a música, o Speed Football Clash e a Zona Radical prometem animar!!

O Reggae United 2009 terá também uma zona de alimentação com área vegetariana e uma Feira com artigos musicais, artesanato, desporto e muitos mais…

Das 14:00 às 02:00 a animação é garantida!

Reggae United, juntos por uma causa

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

UM BICHO CHAMADO HOMEM

O HOMEM é "aquilo" com que a mulher se junta ,casa e etc.... Tem dois pés, duas mãos, algumas vezes duas mulheres ao mesmo tempo, mas raras vezes dinheiro e inteligência ao mesmo tempo...

Semelhantes aos cigarros turcos, os homens são feitos todos do mesmíssimo material, a única diferença consiste na embalagem. Generalizando, os homens podem ser divididos em três categorias: "PRÊMIO", "SURPRESA" , "DESESPERO DE CAUSA".;

Transformar um homem em ALGO constitui uma das mais delicadas plásticas da civilização. Requer uma combinação de: CIÊNCIA, ESCULTURA, BOM SENSO, FÉ, ESPERANÇA e CARIDADE.

- Se a mulher lisonjeia um homem, ele foge desconfiado, se não lisonjeia, ele foge decepcionado.
- Se a mulher lhe permite algumas 'LIBERDADES', ele acaba se cansando,chamando-a de FÁCIL. Se ela não permite liberdade alguma, ele acaba se cansando, chamando-a de "GELADEIRA ".
- Se a mulher concorda com ele em tudo, acusa-a de monótona; se não concorda, acusa-a de "CHATA".
- Se ela acredita em tudo quanto diz, julga-a "CÍNICA".

- Se a mulher gosta de usar cores alegres e vestidos sofisticados, ele recusa-se a sair com ela, acusando-a de chamar atenção na rua. Porém, se ela prefere um tailler discreto e sóbrio, ele sairá com ela, mas durante todo o tempo ficará olhando para as mulheres com vestidos sofisticados e cores alegres...

- Se a mulher acompanha o homem em todas as distrações, aprovando que ele fume e beba, ele se queixará aos amigos de que ela é uma indiferente, entretanto, se ela se preocupa com o a saúde dele, evitando que fume ou beba demais, ele se queixa aos amigos de que ela é uma dominadora.

- Quando a mulher é frágil e dependente, ele acha que ela não é muito inteligente.
- Quando ela é dinâmica e independente, acha que ela não é muito feminina.
- Quando ela é do tipo intelectual, ele fica elogiando as simplórias.
- Se a mulher é popular entre os homens, ele fica cheio de ciúmes; se ela não é popular, ele fica imaginando : "QUE DIABO HAVERÁ DE ERRADO COM ESSA CRIATURA?"

H O M E M !
que problema danado !!! Mas todas as mulheres procuram por eles...

Signo de Balança


O signo de Balança simboliza o equilíbrio e a harmonia. O balança é refinado, cooperativo, sociável e artístico. Como é indeciso e gosta de ter paz "a qualquer preço" tende a ser volúvel e inconstante.

É uma pessoa atraente, simpática, que gosta da vida agradável e aprecia as delícias da vida. Tem reputação de preguiçoso por deixar as pessoas fazerem as coisas para ele, mas sabe muito bem cuidar dos próprios interesses.

Acredita em acordos, o que o torna um bom diplomata. Encantador e companheiro,
funciona melhor em parceria. Geralmente casa cedo e às vezes mais de uma vez. A paz e a harmonia são importantes, sendo capaz de grandes esforços para mantê-la.

Justiceiro e equilibrado, vê os dois lados da balança. Não gosta de coisas desagradáveis, gosta
de artes refinadas, do charme. Precisa demonstrar generosidade de espírito, conscientizando-se que também comete erros.

Deve aprender a ver os opostos dentro de si para equilibrar a sua natureza e poder relacionar-se com os outros.
Não gosta de solidão. É possível ser usado pela família para trazer paz e harmonia e dificilmente diz não.

O MUNDO DO COMPLEMENTAR OU DO OPOSTO - as uniões, o casamento, as colaborações e associações, os inimigos declarados, processos e conflitos.

Representa o equilíbrio, a harmonia, a justiça, a paz, as uniões, a beleza, a estética, a diplomacia, a vida social e as sociedades.

Condimentos: Macis, cravo e gengibre.
Ervas: Azeda e folha de figueira.
Metais: Cobre e bronze.
Animal: Lagarto.
Cristais: Safira rosa, transparente e amarela.
Árvores: Freixo e Cipreste.
Flores: Rosa, violeta e margarida.
Elemento: ar
Planeta regente: Vénus
Princípio: activo
Parte do corpo: rins
Frase: "Quem disse que não se pode agradar a gregos e troianos?"
Cor: Azul claro e Rosa
Pedra: Safira

terça-feira, 22 de setembro de 2009

40 anos...

Que teu amanhecer seja tão encantado
como a magia de todas as fadas...
O teu dia seja tão estrelado
como a mais linda noite de luar...

Teus desafectos sejam tão pequenos
como a menor gota de mar...
Teus caminhos sejam tão límpidos
como as águas do mais cristalino riacho...

Tuas angústias sejam tão poucas
como a última ave mais rara...
Tuas fantasias sejam tão boas
como o desejo da jóia mais cara...

Tua força seja tão forte
como a do mais selvagem animal...
Tua docilidade seja tão sensível
como a do mel mais natural...

Tua capacidade seja tão aprovada
como a alma mais povoada...
E que o teu Anjo da Guarda esteja sempre
presente iluminando teus caminhos...

Autoria: Caminhante

Outono


Só pra marcar que hoje ás 22:10, o primeiro dia de outono.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

H.G. Wells


Herbert George Wells, conhecido como H. G. Wells (Bromley, 21 de Setembro de 1866 — Londres, 13 de Agosto de 1946), foi um escritor britânico e membro da Sociedade Fabiana.

Nascido num distrito (borough) da Grande Londres, na juventude foi, sem sucesso, aprendiz de negociante de panos - a sua experiência nesta ocupação veio mais tarde a ser usada como material para o romance Kipps. Em 1883 tornou-se professor na Midhurst Grammar School, até ganhar uma bolsa na Escola Normal de Ciências em Londres, para estudar biologia com T. H. Huxley.

Nos seus primeiros romances, descritos, ao tempo, como "romances científicos", inventou uma série de temas que foram mais tarde aprofundados por outros escritores de ficção científica, e que entraram na cultura popular em trabalhos como A Máquina do Tempo, O Homem Invisível e A Guerra dos Mundos. Outros romances, de natureza não fantástica, foram bem recebidos, sendo exemplos a sátira à publicidade Edwardiana Tono-Bungay e Kipps.

Visionário, chegou a discutir em obras do início do século XX questões ainda atuais, como a ameaça de guerra nuclear, o advento de Estado Mundial e a Ética na manipulação de animais.

Uma listagem parcial dos seus romances:

A Máquina do Tempo (The Time Machine), 1895
A Ilha do Dr. Moreau (The Island of Dr. Moreau), 1896
O Homem Invisível (The Invisible Man), 1897
A Guerra dos Mundos (The War of the Worlds), 1898
Love and Mr. Lewisham, 1900
O Alimento dos Deuses (The Food of the Gods), 1904
Kipps, 1905
A Modern Utopia, 1905
Os Dias do Cometa (In The Days of the Comet), 1906
Ann Veronica, 1909
Tono-Bungay, 1909
The History of Mr. Polly, 1910
The New Machiavelli, 1911
Marriage, 1912
The World Set Free, 1914
Men Like Gods, 1923
The World of William Clissold, 1926
Mr Blettsworthy on Rampole Island, 1928
The Shape of Things to Come, 1933

domingo, 20 de setembro de 2009

Sirmione



sábado, 19 de setembro de 2009

Lovere

Aldeia, beira do lago, terra do amor, gelados e chocolate quente... :)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Surpresa.a.a.!


Surpresa, nada a espera...
Foram tantos os mistérios...
Foram tantos os zunzuns...
A busca de um amigo ao aeroporto de milao...
transformou-se numa surpresa total,
mesmo debaixo de chuva torrencial.
Admirou a minha chegada,
mas quase ia ficando sem pescoco, ihihihi!
De costas para a porta, chegou mais uma pessoa,
também nao estava a espera... minha mae.
Digo eu passado um bom bocado:
sera que aonde ha dois nao ha tres?
Quem diria,
a menina que pontualmente telefona para os aniversariantes a meia-noite e ponto,
receber tres meninas, a meia-noite em ponto, no dia dos seus anos
e varias chamadas depois da nossa bela chegada...
Surpresa bem merecida
e que ela gostou imenso.
Notava-se perfeitamente nos olhos dela.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Foi-se o idolo de adolescência das raparigas...

“Há mais coisas que eu quero fazer. Eu quero viver até que eles encontrem uma cura”
“Sim, estou com medo. Sim estou com raiva. ‘Porquê eu?’


Patrick Swayze, morreu hoje. Tinha 57 anos.Patrick Swayze sofria de câncer no pâncreas, e faleceu na noite do dia 14 de setembro de 2009 ao lado da família."Patrick Swayze descansou em paz hoje, com sua família a seu lado, após encarar, lutar contra os desafios da doença durante os últimos 20 meses", disse Wolf, em comunicado

Vamos recordar-lo como ele era...

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Museu Nacional de Arte Antiga

Instalado num belo palácio de Alvor do século XVIII, com vista sobre o rio e a zona portuária, este é um dos museus mais visitados em Portugal. A sua importância reside no facto de reunir o mais significativo espólio da arte portuguesa dos séculos XIV a XIX, indispensável para um entendimento da história da arte em Portugal.
A criação do Museu surgiu da necessidade de albergar as obras de arte da Igreja que passaram para as mãos do Estado, aquando da abolição das ordens religiosas, após o triunfo dos liberais, em 1834. Desde essa altura, o seu espólio foi sendo enriquecido por diversas vias, nomeadamente com as peças oriundas dos Palácios Reais e das Sés e Paços Episcopais, e com diversas acções de mecenato, doações e legados.
O acervo do Museu compreende as Artes Plásticas (Pintura, Escultura, Desenho e Gravura) e as Artes Decorativas (Ourivesaria, Cerâmica, Têxteis e Mobiliário). A colecção de Pintura abrange cerca de 2200 obras, que vão do século XIV aos anos vinte do século XIX, estando dividida entre pintura portuguesa e pintura europeia.

Comentário: o meu grupo, Ekvat vai actuar aqui, no dia 10 de Setembro ás 20h.
Entrada: 2,5 €
Motivos: "Actuação do EKVAT no âmbito da exposição "Encompassing the Globe - Portugal e o Mundo nos Séculos XVI e XVII"

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Mural-mosaico

Este es un mural-mosaico realizado por 216 artistas diferentes.Cliquea
sobre los cuadrados y se ampliara la foto con los detalles de cada
artista. Prueba empezar por el ojo del caballo...

Lo increible es que no hay ninguna relacion entre el dibujo grande y
lo que aparece en cada mosaico. Cada mosaico recibio su lugar de
acuerdo a los parametros "color" "forma" "gama". Maravilloso !




Clique para ver cada celula, que é um quadro. Reparem no olho do cavalo,"Prueba empezar por el ojo del caballo..."Espectacular!!

Enviada por OD

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Fases da vida…

É tão estranho. Sinto-me tão estranha.
Sinto que todos os dias, conheço um pouco mais de mim.
Certas situações não fazem sentido. Certas situações me são tão estranhas...
Ás vezes estou por mim, a olhar-me com estranheza de quem não conhece a própria pessoa.
Como se dissesse coisas e penso que não fui eu que as disse.
E, em especial, muitas vezes o que mais me causa estranheza é me deparar com o meu próprio interior.
Como se fosse um bloco duro e implacável em coração frágil.
Como se fosse outra pessoa estivesse dentro de mim.
Tal como surgem poemas na minha cabeça, não sei como, nem os contos imaginários.
Mas as fases da vida existem e todos passamos por elas, seja mais cedo ou mais tarde.
Cada uma fase é diferente das outras. Cada uma com a sua beleza e tristeza.
Por vezes ficamos com medo ou temos medo de mudar brutalmente.
Sem dar conta, com a experiencia, com o tempo, com a idade, as coisas que um dia perguntavam, tem outras respostas…
Antes me perguntavam: Quando casas? Serás que és a próxima a casar?
Eu respondia: "Um dia, quem sabe. Ainda sou muito nova para estas coisas."
Hoje respondo: "Um dia, quem sabe. Também existem outras maneiras de viver a vida."

sábado, 5 de setembro de 2009

COISAS QUE SE ATRAEM...

Mãos e seios.
Olhos e bunda.
Nariz e dedo.
Pobre e funk.
Mulher e vitrines.
Homem e cerveja.
Queijo e goiabada.
Chifre e dupla sertaneja.
Carro de bêbado e poste.
Tampa de caneta e orelha.
Moeda e carteira de pobre.
Tornozelo e pedal de bicicleta.
Jato de mijo e tampa de vaso.
Leite fervendo e fogão limpinho.
Político e dinheiro público
Dedinho do pé e ponta de móveis.
Camisa branca e molho de tomate.
Tampa de creme dental e ralo de pia.
Café preto e toalha branca na mesa.
Dezembro na Globo e Roberto Carlos.
Chave trancando a porta e telefone tocando.
Show do MC ROGER e controle remoto (Para mudar de canal).
Chuva e carro trancado com a chave dentro.
Dor de barriga e final de rolo de papel higiênico.
Bebedeira e mulher feia.
E por último:
Mau humor e segunda-feira!!!
Lançamento de carro novo e falta de dinheiro.
Homem bobo e mulher esperta.
Bebado e Polícia.
Mulher fértil e camisinha furada

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

"Morte, violação ou boca de palhaço?"

Na altura do Carnaval, ouvi falar de um caso que me arrepiou imenso. Duas jovens universitárias tinham sido interpeladas por um grupo de rapazes bem parecidos, no Bairro Alto, que lhes fez uma pergunta: "Morte, violação ou boca de palhaço?" As jovens, pensando tratar-se de uma brincadeira de Carnaval, responderam prontamente "boca de palhaço". Foram esfaqueadas dos lábios às orelhas. Sei que ainda hoje estão traumatizadas e que nenhuma cirurgia plástica deixá-las-á como eram antes.

No passado fim de semana, voltou a acontecer; em pleno Largo Camões, a jovem esperava por um táxi vazio que a levasse para casa. Pois quem a levou foi quatro rapazes, que lhe fizeram a mesma pergunta arrepiante e o resultado é o mesmo. Esfaqueada, com um "sorriso" de palhaço.

Acho estranho que nenhum telejornal faça referência a isto, porque tenho a certeza de que já aconteceu mais vezes. Sendo assim, e como acredito no poder do passa a palavra, por favor divulguem esta história a toda a gente. É preciso que toda a gente saiba. É preciso que tenhamos cuidado. É preciso que andemos acompanhadas. É URGENTE ALGUÉM FAZER ALGUMA COISA!!!

Será verdade ou mentira? Nunca ouvi falar disto... o que vem a seguir fez....

Palavras publicadas pela Marga no seu blog:
Ouvi-os rirem-se. Um riso alto, alegre, quase que de inocente divertimento. Mas não o era. Não inocente. Ao meu lado, Glória chorava baixinho, entoando uma reza de uma religião que há muito dissera ter abandonado. Não a censurava. Nunca o poderia fazer, sabendo a dor pela qual passava… Também eu… Também eu desejava ter algo, saber de algo a que me pudesse agarrar num desesperado acto de necessidade. Queria conforto. Queria sossego. Queria vingança. Queria que parasse. Queria que tudo aquilo parasse, dissolvendo-se juntamente com a chuva que começava a cair no meu rosto – isto se ainda o poderia chamar assim.

Ouvi-os afastarem-se, em passos largos e apressados, correndo para longe daquele local, de nós, do nosso sorriso apalhaçado…Algo dentro de mim suspirou em alívio mal-encarado. Poderia ter sido pior. Poderia ter sido muito pior… Era disso que me queria convencer… Era a isso que eu precisava de me agarrar…E sabia o quanto era verdade… O quanto de realidade havia naquele pensamento… Mas não resultava. Não quando era eu a vitima. Porquê eu? Porquê nós? Corri mentalmente tudo aquilo que me conseguia lembrar de ter feito durante a vida. Relembrei a cara deles, esforçando-me por saber se me eram familiares, se havia algo que havíamos partilhado, algum momento antes na nossa existência… Não, nada. Não havia nada, então porquê!?

Glória continuava a chorar, apertando a minha mão com força. Não a agarrei de volta. Não conseguia. Deveria olhar para ela, eu sei que deveria… E encarar a face medonha, desfigurada… afogada no líquido vermelho que tão brutalmente fora arrancado das nossas veias… E ao vê-la ver-me-ia a mim. Tal e qual. Sabia, com uma certeza dolorosa, que na sua desfiguração veria o meu reflexo, e por isso eu não queria olhar, não queria…A chuva tornou-se mais forte, batendo com força no meu rosto e limpando-o da sensação viscosa. Forcei-me a erguer o meu próprio tronco, encostando-o à parede imunda atrás de mim e o meu interior rugiu com toda a dor que o simples movimento me provocara. Mas não podia permanecer ali. Não poderia continuar imóvel, naquele pedaço de chão sujo, esperando que algum bando de festeiros bêbados nos encontrasse. Não. Não desceria mais que isso.

Cega para o que me rodeava, tacteei pelo telemóvel, algures perdido entre os pertences que mais cedo haviam sido descuidadamente atirados por mim mesma para dentro da minha bolsa e marquei o número de emergência. Não sabia o que dizer quando me atendessem. Não sabia sequer se conseguiria falar! Precisava de tentar… Precisava tanto de tentar algo, alguma coisa!

A voz distante da rapariga soou de dentro do aparelho. “Boa noite” dissera ela. Ah! A piada! “Qual a emergência?”. A emergência… Tentei falar; erro crasso. Não sabia que era possível sentir ainda mais dor do que aquela que havia sentido até ao momento… Finalmente, senti uma lágrima solitária a rolar pela minha face. Tinha de falar, tinha de conseguir falar!… Ela não poderia desligar, não na situação em que eu, em que nós estávamos!

Soltei um grunhido, esperando que isso bastasse. Esperança estúpida, sem qualquer tipo de fundamento… Mas era o máximo que podia. Palavras, acabara de descobrir, haviam-se tornado subitamente impossíveis de articular.

“Oh!” – exclamou a voz do outro lado. Com alívio, senti o tom de preocupação que ela detonava. Ao menos não me julgara uma qualquer brincadeira de mau gosto… Era a minha dor assim tão latente nos sons produzidos pelo rasgão que era agora a minha boca? “Mantenha o telemóvel ligado, de outro modo não seremos capazes de a encontrar. Será enviada uma ambulância já, já!”

“Já, já” não era suficientemente rápido. Não para mim, não para Glória. Mas era o melhor, julgava, que poderia conseguir. Mantive o telemóvel ligado, tal como me fora instruído. Do outro lado da linha, a rapariga continuava a disparatar algumas palavras de conforto, sem saber muito bem o que dizer. Não sabia o que me acontecera. Percebera, apenas, que era grave. Grave o suficiente para eu não conseguir falar. Provavelmente imaginara algum espancamento, fruto da euforia libertadora que todos os anos o desejado Carnaval trazia consigo, afinal, ninguém leva a mal…E novamente perguntei-me o porquê. Não haviam levado nada… Não haviam pedido nada… Uma brincadeira... Era tudo, para eles, uma brincadeira…Fechei os olhos. Relembra-los-ia, sabia que sim. Mas estava tão cansada…Talvez se os fechasse… por um minuto só…

“Morte, violação ou cara de palhaço?”
Se adormecesse… Se fechasse a minha mente… Então talvez… talvez…

“Oh, brincadeira de Carnaval?” – rira Glória.
Só por uns minutos… Uns abençoados minutos…

Eles sorriram, repetindo a pergunta.
Então talvez eu poderia…a dor poderia…

“Cara de palhaço!” – exclamaram as duas em uníssono, sorrindo com a alegria de quem ainda tinha toda a noite, toda a vida, pela frente.
Só queria que ela parasse…

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

tsunami

Um tsunami (ou tsunâmi, significando literalmente onda de porto) é uma onda ou uma série delas que ocorrem após perturbações abruptas que deslocam verticalmente a coluna de água, como, por exemplo, um sismo, actividade vulcânica, abrupto deslocamento de terras ou gelo ou devido ao impacto de um meteorito dentro ou perto do mar. Há quem identifique o termo com "maremoto" — contudo, maremoto refere-se a um sismo no fundo do mar, semelhante a um sismo em terra firme e que pode, de facto originar um(a) tsunami.
A energia de um tsunami é função de sua amplitude e velocidade. Assim, à medida que a onda se aproxima de terra, a sua amplitude (a altura da onda) aumenta à medida que a sua velocidade diminui. Os tsunamis podem caracterizar-se por ondas de trinta metros de altura, causando grande destruição.

Causas
Uma das 33 gravuras da série Fuji, elaboradas entre 1823 e 1829, mostra uma onda gigante. Um tsunami pode ser gerado por qualquer distúrbio que desloque uma massa grande de água, tal como um sismo (movimento no interior da terra), um deslocamento da terra, uma explosão vulcânica ou um impacto de meteoro. Os tsunamis podem ser gerados sempre que o fundo do mar sofre uma deformação súbita, deslocando verticalmente a massa de água. Os sismos tectónicos são um tipo particular de sismo que origina uma deformação da crosta; sempre que os sismos ocorrem em regiões submarinas, a massa de água localizada sobre a zona deformada vai ser afastada da sua posição de equilíbrio. As ondas são o resultado da acção da gravidade sobre a perturbação da massa de água. Os movimentos verticais da crosta são muito importantes nas fronteiras entre as placas litosféricas. Por exemplo, à volta do Oceano Pacífico existem vários locais onde placas oceânicas mais densas deslizam sob as placas continentais menos densas, num processo que se designa por subducção. Estas zonas originam facilmente tsunamis.

Deslizamentos de terra submarinos, que acompanham muitas vezes os grandes tremores de terra, bem como o colapso de edifícios vulcânicos podem, também, perturbar a coluna de água, quando grandes volumes de sedimentos e rocha se deslocam e se redistribuem no fundo do mar. Uma explosão vulcânica submarina violenta pode, do mesmo modo, levantar a coluna de água e gerar um tsunami. Grandes deslizamentos de terra e impactos de corpos cósmicos podem perturbar o equilíbrio do oceano, com transferência de momento. destes para o mar. Os tsunamis gerados por estes mecanismos dissipam-se mais rapidamente que os anteriores, podendo afectar de forma menos significativa a costa distante e assim acontece o tsunami.

História
Recreação traçar uma onda se aproximar da costa.
Um declive menos acentuado na beira-mar faz as ondas perderem força, atenuando o tsunami
Uma maior profundidade na encosta joga as ondas para cima, amplificando a sua potência
Erupções vulcânicas injetam toneladas de lava no chão oceânico, gerando ondas devastadoras
Terremotos submarinos deslocam a crosta oceânica, empurrando a massa de água para cima
Uma bolha de gás surge no fundo do oceano, com o mesmo efeito de uma explosão descomunal. Embora os tsunamis ocorram mais freqüentemente no Oceano Pacífico, podem ocorrer em qualquer lugar. Existem muitas descrições antigas de ondas repentinas e catastróficas, particularmente em torno no Mar Mediterrâneo. Os milhares de portugueses que sobreviveram ao grande terremoto de Lisboa de 1755 foram mortos por um tsunami que se seguiu poucos minutos depois. Antes da grande onda atingir, as águas do porto retrocederam, revelando carregamentos perdidos e naufrágios abandonados. No Atlântico Norte, o Storegga Slide tem a maior incidência.

Santorini
Estima-se que terá sido entre 1650 e 1600 a.C. que ocorreu uma violenta erupção vulcânica na ilha grega de Santorini. Este fenómeno devastador levou à formação de um tsunami cuja altura máxima terá oscilado entre os 100 e os 150 metros. Como resultado deste tsunami, a costa norte da ilha de Creta foi devastada até 70km da mesma. Esta onda terá certamente eliminado a grande maioria da população minóica que habitava ao longo da zona norte da ilha.

A explosão do Krakatoa
A ilha-vulcão de Krakatoa, na Indonésia, explodiu com fúria devastadora em 1883. Várias ondas tsunami geraram-se a partir da explosão, algumas atingindo os 40 metros acima do nível do mar. Foram observadas ao longo do Oceano Índico e Pacífico, na costa ocidental dos Estados Unidos, América do Sul, e mesmo perto do Canal da Mancha. Nas costas das ilhas de Java e Sumatra, a inundação entrou vários quilômetros adentro, causando inúmeras vítimas, o que influenciou a desistência da população em reabitar a costa, e subsequente êxodo para a selva. Actualmente, esta zona é designada por reserva natural Ujung Kulon. O vulcão se desintegrou totalmente por volta de 1971, e no mesmo local do Krakatoa surgiu o Anak Krakatau (filho de Krakatoa), que cresce cerca de cinco metros por ano, hoje alcançando 800 metros de altura e freqüentemente ativo[1]. Suas ondas destruíram toda a vila que havia ali perto bem como o farol que orientava os navegantes, restando apenas sua base. A 50 metros dali, um novo farol foi construído.

22 de Maio de 1960: o tsunami chileno
O grande terremoto do Chile, o mais intenso terremoto já registrado,[2] ocorreu na costa sul-central do Chile, gerando um dos mais destrutivos tsunamis do século XX.

12 de Julho de 1993: Hokkaido
Um devastador tsunami ocorreu na costa da ilha de Hokkaido, no Japão em 12 de Julho de 1993, como resultado de um terremoto, resultando na morte de 202 pessoas na ilha de Okushiri e no desaparecimento de um número indeterminado.
Muitas cidades ao redor do Oceano Pacífico, principalmente no Japão e Hawaii, possuem sistemas de alerta e evacuação em caso da ocorrência de tsunamis. Os tsunamis de origem vulcânica ou tectónica podem ser previstos pelos institutos sismológicos e o seu avanço pode ser monitorizado por satélites.


26 de Dezembro 2004: tsunami do Oceano Índico
Animação exemplificativa do Tsunami do Índico, em 2004.O terremoto do Índico de 2004 disparou uma sequência de tsunamis fatais em 26 de Dezembro de 2004, com vítimas fatais relatadas em mais de 285.000. Após a tragédia, várias organizações de ajuda humanitária e governos de vários países disponibilizaram ajuda. A maior doação particular foi feita pela guru indiana Mata Amritanandamayi, também conhecida como "Amma", a grande mãe.

Ameaças Futuras
Em 2001, cientistas previram que uma futura erupção do instável vulcão Cumbre Vieja em La Palma (uma ilha das Ilhas Canárias) poderia causar um imenso deslizamento de terra para dentro do mar. Nesse potencial deslizamento de terra, a metade oeste da ilha (pesando provavelmente 500 bilhões de toneladas) iria catastroficamente deslizar para dentro do oceano. Esse deslizamento causaria uma megatsunami de cem metros que devastaria a costa da África noroeste, com uma tsunami de trinta a cinqüenta metros alcançando a costa leste da América do Norte muitas horas depois, causando devastação costeira em massa e a morte de prováveis milhões de pessoas. Especula-se também acerca da possibilidade de tal cataclisma atingir a costa norte brasileira, fato que desperta a preocupação de algumas autoridades, tendo em vista a inexistência de qualquer mecanismo de prevenção de tsunamis no Brasil[3][4].


Outros tsunamis que ficaram na história
Data Magnitude Alt. máx. Mortes Local
2 de Setembro de 1992 7.2 10 m 170 Nicarágua
12 de Dezembro de 1992 7.5 26 m 1000 Ilha de Flores, Indonésia
12 de Julho de 1993 7.6 30 m 200 Hokaido, Japão
2 de Junho de 1994 7.2 14 m 220 Java, Indonésia
4 de Outubro de 1994 8.1 11 m 11 Ilhas Curilas
14 de Novembro de 1994 7.1 7 m 70 Mindoro
21 de Fevereiro de 1996 7.5 5 m 12 Peru
17 de Julho de 1998 7.0 15 m 2000 Nova Guiné
23 de Junho de 2001 8.3 5 m 50 Peru
26-12-2004 9.0 50 m +-220000 Oceano Índico

Outros tsunamis ocorridos incluem os seguintes:
Um dos piores desastres com tsunamis arrasaram vilas inteiras ao longo de Sanriku, Japão, em 1896. Uma onda com uma altura de mais de sete andares afogou 26 mil pessoas. Mais de trinta mil pessoas morreram em Java durante um tsunami causado por uma erupção vulcânica no ano de 1883, quando a pequena ilha vizinha de Krakatoa explodiu seu vulcão interior.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Jantar na casa do Rui

Sendo crente e Homem de Deus, faz-se cumprir todas as regras da Igreja, faz-se sacrifício na altura da quaresma?
Não. Temos de ter uma base, ter fé incondicional a Deus, ser testemunha da paz, da justiça e do amor. Acrescentar as alegrias, minimizar as tristezas, transparecer a confiança.

Olhando e lendo a bíblia, por diversas vezes podemos ter várias maneiras de interpretar.
Nada se refere ao sacrifício, nada se refere á sexualidade das pessoas, qual o nosso direito de julgar. Nada diz que Cristo foi sacrificado, apenas morto.

“Nunca pensei encontrar o amor e posso concluir que não é só na devoção a Deus que se pode amar. Descobri o amor de outra maneira e continuo a crer em Deus da mesma maneira ou ainda mais. Há diversas maneiras de amar a Deus, seja elas em pequenas ou grandes coisas.”

Foi tão eloquente, ouvir de uma maneira tão convicta, de um pensamento amadurecido. Coisas que nos marcam. Coisas que nos fazem pensar… Falar com provas nas experiências por qual já passou.

Falar de homossexualidade é complexo. Não conhecemos esse lado, não sabemos como nem o porquê e não temos o direito de julgar. Não tenho nada contra eles, nem me afasto ao saber que são ou não. Muita gente diz asneiras, a homossexualidade não é uma doença. São seres humanos como nós e como qualquer pessoa, apenas a sua orientação sexual é diferente do nosso. Tenho é pena que muitos, são homens giros e jeitosos. Pena que alguns são delicados, mimosos, perspicazes, que poucos homens o são.

Apesar do meu atraso e ter enganado na rua, apanhar frio a porta do prédio A1, no fundo da rua (do lado errado)….e graças á farmácia e OD, cheguei na hora H++.
Adorei comer o delicioso queijo com rúcula e mel em 2 minutos e meio e o bacalhau..estava delicioso. Soube-me bem a sobremesa fresca.

Asneira minha, aliás, a minha curiosidade deixou-me um pouco mal. Tive a curiosidade de ir espreitar a varanda do 10º andar. Fiquei com os pés colados ao chão e já ia a apalpar, a procura da porta... zinhores... meu medo de altitude.

Rui, Obrigada pelo o Jantar, a casa, o convívio, as novas e simpáticas caras. Adorei tudo.

F.L.
As tuas palavras foram certas e verdadeiras, em que pelo o meio, houve criticas, declarações de amor… foi divinal.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

1 e 2 Setembro no Cinema King

país: Reino Unido, EUA
género: Comédia, Drama, Romance
realização: Danny Boyle, Loveleen Tandan
intérpretes: Mia Drake, Imran Hasnee, Anil Kapoor

sinopse
Quem Quer Ser Um Milionário?, que conta a história de Amal Malik (Dev Patel) que tem 18 anos e vem de uma família das favelas de Mumbai, Índia, e está prestes a experimentar um dos dias mais importantes de sua vida.
Visto pela TV por toda a população, Jamal está a apenas uma pergunta de conquistar o prêmio de 20 milhões de rúpias na versão indiana do programa Who Wants To Be A Millionaire?. No entanto, no auge do programa, a polícia prende o jovem Jamal por suspeita de trapaça. A questão que paira no ar é: como um rapaz das ruas pode ter tantos conhecimentos?
Desesperado para provar sua inocência, Jamal conta a história da sua vida na favela – onde ele e o irmão cresceram – as aventuras juntos, os enfrentamentos com gangues e traficantes de drogas e até mesmo o amor por uma garota…
O filme tem direção de Danny Boyle e roteiro de Simon Beaufoy, baseado em livro de Vikas Swarup. Fazem parte do elenco os atores Dev Patel, Ayush Mahesh Khedekar, Tanay Chheda, Freida Pinto, Rubiana Ali …