Meus outros blogs:

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Safari em Àfrica

Fazer um safari em Àfrica, atravessar os inóspitos desertos vermelhos da Austrália, mergulhar na Costa Rica ou fazer um cruzeiro pela Antárctida são sugestões para uma viagem romântica mais ousada.

Dizem os mais experientes que quem visita África fica apaixonado para sempre. Um encantamento talvez provocado pela imensidão das savanas a perder de vista, pelos cheiros da terra, pelo contacto directo com a natureza no seu estado mais selvagem, pelas cores fortes do pôr-do-sol e pelos sons da noite. Poderá imaginar-se melhor cenário para iniciar uma aventura romântica?

Pois é precisamente essa a nossa sugestão. Fazer uma lua-de-mel num safari, longe do mundo que conhece, deixando-se invadir pela sensação de liberdade e a admirar leões, girafas, hipopótamos e chimpanzés a poucos metros de si. Nestas longínquas paragens, os dias acabam invariavelmente com o céu pintado de rasgos laranjas e avermelhados, que ao anoitecer dão lugar a milhões de estrelas cintilantes. Os lodges (na foto Lion Sands River Lodge, www.lionsands.com), num estilo rústico ou mais sofisticado, são o refúgio para as horas de descanso, passadas a namorar num alpendre na copa das árvores ou junto à piscina.

O Quénia, um vasto país onde cabem cerca de 40 parques nacionais, tornou-se célebre graças ao filme África Minha, baseado na obra de Karen Blixen. Mas hoje existe uma oferta muito maior. Desde a Tanzânia (e as habituais extensões a Zanzibar) ao também conhecido Kruger Park, que a África do Sul dotou de luxuosos hotéis, passando pelas frondosas paisagens do Zimbabué (é aqui que se situam as mais altas cascatas do mundo, as Victoria Falls), a Namíbia (conhecida pelos parques naturais e pelos desertos do Namibe e Kalahari), o Botswana, o Malaui e a Zâmbia.

Filhote de macaco albino pigmeu nascido na terça-feira em zoológico em Ostersund, Suécia, sobe no dedo de funcionário; adulto, o minimacaco atinge 35 cm e 100 gramas

domingo, 30 de agosto de 2009

Rui Veloso

Os clássicos prometem conviver com os novos temas do músico portuense, considerado o "pai do rock português". Afinal, não é tão grande a distância entre canções como "Chico Fininho" e "Não invoquem o amor em vão".

LOCAL - Cascais, Baía de Cascais
HORARIOS - Dia 30-08-2009, Domingo às 22h00
PREÇO - Entrada livre.
OBSERVAÇÕES - Festas do Mar. Informações: 21....
SÍTIO OFICIAL - http://www.ruiveloso.net

sábado, 29 de agosto de 2009

Casamento "MR"

-Maquilhagem, cabeleireiro (peluqueria), vestir os trajes
-Comes e bebes em casa dos noivos
-Chegada do noivo á Igreja
-O Noivo a mandar toda a gente entrar na igreja, pois a noiva já tinha chegado.
-A Noiva á porta da igreja e o coro nunca mais começava a cantar...
-O Pai da noiva estava com pressa de chegar ao altar… A marcha nupcial em alemão...
-Os meninos das alianças de mãos dadas como os noivos.
-A felicidade contagiante dos noivos que estavam lateral/frente para o publico.
-As leituras feitas pelas irmãs dos noivos.
-As orações pela madrinha e padrinho.
-No final, para além de levar como é tradição, arroz e pétalas.
Também houve quem quisesse que o noivo experimentasse o arroz, a ver se estava cozido ou não pelo calor...
-Chegada à Quinta, fotos ao Pôr-do-sol...
-Crianças entregues aos babysitter, em que brincaram, pintaram e fizeram desenhos para os noivos.
-Foi um dia e uma noite quente sem vento.
-Jantar na mesa dos noivos, com pais, padrinhos e respectivos.
-Entrega do Livro de Honra feito pela irmã do noivo.
-Entrega de uma caixa de mensagens escritas por todas as pessoas presentes na sala.
-Corte do bolo de noiva, como sobremesa. Bolo de Chocolate com 3 andares.
-Abertura do Buffet de sobremesas, queijos e outros.
-“Mando” com apresentação dos padrinhos, como música de abertura do baile dos noivos, em que juntaram, pouco mais tarde os pais, familiares e amigos.
-O lançamento do bouquet ás solteiras da sala.
-Recordação e cartão de visita aos que iam pouco a pouco, embora por causa das crianças.
-Uma das primas da noiva, cantou uma música dedicada aos noivos.
-E o baile durou até ás 5 horas da manhã.
-Arrumações e caixinhas das sobras para os noivos.
-Ida dos recém-casados para a Noite de Núpcias.
-Descanso e jantar pais, irmãos e os recém-casados antes de irem de Lua-de-Mel…
-Prendinha aos pais, fotos deles do dia de casamento e dos filhos recém-casados.
-Ida de Lua-de-Mel: Safari no Quénia e ilhas paradisíacas de Maurícias.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Cadela mais velha do mundo

Uma vida de cão...
Após 147 anos, cadela mais velha do mundo morre em Nova York

Chanel, uma cadela da raça dachshund, morreu de causas naturais na última sexta-feira, informa o tablóide inglês The Sun.

A cadela celebrou seu 21º aniversário — ou que seria equivalente a 147 primaveras em anos caninos, segundo o jornal — em maio num hotel e spa para cães, quando representantes do Guinness a presentearam com um certificado, a declarando como a mais velha do mundo, oficialmente.

Denice e Karl Shaughnessy, donos da cadelinha e moradores de uma localidade próxima de Nova York, nos EUA, adotaram Chanel, quando ela tinha apenas seis meses de vida.

"Ela se exercitava diariamente e era alimentada com comida caseira misturada à ração", relembra Karl.

Agora, Max, um cão da Louisiana, também nos EUA, pode ficar com o título de o mais velho do mundo, já que a dona dele, Janelle Derouen, afirma que ele completou 26 anos em 9 de agosto. Resta o Guinness examinar os documentos que comprovem a idade do experiente cãozinho.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Menina de apenas 1 ano está "grávida"

Uma menina saudita de apenas 1 ano chamou grande atenção ao ser constatado gravidez. Explica-se: a criança carrega no corpo um irmão gêmeo, que passou a se desenvolver no seu próprio útero durante a gestação da mãe.

Os médicos dizem que neste caso, parte das células dividiram-se de forma desigual, o que fez com que a massa menor de células alojasse dentro do outro embrião que estava mais maduro. A probabilidade da ocorrência é de aproximadamente 1 em 500.000, com 51 outros casos conhecidos.

A realização de aborto está sendo considerado pelos médicos para poupar a vida da criança. O feto pode absorver sangue do bebê e crescer a ponto de causar risco de vida. Mesmo assim a conservadora sociedade saudita discute se a retirada do feto pode ser considerada assassinato.

Comentário:
Como é possivel passar de mae para o bebé?
E crescer um ano depois??
Muito estranho!!

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Telescópio

Galileu: o homem que tirou a Terra do centro do Universo» - a 25 de Agosto de 1609, Galileu Galilei apresentou o telescópio às figuras mais poderosas da cidade de Veneza

O telescópio é um instrumento que permite estender a capacidade dos olhos humanos de observar e mensurar objetos longínquos. Pois, permite ampliar a capacidade de enxergar longe, como seu nome indica [Do Grego "Tele" = Longe + Scopio = Observar], através da coleta da luz dos objetos distantes (Celestes ou não), da focalização dos raios de luz coletados em uma imagem óptica real e sua ampliação geométrica.

domingo, 23 de agosto de 2009

Signo de Virgem

O signo de Virgem representa os hábitos e a capacidade analítica. É exigente, prático e metódico. É preocupado com os aspectos da saúde e também um estudioso nato. Por ser muito crítico pode ser também céptico e melancólico.

Tem a natureza prática, com uma meticulosidade exagerada. Modesto, discriminativo e solícito: tudo que faz é bem feito. Presta muita
atenção nos detalhes, podendo levar isso a extremos, tornando-se exigente e super crítico.

Quando fala expressa, bem suas ideias. Gosta de rotina, é voltado para o serviço, muito responsável.

Gosta de aprender e raramente aparenta a idade que tem. Selecciona as coisas, aguenta mais trancos na vida.
Gosta de animais. Tem dificuldade de relaxar e não tolera atrapalhação ou atraso. Conserta tudo.

Precisa aceitar e perdoar a si mesmo e aos outros, amando-os com seus defeitos. Hipocondríaco,
somatiza tudo. Às vezes esquece de si mesmo. Inventivo e prudente.

O MUNDO DOMÉSTICO - a preocupação com a saúde, a sujeição ao trabalho, as tarefas maçadoras em geral, o relacionamento com os subalternos e os contactos com os animais.

Representa o discernimento, a ordem, a limpeza, a saúde, o serviço, a crítica e a autocrítica, o perfeccionismo e o método

Condimentos: Cravo e cardamomo.
Ervas: Qualquer erva que dê flores vermelhas e rosas.
Metal: Mercúrio.
Animais: Gatos e a maioria dos animais de estimação.
Cristal: Ônix.
Árvore: Nozes.
Flores: Qualquer flor de cor vermelha, rosa, amarela ou azul.

Elemento: terra
Planeta regente: Mercúrio
Princípio: passivo
Parte do corpo: intestinos, pâncreas
Frase: "Organizar é preciso."
Cor: Azul Marinho e Marrom
Pedra: Sardónica

sábado, 22 de agosto de 2009

Serra da Arrábida

Tendo como fronteira natural a Serra da Arrábida, a região de Azeitão fica situada no concelho de Setúbal e constituiu um importante centro de ocupação romana e de colonização árabe.

Foi durante esta última colonização que o seu nome se originou a partir do vocábulo "Azzeitum", em virtude dos extensos olivais ali encontrados. A região de Azeitão é representada por diversos lugares, entre eles, Brejos de Azeitão, onde nos encontramos.

-A famosa Tortas de Azeitão, ovos, farinha, canela, etc...
-Queijo de ovelha.. ovelhas que ainda pastam pela serra com os seus sininhos...
-Fumeiros: salpicão, alheira são os fumados da terra. Feiras e distribuição em várias zonas do pais. Proveniente de uma raça que já esteve em vias de extinção, porco visara.
-José Maria da Fonseca, vinho tipico da zona.
-Moldagem, carpitaria, tipicos e antigos sinos das igrejas. Relogios que ajudam os sinos a tocar as horas.

Venha dar um passeio pela Serra da Arrábida...

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O b r i g a d o M ã e ! ! !

Coisas que as nossas Mães diziam e faziam...
Uma forma que hoje é condenada pelos educadores e psicólogos, mas funcionou com as gerações anteriores.
Talvez se não tivesse mudado tanto, o nosso mundo estivesse melhor...
(Até a tabuada foi abolida...)

A Minha Mãe ensinou-me a VALORIZAR O SORRISO...
'RESPONDE-ME DE NOVO OU LEVAS NOS DENTES!'

A Minha Mãe ensinou-me a RECTIDÃO.
'EU ENDIREITO-TE NEM QUE SEJA PRECISO UMA CARGA DE PORRADA!'

A Minha Mãe ensinou-me a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS...
'SE TU E O TEU IRMÃO SE QUEREM MATAR, VÃO PARA A RUA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!'

A Minha Mãe ensinou-me LÓGICA E HIERARQUIA.
'PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?!'

A Minha Mãe ensinou-me o que é MOTIVAÇÃO...
'CONTINUA A CHORAR QUE EU VOU DAR-TE UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA CHORAR!'

A Minha Mãe ensinou-me a CONTRADIÇÃO...
'FECHA A BOCA E COME!'

A Minha Mãe ensinou-me sobre ANTECIPAÇÃO...
'ESPERA SÓ ATÉ O TEU PAI CHEGAR A CASA!'

A Minha Mãe ensinou-me sobre PACIÊNCIA...
'CALMA!... QUANDO CHEGARMOS A CASA VAIS VER ...'

A Minha Mãe ensinou-me a ENFRENTAR OS DESAFIOS...
'OLHA PARA MIM! E RESPONDE QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!'

A Minha Mãe ensinou-me sobre RACIOCÍNIO LÓGICO...
'SE CAIRES DESSA ÁRVORE VAIS PARTIR O PESCOÇO E EU AINDA TE DOU UMA SOVA!'

A Minha Mãe ensinou-me MEDICINA...
'DEIXA DE REVIRAR OS OLHOS MENINO! PODES APANHAR UMA CORRENTE DE AR QUE TE VAI DEIXAR VESGO PARA TODA A VIDA.'

A Minha Mãe ensinou-me sobre o REINO ANIMAL...
'SE NÃO COMERES ESSAS VERDURAS, OS BICHOS DA TUA BARRIGA VÃO COMER-TE A TI!'

A Minha Mãe ensinou-me GENÉTICA...
'ÉS IGUALZINHO AO TEU PAI!'

A Minha Mãe ensinou-me acerca das minhas RAÍZES...
'JULGAS QUE NASCESTE NUMA FAMÍLIA RICA, É?'

A Minha Mãe ensinou- me sobre a SABEDORIA DE IDADE...
'QUANDO TU TIVERES A MINHA IDADE, VAIS ENTENDER, MAS JÁ SERÁ TARDE DEMAIS.'

A Minha Mãe ensinou-me sobre JUSTIÇA...
'UM DIA TERÁS FILHOS, E ELES VÃO FAZER CONTIGO O MESMO QUE TU FAZES COMIGO! AÍ VAIS VER O QUE É BOM!'

A Minha Mãe ensinou-me RELIGIÃO...
'REZA PARA QUE ESSA MANCHA SAIA DO TAPETE!'

A Minha Mãe ensinou-me o BEIJO DE ESQUIMÓ...
'SE VOLTAS A ESCREVER AÍ DE NOVO, EU ESFREGO O TEU NARIZ CONTRA ESSA PAREDE!'

A Minha Mãe ensinou-me CONTORCIONISMO...
'OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!'

A Minha Mãe ensinou-me DETERMINAÇÃO...
'VAIS FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMERES A COMIDA QUE TENS NO PRATO!'

A Minha Mãe ensinou-me habilidades como VENTRÍLOQUO..
'NÃO RESMUNGUES! CALA ESSA BOCA E DIZ-ME POR QUE É QUE FIZESTE ISSO?'

A Minha Mãe ensinou-me a SER OBJECTIVO...
'EU CORRIJO-TE DE UMA SÓ VEZ!

A Minha Mãe ensinou-me a ESCUTAR ...
'SE NÃO BAIXAS O VOLUME, EU VOU AÍ E PARTO ESSE RÁDIO!'

A Minha Mãe ensinou-me a TER GOSTO PELOS ESTUDOS...
'SE EU FOR AÍ E NÃO TIVERES TERMINADO A LIÇÃO, VAIS VER O QUE É BOM!

A Minha Mãe ensinou-me a COORDENAÇÃO MOTORA...
'AGORA ARRUMA TODOS OS BRINQUEDOS!! APANHA UM POR UM!!'

A Minha Mãe ensinou-me os NÚMEROS...
'VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER AINDA LEVAS UMA SOVA!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Chiado

O Chiado é um dos bairros mais emblemáticos e com mais história da cidade de Lisboa. Localiza-se entre o bairro alto e a baixa pombalina. Em 1856 com a criação do grémio literário, (um clube ponto de encontro dos intelectuais da época)o Chiado tornou-se o centro do Romantismo Português, ponto de passagem obrigatório para quem queria ser conhecido na cidade. Já Eça de Queiroz na sua obra "Os Maias" fazia grande referência ao Chiado e ao Grémio literário.

O Chiado divide-se pelas freguesias do Sacramento e dos Mártires, duas das mais pequenas de Lisboa.

Na década de 80 devido à mudança nos hábitos dos Lisboetas e à inauguração do centro comercial Amoreiras, o Chiado ficou decadente.

Em 1988 na madrugada do dia 25 de Agosto, entre as 3 e as 4 da manhã, deflagrou um incêndio nos edifício Grandela, que viria a tomar grandes proporções alastrando-se a mais 17 edifícios. O Chiado ficou destruído e a sua reconstrução levou toda a década de 90, ficando o design a cargo do arq. Cisa Vieira. Hoje o Chiado voltou a ser um importante centro d comércio da capital, sendo uma das zonas mais cosmopolitas e movimentadas da mesma.

Origens do nome
[[dito Chiado, taverneiro quinhentista, proprietário de estabelecimento situado defronte do Convento do Espírito Santo, depois Palácio Barcelinhos e hoje Armazéns do Chiado.

Monumentos
Área tradicionalmente conhecida pelas suas ligações intelectuais, encontram-se aí várias estátuas de figuras literárias. Fernando Pessoa, um famoso poeta português do século XIX e XX, está sentado a uma mesa no exterior do Café A Brasileira, imortalizado numa estátua de bronze da autoria de Lagoa Henriques. Além desta estátua do séc. XX, encontramos também a de António Ribeiro, O Chiado, no mesmo largo. Do outro lado da rua, ergue-se a estátua de Luís de Camões, no largo com o seu nome.
Fernando Pessoa tinha, aliás, uma ligação muito especial com o Chiado. No Largo de S. Carlos, à frente do teatro com o mesmo nome, encontramos o edifício onde nasceu o poeta.

Como zona cultural que é, aqui encontramos diversos teatros, como o Teatro S. Luiz (que já teve vários nomes, como Teatro D. Amélia e é hoje pertença da Câmara Municipal de Lisboa), o Teatro da Trindade, e o Teatro de São Carlos, único teatro de ópera em Portugal. Aqui se encontrava também o antigo Teatro Gymnasio, palco das primeiras Revistas à Portuguesa, hoje transformado num centro comercial.

Nesta zona, encontra-se também o Museu Nacional de Arte Contemporânea, mais conhecido como Museu do Chiado, com obras a partir da segunda metade do séc. XIX.

No Largo do Chiado erguem-se duas igrejas barrocas: a italiana, Igreja do Loreto, no lado norte, e a Igreja de Nossa Senhora da Encarnação, em frente, com as paredes exteriores parcialmente decoradas com azulejos.

Largo do Carmo com jacarandás em flor
Também englobado na zona do Chiado, encontra-se o Largo do Carmo, com os seus jacarandás. Neste largo, resistem as ruínas do Convento do Carmo, construído no séc. XIV, onde se encontra actualmente instalado o Museu Arqueológico do Carmo. Em frente ao convento, encontra-se o Chafariz do Carmo (séc XVIII).

Paredes meias com o convento, encontra-se o Quartel do Carmo, pertencente à Guarda Nacional Republicana que teve um papel muito importante aquando do 25 de Abril, por ter sido escolhido por Marcello Caetano para se refugiar da revolução, acabando este largo por ser o palco principal da revolução, como local da rendição do Estado Novo perante os militares do MFA.

No outro lado do convento, encontramos o antigo Palácio Valadares, edifício que teve já varias utilizações. Este palácio ergue-se no local onde foi fundada a primeira universidade portuguesa, no tempo de D. Dinis, antes de ser transferida para Coimbra.


Ruínas do Convento do Carmo
Entre o Convento do Carmo e o Palácio Valadares, ergue-se o portão de acesso do Elevador de Santa Justa, que liga o Largo do Carmo à Baixa Pombalina, nomeadamente à Rua do Ouro.

Este elevador foi inaugurado em 1902 e construído pelo engenheiro Raoul Mesnier du Ponsard, responsável também pelos Elevadores da Glória, da Bica e do Lavra, na colina oposta. O Elevador de Santa Justa é hoje um dos ícones de Lisboa.

Ainda no Largo do Carmo, encontramos a Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, que habitualmente passa despercebida por um habitual prédio de habitação. Nesse mesmo edifício, foi fundado o actual Montepio Geral, no século XIX.

No vizinho Largo Rafael Bordalo Pinheiro, encontramos o prédio onde o artista que dá nome ao largo viveu, com a fachada coberta de azulejos, classificado de Monumento Nacional.

Alguns metros mais acima, encontramos o Teatro da Trindade, pertencente à INATEL (FNAT). Na mesma rua, na zona onde se erguia o Convento da Trindade antes do Terramoto de 1755, encontra-se um dos mais famosos restaurantes da capital, a Cervejaria Trindade, com os seus magníficos azulejos do séc. XVIII.


O Incêndio do Chiado
A 25 de Agosto de 1988 deflagrou um desastroso incêndio numa loja da Rua do Carmo, que liga a Baixa ao Bairro Alto.

Os carros de bombeiro não conseguiram entrar na rua, reservada aos peões, e o fogo propagou-se para a Rua Garrett.

Além de lojas e escritórios, foram destruídos muitos edifícios do século XVIII. Os piores estragos foram na Rua do Carmo.

O projecto de renovação agora completo, preservou muitas fachadas originais e foi dirigido pelo arquitecto português Siza Vieira.

domingo, 16 de agosto de 2009

Que aconteceu...

Vi-te no horizonte do meu olhar, ao longe
Cruzei e descruzei com os teus olhos
Mas tão rapidamente voltei a cruzar
Algo despoletou naquele momento

Não me percebi, mas havia qualquer no ar
Passado um pouco de tempo,
Voltamos a cruzar várias vezes os nossos olhares
Despoletou várias coisas em mim

Dei por mim, a olhar sem cessar para ti,
Com calores explosivos dentro de mim
A sorrir inconscientemente sem querer,
As palmas das minhas mãos suadas…

Ao ouvir a música, os sons, as notas
Senti melodicamente romântica
Senti o meu coração a inchar
Senti a vontade de amar outra vez…

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Batalha de Aljubarrota

A Batalha de Aljubarrota decorreu no final da tarde de 14 de Agosto de 1385 entre tropas portuguesas, comandadas por D. João I de Portugal e o seu condestável D. Nuno Álvares Pereira, e o exército castelhano de D. Juan I de Castela. A batalha deu-se no campo de São Jorge, nas imediações da vila de Aljubarrota, entre as localidades de Leiria e Alcobaça, no centro de Portugal. O resultado foi uma derrota definitiva dos castelhanos, o fim da crise de 1383-1385 e a consolidação de D. João I como rei de Portugal, o primeiro da dinastia de Avis. A aliança de Portugal com os seus aliados ingleses saiu reforçada e seria selada em 1386, no Tratado de Windsor, o mais antigo tratado activo no mundo. A paz com Castela só veio a estabelecer-se em 1411.

Eletromagnetismo

Hans Christian Ørsted, ou Oersted, (Rudkøbing, 14 de Agosto de 1777 — Copenhaga, 9 de Março de 1851) foi um físico e químico, conhecido sobretudo por ter descoberto que as correntes eléctricas podem criar campos magnéticos que são parte importante do eletromagnetismo. As suas descobertas moldaram a filosofia pós-Kantiana e os avanços na ciência durante o final do século XIX.[1] Foi também o primeiro pensador moderno a descrever explicitamente e denominar a experiência mental.

Eletromagnetismo
Enquanto se preparava para uma palestra na tarde de 21 de Abril de 1820, Ørsted desenvolveu uma experiência que forneceu evidências que o surpreendeu. Enquanto preparava os seus materiais, reparou que a agulha de uma bússola deflectia do norte magnético quando a corrente eléctrica da bateria que estava a usar era ligada e desligada. Esta deflexão convenceu-o que os campos magnéticos radiam a partir de todos os lados de um fio carregando uma corrente eléctrica, tal como ocorre com a luz e o calor, e que isso confirmava uma relação directa entre electricidade e magnetismo.

À época desta descoberta, Ørsted não sugeriu nenhuma explicação satisfatória para o fenómeno, nem tentou representá-lo numa estrutura matemática. No entanto, três meses mais tarde, deu início a investigações mais intensivas. Pouco depois publicou suas descobertas, provando que a corrente eléctrica produz um campo magnético à medida que flui através de um fio. A unidade CGS da indução magnética (oersted) foi assim designada em honra de seus contributos no campo do eletromagnetismo.

As suas descobertas resultaram numa pesquisa intensa em eletrodinâmica por parte da comunidade científica, influenciando o desenvolvimento de uma forma matemática única que representasse as forças magnéticas entre condutores portadores de corrente por parte do físico francês André-Marie Ampère. As descobertas de Ørsted representaram também um grande passo em direcção a um conceito de energia unificado.

Alumínio
Em 1825, Ørsted deu um contributo significativo à química ao produzir alumínio pela primeira vez. Embora uma liga metálica alumínio-ferro tenha sido anteriormente desenvolvida pelo cientista e inventor britânico Humphry Davy, Ørsted foi o primeiro a isolar o elemento através da redução do cloreto de alumínio.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Dia Internacional de canhotos...

Ser canhoto significa em várias línguas alguém que trabalha melhor com a mão esquerda, mas também que é desajeitado, tolo ou pateta. Estudos científicos indicam o contrário: afinal, pensam mais rápido quando conduzem, praticam desporto ou jogam no computador.

O mundo está pensado para os destros e, por isso, a 13 de Agosto de 1992, o clube britânico Left-Handers lançou o Dia Internacional dos Canhotos, numa forma de protesto contra a discriminação que sofrem os esquerdinos no mundo dos que usam essencialmente a mão direita.

Canhoto, esquerdino ou sinistromano é o indivíduo que se utiliza mais dos membros esquerdos para os seus afazeres. O dia Internacional do Canhoto é comemorado em 13 de agosto. Data escolhida pela instituição para canhotos Lefthand International, por ser, em 1976, uma sexta-feira 13, sublinhando as superstições antigas quanto aos canhotos antigamente.

Apesar da mudança de mentalidades que fez desaparecer os castigos escolares para obrigar as crianças a usarem a mão direita e perante as indicações científicas de que, na prática, os canhotos até pensam mais rápido quando fazem algumas actividades, a verdade é que no léxico ainda perdura o sentido pejorativo da palavra.

Ser canhoto, no dicionário de português, é alguém que trabalha melhor com a mão esquerda mas também que é desajeitado.
Também nas línguas francesa, espanhola, italiana e inglesa a palavra canhoto tem o mesmo significado pejorativo: tolo, pateta, trapalhão, sinistro, desajeitado. Destro, ao contrário, é aquele que é dotado de destreza, hábil, ágil, astuto. A excepção à regra é o grego, o único a favor da esquerda: o termo que designa a mão esquerda tem o sentido de melhor e a mesma origem da palavra aristocracia.


Expressões populares valorizam de forma diferente os dois hemisférios do corpo: após uma sequência de reveses, diz-se que o desafortunado acordou com o pé esquerdo e, na passagem de ano, desejamos ao próximo que entre com o pé direito.

Nada que incomode os canhotos do tempo actual. Ser canhoto é simplesmente ser alguém que usa predominantemente a mão esquerda nas suas actividades e as dificuldades inicialmente encontradas são em grande parte ultrapassadas com o uso de utensílios adaptados ou através de estratagemas.

Os canhotos acabam por se adaptar ao facto de tudo estar pensado para os destros. Marta Cruz, bancária, 33 anos, é um exemplo.
"Acabei por me habituar. As maiores dificuldades surgem geralmente nas tarefas mais básicas do dia-a-dia. Lembro-me que nos tempos de faculdade o que mais me trazia transtornos eram as cadeiras com pequenas mesas que se levantavam no lado direito", disse.
Discriminação garante que nunca sentiu, mas também, diz, é de uma geração que já não contrariava os canhotos.
Para escrever, por exemplo, é frequente um canhoto entortar a mão e deitar-se em cima da mesa para conseguir ler enquanto escreve.
Já quando se sentam à mesa, um dos primeiros gestos é trocar os talheres. A maior dificuldade surge com a faca de peixe.
Em matéria escolar, existem tesouras para canhotos, os cadernos escolhidos geralmente não são de argolas e se for possível o colega do lado deverá ficar do seu lado direito.

Vários estudos científicos indicam que os canhotos pensam mais rápido no desporto, na condução ou nos jogos de computador, que têm uma visão diferente do mundo ou que são mais susceptíveis a uma série de problemas de saúde.
Mas por que são as pessoas canhotas? O cérebro divide-se em dois hemisférios - direito e esquerdo, cada um controlando os movimentos da parte oposta do corpo.
Os gestos que fazemos com a mão esquerda, o pé esquerdo e o olho esquerdo são controlados pelo hemisfério direito, enquanto que os movimentos do lado direito do corpo são regulados pelo hemisfério esquerdo.
Uma vez que a maioria das pessoas são destras, o hemisfério que predomina é o esquerdo. Nos canhotos é o hemisfério direito que lidera.

*
Como os canhotos bem sabem, o mundo ainda é dos destros. Tesouras, abridores de lata, saca-rolhas, acessórios de computador, e até colheres tortas para bebês são feitas para a mão direita. Mas por que mais de 90% das pessoas preferem usar a mão direita? Na verdade, por que existe qualquer preferência pelo uso de uma das mãos, seja qual for?

Não é preciso especular muito para achar uma vantagem para o uso preferencial de uma das mãos. Se não houvesse preferência, os dois lados do corpo, igualmente capazes, poderiam entrar em disputa na hora de começar a andar, alcançar a chave do carro, jogar a bola, ou pegar o lápis e escrever. Já imaginou ter que perder tempo decidindo com que pé chutar a bola de futebol que cai do céu redondinha, sozinha entre você e o gol? A preferência "automática" por um dos lados do corpo resolve esse problema, e assim você pode se concentrar em coisas mais importantes, como driblar a defesa se aproximando.

Além de resolver o problema da escolha, a preferência por um dos lados do corpo é econômica: todos os esforços do treinamento podem se concentrar em uma só mão, braço, ou pé. O problema é que os efeitos benéficos da prática são específicos para o lado treinado, e por isso não seria muito econômico precisar treinar as duas mãos para fazer a mesma tarefa. Já pensou quanto tempo a gente passaria na escola se todo mundo precisasse aprender a escrever bem com as duas mãos? Ou aprendesse a tocar violão dos dois lados? Ou treinasse o saque ora com um braço, ora com o outro?

Tudo isso justifica a lateralização, e não só no homem. De facto, outros animais que usam as mãos para comer ou manipular objetos, como aves, mamíferos, e até mesmo sapos, também têm preferência por uma das patas. A diferença é que a distribuição de preferências é mais democrática neles do que no homem. No camundongo, por exemplo, 50% dos animais preferem usar a pata esquerda, e 50% preferem a direita. A questão realmente cabeluda é por que nos homens a preferência é 90% das vezes a favor do lado direito do corpo, controlado pelo lado esquerdo do cérebro.

O que tem de tão especial no lado esquerdo do cérebro? Pra começo de conversa, tem a primeira função cuja localização no córtex cerebral foi descoberta: a linguagem. Em 96% das pessoas, é o lado esquerdo do cérebro que abriga a capacidade de produzir a fala. Será que o uso da mão direita pode ser apenas uma conseqüência da fala ser dominada pelo cérebro esquerdo?

Sim e não. Sim porque, como seria de se esperar, a incidência de controle da fala pelo outro lado do cérebro é maior nos canhotos: 27% deles falam com o lado direito do cérebro, contra 15% dos ambidestros, e apenas 4% dos destros. Mas isso não pode ser tudo - senão, setenta por cento dos canhotos não deveriam ser canhotos...

Qual é então a base para a preferência para a mão direita? Ainda não se sabe ao certo (oooooohh...), mas é certo que a explicação deve levar em consideraçnao uma série de factores diferentes:

1- a genética, já que é sabido que há famílias com alta incidência de preferência pela mão esquerda, muito acima dos 8-10% da população em geral. A chance de ter uma criança canhota é de 10% quando pai e mãe são destros, 20% quando ou o pai ou a mãe é canhoto (especialmente se for a mãe), e 26% quando ambos são canhotos. Exemplos famosos na história são a família real inglesa e o clã escocês dos Kerr - quem, inclusive, construiam em seus castelos escadas espirais ao contrário, no sentido anti-horário, que davam vantagem aos espadachins canhotos da família.

2- hormônios, como a testosterona, que influenciam tanto a lateralização funcional do cérebro quanto a diferença entre os sexos, já que há mais canhotos (12.6% dos homens) do que canhotas (9.9% das mulheres) no mundo. Dita assim a diferença pode não parecer muita, mas fazendo as contas, há quase 30% mais homens canhotos do que mulheres canhotas! Uma das teorias mais aceitas reza que um aumento do efeito da testosterona no cérebro durante a gestação atrasaria o desenvolvimento do lado esquerdo do cérebro, dando vantagem ao lado direito.

3- a influência sócio-cultural como a repressão do uso da mão esquerda ou mesmo a conversão forçada;

4- factores mecânicos, como a posição do feto no útero, que influenciam o desenvolvimento da lateralização funcional no cérebro antes mesmo do nascimento, já que ao nascer o cérebro já tem assimetrias, e já existem diferenças no movimento das duas mãos;

5- patologias ou problemas no parto que perturbam o desenvolvimento normal da lateralização funcional do cérebro. Complicações no parto são mais comuns entre canhotos (nos filhos, não nas mães!), e são associadas a vários problemas também tradicionalmente relacionados à preferência pela mão esquerda: autismo, epilepsia, paralisia cerebral, síndrome de Down, nascimento prematuro, estrabismo, e até esquizofrenia. ATENÇÃO: isto não quer dizer que canhotos tendem a ter esses problemas, e sim que pessoas que têm esses problemas são canhotas mais frequentemente do que as outras;

6- o simples uso das mãos e do cérebro, estimulando e direcionando a lateralização funcional, já que o grau de preferência por uma das mãos aumenta com a idade.

Já deu pra sentir que deve haver várias maneiras de se tornar destro ou canhoto, não é? Para piorar a vida dos pesquisadores, provavelmente vários desses factores interagem entre si, uns compensando ou exacerbando o efeito dos outros... Por isso, na opinião de alguns cientistas, não há uma única forma de ser canhoto, mas ao menos quatro: o uso preferencial da mão esquerda pode ser hereditário, inato sem ser herdado (ou seja, congênito), aprendido, ou resultar de danos ao cérebro.

Independente do que causa a preferência manual, alguma diferença deve haver entre o cérebro de destros e canhotos. De facto, há diferenças anatómicas e funcionais. Nos homens destros, o sulco central - aquela fenda que atravessa o alto do cérebro de uma orelha à outra - é mais profundo no lado esquerdo do que no lado direito do cérebro; nos homens canhotos, essa assimetria é menor, ou é invertida. Mas não há nenhuma diferença entre o sulco central de mulheres destras ou canhotas... Uma outra estrutura, chamada plano temporal - aquela que dizem que era maior no cérebro do Einstein -, é assimétrica nos destros (maior do lado esquerdo), e simétrica nos canhotos. Mas descobrir o que isso quer dizer são outros quinhentos...

As diferenças funcionais conhecidas estão na representação das sensações e dos movimentos das mãos, como era de se esperar. No córtex motor, a região do cérebro que dá a ordem de se movimentar, há mais células para cuidar dos movimentos da mão direita nos destros, e da mão esquerda nos canhotos - o que provavelmente garante movimentos mais precisos na mão preferida de cada um. No córtex somatossensorial dos destros, a região que recebe os sinais da mão direita é maior do que a esquerda. Mas apenas na metade dos canhotos a representação da mão esquerda é maior do que a da direita - o que por um lado é curioso, mas por outro ajuda a explicar por que os canhotos usam melhor a mão direita do que os destros usam a esquerda...

O problema é que todas essas diferenças podem perfeitamente ser o RESULTADO de ser destro ou canhoto, e não a causa! Já se sabe, há alguns anos, que o só modifica a representação das sensações e dos movimentos no cérebro - e provavelmente é por isso que a sensibilidade e as habilidades melhoram com a prática. Nos violinistas profissionais, por exemplo, a representação no cérebro dos dedos da mão esquerda, extremamente exercitados no dedilhado, é muito maior do que a dos dedos da mão direita, que apenas seguram o arco. E ninguém acredita seriamente que esses violinistas já nasceram assim. Principalmente porque quanto mais anos de prática eles têm, maior é a representação da mão esquerda...

*
A associação com o hemisfério direito do cérebro é dita ser mais ativa em canhotos, e geralmente é associada a genialidade e é correlacionada com habilidade artística e visual.

Certos estudos indicam, que a percentagem de génios (QI muito elevado) canhotos é superior ao estatisticamente esperado, no entanto verifica-se igualmente uma tendência exagerada para padecerem de doenças do foro mental.

Em certos campos, canhotismo é vantajoso; por exemplo, em baseball, onde existem muito mais destros do que canhotos, é comum um batedor canhoto ser mais bem sucedido contra um lançador destro, do que um batedor destro contra um lançador destro. No futebol, jogadores canhotos são frequentemente mais habilidosos em jogar com o pé esquerdo (apesar do facto de ser canhoto não implica necessariamente que joguem com o pé esquerdo), o que faz com que eles sejam mais valiosos já que eles podem jogar melhor no lado esquerdo do campo do que jogadores destros. Interessantemente, no hockey de gelo, há um número muito maior de atiradores canhotos, e a maioria dos defensores de gol pegam com a mão esquerda (forçando muitos deles a atirarem com a mão esquerda também).

Na esgrima, um destro esgrimista é mais acostumado a ficar face à face com outro destro esgrimista simplesmente porque ser destro é mais comum. Um esgrimista canhoto está mais acostumado a ficar face à face com um destro pelos mesmos motivos. Então quando um destro esgrimista enfrenta um canhoto esgrimista, o destro não está acostumado a lutar com o canhoto, porém o canhoto está acostumado a lutar com o destro, causando em uma notável vantagem. A mesma vantagem pode estar presente para a maioria dos esportes de um-contra-um.

No boxe existe uma dificuldade natural para a defesa, pelos destros, ao lutarem contra canhotos: é como se o boxeador tivesse de lutar diante de um espelho.

O tênis também apresenta vantagens para os jogadores canhotos, já que o top spin de um canhoto tem um efeito ligeiramente diferente ao do destro, e o efeito no saque do canhoto joga a bola para o backhand do destro, dificultando a devolução. O reverso não ocorre pois os canhotos jogam frequentemente contra os destros, enquanto um destro pode disputar vários campeonatos sem enfrentar um canhoto.

O judô também pode ser considerado uma vantagem para lutadores canhotos, uma vez que os destros fazem os exercícios e os golpes em geral do lado direito, e quando enfrentam alguem que luta do lado esquerdo, os mesmos enfrentam dificuldades a ponto de neutralizar toda a sua estratégia de luta, um exemplo de Judoca canhoto é Tiago Camilo. O mesmo é campeão pan-americano e octacampeão brasileiro.

Enquanto isso, o mundo vai continuando na mão dos destros. A não ser, é claro, na opinião dos últimos quatro presidentes dos EUA, homens de extrema influência sobre o destino dos homens. Ronald Reagan, George Bush, Bill Clinton e Barack Obama são canhotos...

Leonardo da Vinci
Dentre os canhotos famosos, o gênio renascentista Leonardo da Vinci chegou a elaborar um sistema de escrita que durante muitos séculos permaneceu obscuro. Acreditava-se que era um código secreto usado pelo artista/inventor, a fim de ocultar suas anotações - e cuja decifração somente ele seria capaz de fazer. Entretanto, ao ser colocada diante dum espelho, constatou-se que era a escrita normal, feita da direita para a esquerda: Da Vinci, escrevendo com sua canhota, passara a grafar puxando o instrumento de escrita, tal como fazem os destros, simplesmente para que sua mão não borrasse a tinta das anotações.

Acho que por algumas dificuldades encontradas é que os canhotos acabem desenvolvendo habilidades extras, facto que se comprova com a grande quantidade de "Gênios" que são canhotos, por exemplo: Picasso, Chaplin, Machado de Assis, Bill Gates, Albert Einstein, Ayrton Senna, Jimmy Hendrix, Kurt Cobain, Maradona e por ai vai.

Comentário: minha mana, mandou-me um email a dizer "amanha é o teu dia, dia internacional do canhoto!"
Eu me orgulho de ser canhota!
É hereditário, na familia do lado do meu pai, existem muitos canhotos. Dos irmãos do meu pai, dos sete, três são canhotos, um deles o meu pai. Um primo direito do meu pai, tanto ele como a mulher não são canhotos mas os três filhos sairam canhotos. A minha Tia, foi contrariada e segundo dizem e se for como a reportagem que um dia vi, que amarravam a mão esquerda á cadeira, para não ter a tendência de escrever com essa mão, pode provocar problemas de foro psicologico. Tenho mais um primo do lado do meu pai, que escreve com as duas mãos.
Eu não escrevo com as duas mãos, mas faço muitas coisas com as duas, devido a haver muitas coisas para destros. Nós aprendemos a trabalhar com as coisas, com estratagemas. Por exemplo, quando aprendi a conduzir, queria colocar as mudanças, abria a porta...
Outro exemplo, tocar violino, como o violino era a primeira coisa a colocar, punha do lado esquerdo, e só ao pegar no arco é que me apercebia que estava ao contrário. Tem de haver um lider, mas se este se cansa, uma questão de mentalidade e hábito, podemos tranferir para a outra mão.
Outro exemplo, dançar, a maioria das voltas, das entradas é a direita... Tenho de mentalizar e ter uma indicação de que tenho de fazer pela direita.
Outro exemplo, força de hábito, os talheres são como toda a gente, garfo á esquerda e faca a direita, só a colher muda, mas se tiver muita gente e incomodar o parceiro do lado mudo para a direita. E o servir para o prato tb muda.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Esta noite vá com os amigos contar estrelas-cadentes

As Perseidas ou Perséiades são uma prolífica chuva de meteoros associada ao cometa Swift-Tuttle. São assim denominadas devido ao ponto do céu de onde parecem vir, o radiante, localizado na constelação de Perseus. As chuvas de meteoros ocorrem quando a Terra atravessa um rasto de meteoros. Neste caso o rasto é denominado de nuvem Perseida e estende-se ao longo órbita do cometa Swift-Tuttle. A nuvem consiste em partículas ejectadas pelo cometa durante a sua passagem perto do Sol. A maior parte do material presente na nuvem actualmente, tem aproximadamente 1.000 anos. No entanto, existe um filamento relativamente recente de poeiras neste rasto proveniente da passagem do cometa em 1862.

Observação
O fenómeno é visível anualmente a partir de meados de Julho, registando-se a maior actividade entre os dias 8 e 14 de Agosto, ocorrendo o seu pico por volta do dia 12. Durante o pico, a taxa de estrelas cadentes pode ultrapassar as 60 por hora. Podem ser observadas ao longo de todo o plano celeste, mas devido à trajectória da órbita do cometa Swift-Tuttle, são observáveis essencialmente no Hemisfério Norte.

A famosa chuva de estrelas das Perseidas tem sido observada ao longo dos últimos 2.000 anos , com a primeira descrição conhecida deste fenómeno a ser efectuada no Extremo Oriente. Na Europa recém cristianizada, as Perseidas tornaram-se conhecidas como Lágrimas de São Lourenço.

De forma a viver esta experiência ao máximo, a chuva deverá ser observada numa noite limpa e sem lua, a partir de um ponto afastado das grandes concentrações urbanas, onde o céu não se encontre afectado pela poluição luminosa. As Perseidas possuem um pico relativamente grande, pelo que o fenómeno pode ser observado ao longo de várias noites. Em qualquer uma destas, a actividade começa lentamente ao anoitecer, aumentando subitamente por volta das 23h, quando o radiante atinge uma posição celeste relativamente elevada. A taxa de meteoros aumenta de forma contínua ao longo da noite, atingindo o pico pouco antes do amanhecer, aproximadamente 1½ a 2 horas antes do nascer do sol.

Em 2009 as perseidas voltarão a estar activas a partir do dia 14 de Julho. O pico de actividade vai-se dar nos dias 11 e 12 de Agosto.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Jantarada na casa do BM....

Martini - já estava mareada
Paté de sardinha com anchovas (larita) com tostinhas
Moamba:
-Galinha do campo com molho
-Couves com manteiga de amendoim
-Funche de mandioca feita na bimby
-Feijões com oleo de palma.
-E meias bananas...
Estava delicioso... must... quem não foi ficou a perder.
Sobremesa Sorvete de nata com doce de frutos vermelhos (CD)

Convivio e conversa...
Sobre ser pai solteiro... sobre o bem viver... como o coração nos manda.
Sermos felizes!
Sobre casas, sobre casmaentos indianos...
sempre com som das músicas de kizomba, até ás 1 da manhã.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Na escuridão..

Porque te escondes meu monstrinho da escuridão
Quero saber quem és, quero te ver,
Quero ver a pessoa que me protege,
Aquele que me ajuda a mudar constantemente
Que me ajuda a compreender as situações.

És tu que me alivias das dores e tristezas de momentos duros
Apesar do sofrimento por ter que os passar
És tu que me obrigas a sorrir, quando a tristeza me atinge
Como se me mostrasses que estou viva
E que tenho razões para viver contente

Com tempo compreendi
Que não fui feita para amar e ser amada
Não num amor a dois e romântico
Mas fui feita para ser feliz de alguma maneira
Fui feita para dar e transmitir amor de outras maneiras

Com tempo quero voltar a ter um grande sorriso
Que um dia tive, na idade de meninice
E que encantava tudo e todos
Sem segundas intenções
Sem dores nem tristezas apenas alegrias

Com o tempo quero quebrar
A dura camada de gelo
Que cobriu o meu coração
Que pouco a pouco vai-se derretendo
Com a luz forte e quente

A luz que ilumine a escuridão
Que me liberte das teias de fios velhos
E que me traga de volta á vida
Que te encontre junto de mim
Para ser simplesmente eu e tu.

sábado, 8 de agosto de 2009

No coração dos portugueses...


Raul Solnado, que morreu esta manhã, deixou gravado um último trabalho para a televisão: "As Divinas Comédias", uma série de quatro programas produzida pelas Produções Fictícias e pela Até ao Fim do Mundo, para a RTP 1, apresentada por Bruno Nogueira e Raul Solnado – a mais jovem e a mais antiga gerações do humor em Portugal. O primeiro irá já hoje para o ar, logo a seguir ao Telejornal.

Seria uma história do humor em Portugal contada por um dos seus principais protagonistas. Nascido em Lisboa em 1929, Solnado começou a carreira como actor no teatro amador, na Sociedade Guilherme Cossul, em 1947. Numa entrevista a Duarte Mexia, na "Pública", em 2002, conta como tentou ainda trabalhar na loja de móveis do pai, em frente à penitenciária – "não sabia o que queria ser na vida, sabia que queria ser actor, mas era uma coisa muito vaga". Mas já nessa altura aproveitava todas as oportunidades para ir ver os espectáculos dos seus ídolos, Vasco Santana, João Villaret, António Silva, Laura Alves.

Comentário: Raul solnado, na minha opinião é um dos poucos actores que admiro. Humorista e sempre bem-disposto. Está no coração dos portugueses e no meu também.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

O Vicio do álcool

O vício do álcool traz terríveis conseqüências para o viciado. Além dos conhecidos malefícios que vão desde cirrose à alucinação e loucura, o álcool também é desastroso para a parte espiritual, pois possui o poder de reviver os defeitos psicológicos que já foram eliminados através da morte psicológica.
O mais perigoso é que o álcool é tratado como algo sociável, sempre presente em reuniões, festas, comemorações e até mesmo dentro dos lares, sem distinção de classe social ou cultural. Por toda parte se infiltra muito sutilmente o vício do álcool.

Com isso vemos a cada ano as pesquisas indicarem que a idade média para a ingestão da primeira dose de bebida alcoólica pelos jovens é cada vez menor.
A seguir transcrevemos alguns trechos do livro O Mistério do Áureo Florescer:

“Resulta palmário e manifesto que o álcool tende a eliminar a capacidade de pensar independentemente, já que estimula, fatalmente, a fantasia, e de julgar serenamente, assim como debilita, espantosamente, o sentido ético e a liberdade individual.
Os ditadores de todos os tempos, os tiranos não ignoram que é mais fácil governar e escravizar um povo de beberrões que um povo de abstêmios.
É igualmente sabido que, em estado de embriaguez, pode-se fazer aceitar a uma pessoa qualquer sugestão e cumprir atos contra seu decoro e sentido moral. É demasiado notória a influência do álcool sobre os crimes, para que haja necessidade de insistir nisso”.

Como se livrar radicalmente do vício?
Felizmente dentro do ser humano existe um poder latente capaz de extirpar de seu interior qualquer tipo de vício.
Como você já deve estar imaginando, se o vício é devido aos defeitos psicológicos o meio para eliminá-lo é a morte psicológica.

Além da dependência psicológica que o vício acarreta, um outro problema para eliminar esses vícios de drogas, álcool, fumo, etc. é a dependência química, pois o organismo do viciado ficou condicionado a trabalhar com estas substâncias.
Por isso na maioria das vezes não é possível deixar o vício imediatamente, e nestes casos o mais indicado é combinar o trabalho da morte psicológica com a redução gradual da substância do qual se é dependente.

Vejamos abaixo um exemplo que pode ser utilizado na prática:
Suponhamos que determinada pessoa esteja habituada a ingerir por dia não menos que 20 copos de bebida alcoólica.
Esta pessoa deveria se disciplinar para, durante uma semana, ingerir no máximo 19 copos de bebida por dia, e toda vez que esta pessoa sentir vontade ou sequer pensar em beber além disso, ela aplicará a morte psicológica nestes defeitos.
Na semana seguinte a pessoa passará a ingerir no máximo 18 copos de bebida por dia e, novamente, toda vez que esta pessoa sentir vontade de beber além disso aplicará a morte psicológica.
E assim continuará, semana após semana, até quando não esteja consumindo nenhuma quantidade de bebida alcoólica.
Seguindo essa disciplina a pessoa não só irá deixar de beber, como também não mais sentirá nenhuma vontade de fazê-lo.

O que se necessita é que a pessoa realmente queira mudar e passe a se dedicar a isso imediatamente e continuamente.
Dessa forma seguramente se livrará do vício, por mais forte que este seja.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Destruição de Hiroshima

Em 6 de agosto de 1945, a cidade japonesa de Hiroshima é destruída pela primeira bomba atômica detonada pelo homem como arma de guerra. A bomba foi lançada de um avião americano modelo B-29, batizado de "Enola Gay".
Três dias depois, a segunda bomba destruia Nagazaki, pondo fim à Segunda Guerra Mundial.

A cidade japonesa de Hiroshima lembrou nesta quinta-feira o 64º aniversário do primeiro bombardeio atômico do mundo, que deixou 140 mil mortos, em 1945. O prefeito de Hiroshima aproveitou a ocasião para pedir a abolição por completo das armas nucleares até 2020.

Cerca de 50.000 pessoas, incluindo os sobreviventes do Holocausto nuclear, participaram na cerimônia no monumento dedicado aos 140.000 mortos pelo ataque lançado pelos Estados Unidos em 6 de agosto de 1945.

A cerimônia foi realizada a alguns metros da Cúpula de Genbaku, um ex-salão de exposições do qual resta apenas a estrutura calcinada. Este foi o único edifício que ficou em pé depois da explosão da bomba

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Cachupa....

Jantar na casa de amigo kizombeiro...
-Paté de delicias do mar (C.D.);
-Morcela assada(C.);
-Cachupa, arroz branco pelo o dono da casa;
Uma delicia... com mandioca e milho grande, hmmmm!
-Ananas;
-Mouse de frutas (LMF);
-Cafezinho do nexpresso...
E ver o Dvd do Sarau da escola.
Falhas, criticas, risotas, conselhos....
Faltou mesmo, dançar kizomba.
Mas estava tudo mortinho de sono...

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Á moda da Larita

-Paté de Sardinha com anchovas;
-Rabadinha com natas fraiche;
-Cuscuz com vegetais;
-Coxas de frango (M);
-Gelado de frutas (R).
Tirando as coxas e a mouse, o resto é comida biologica. De vez de enquanto tenho destas coisas.
Pergunta o meu irmão: "tens receitas disto?" -"Não"
Espero que ganhar peso com tantos jantares, ihihihi!
Estreei o forno...

Queimei-me? não. Mas cheirou-me a queimado.
Cortei algum dedo? não.. Nem de raspão.
Correu bem? Sim...

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Duas vertentes...

Fascina-me todas as vezes que vejo,
Fico encantada ao ver o por do sol,
Lindo, maravilhoso, esplêndido,
Sob o horizonte do mar,
Lá no fundo do meu olhar.

Olhava para o frente,
Meu olhos arregalava a paisagem,
Estava lua cheia, misteriosa e nebulosa,
O mar de maré-cheia, escura e calma,
No céu um azul-escuro,
Reflexo da lua sob o mar.

No retrovisor do meu carro,
Vejo imagens inesquecíveis
Em tons de laranja e amarelo
Meu olhar ficou retido
Naquele espelho
Com aquela paisagem

A natureza nos mostra tantas coisas…
Tão diversas cores,
Em tantas coisas maravilhosas…
Amo cada vez a natureza…

domingo, 2 de agosto de 2009

“Dê Uma Tampa à Indiferença”

Rotary Club de Sintra, integrada na campanha “Dê Uma Tampa à Indiferença” está a apoiar instituições carenciadas na aquisição de cadeira de rodas.
Na televisão, hou uma reportagem sobre as Tampinhas para ajudar as pessoas carenciadas de cadeiras de rodas, ou camas articuladas, ou canadianas...
Ja existem 250 cadeiras de tampinhas reciclaveis.
Para uma cadeira normal, necessita-se 150 mil tampas.
Na associação, APADP aonde costumo contribuir e ajudar na altura das recolhas de donativos, já existem 5 cadeiras reciclaveis.
Eu tenho uma garrafão para as tampinhas, e vou ajudar.
Para além de ajudar, também estou a reciclar e também a contribuir...

ValorSul

“Dê Uma Tampa à Indiferença”