Meus outros blogs:

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2013 ---- 2014

Este é o momento, de olharmos para trás.
Lembrar que ainda temos tempo para fazer o que ainda nao foi feito e queremos fazer.
Ha sonhos perdidos mas ha novos sonhos para serem realizados.
Perdoar o que nos magoa, o que ja está feito, está escrito no passado.
Há experiências que nos fazem crescer, ultimos momentos de 2013.
Novos desejos, novas aventuras com juizo para 2014 com saude, alegrias, paz e amor.
Sao os meus votos para os meus amigos e amigas, familiares.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

sábado, 21 de dezembro de 2013

Inverno


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Grandiosidade

É preciso penar, sofrer, sentir dor
Para poder dar valor ás coisas
É preciso parar um pouco no tempo
E assentar as mil ideias confusas

E no silêncio da noite, é preciso hibernar,
Sossegar o coração, corpo e alma
Ouvir a música, ouvir a chuva a bater na janela
E tentar emendar o que deu errado

Dizem que o passado
É um livro escrito para o passado
Mas relembrar os acontecimentos antigos
É tentar não repetir o que já aconteceu

Tanto reclamei, tanto pedi pelo o que falta
Perdi-me nos momentos grandes
Por achar que merecia mais
Que merecia o céu e a terra

Tanto olhei para o futuro
Achar que não queria sentir maior a solidão
Tanto olhei para mim, para a minha pessoa
E nunca pensei noutros aspectos.

Sei que tenho humor de uma palhaça
Que tenho energia de uma dançarina
Alegria de uma criança
E habilidade para dar a volta por cima.

Pediram para eu olhar a minha volta
E perceber o que me rodeia
Tenho amigos para o resto da vida
Não reparei na grandiosidade da minha pessoa

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Quintana


domingo, 15 de dezembro de 2013

sábado, 14 de dezembro de 2013

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

domingo, 8 de dezembro de 2013

Eros de volta dos Acores

27: oi Xuxu
28: Bom dia, mar das utopias
29: Bom dia, xamanhi
30: Good morning, gate 14
Bom ano!
31: Bom dia, 13 na sanita
eros deseja te uma anuxa 14 plena de sucessos  todos os niveis.

sábado, 7 de dezembro de 2013

Energias

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Ciclo


SABEDORIA.......

Um homem, que tinha 17 camelos e 3 filhos, morreu.
Quando o testamento foi aberto, dizia que metade dos camelos ficaria para o filho mais velho, um terço para o segundo e um nono para o terceiro.
O que fazer?
Eram dezassete camelos; como dar metade ao mais velho? Um dos animais
deveria ser cortado ao meio?
Tal não iria resolver, porque um terço deveria ser dado ao segundo filho. E a nona parte ao terceiro.
É claro que os filhos correram em busca do homem mais erudito da cidade, o estudioso, o matemático.
Ele raciocinou muito e não conseguiu encontrar a solução, já que a mesma é matemática.

Para os nabos, a solução segue dentro de momentos……

Então alguém sugeriu: "É melhor procurarem alguém que saiba de camelos, não de matemática".
Procuraram assim o Sheik, homem bastante idoso e inculto, mas com muito saber de experiência feito.
Contaram-lhe o problema.
O velho riu e disse: "É muito simples, não se preocupem".
Ele emprestou um dos seus camelos - eram agora 18 - e depois fez a divisão. Nove foram dados ao primeiro filho, que ficou satisfeito. Ao segundo coube a terça parte - seis camelos - e ao terceiro filho foram dados dois camelos - a nona parte. Sobrou um camelo: o que foi emprestado.
O velho pegou o seu camelo de volta e disse: "Agora podem ir".
Esta história foi contada no livro "Palavras de fogo", de Rajneesh e serve para ilustrar a diferença entre a sabedoria e a erudição. Ele conclui dizendo: "A sabedoria é prática, o que não acontece com a erudição. A cultura é abstracta, a sabedoria é terrena; a erudição são palavras e a sabedoria é experiência."
17+1= 18
1º filho- 18/2= 9
2º '' - 18/3= 6
3º '' - 18/9= 2
9+6+2= 17 camelos (está cumprido o testamento)
18-17=1
sobrou 1 camelo que foi entregue ao seu proprietário.

Nota:Isto também funciona com burros..., já que em Portugal não temos camelos.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

XXVII Feira Internacional de Minerais, Gemas e Fósseis


Minerais e Cristais: avanços recentes


A Feira este ano é dedicada aos aspetos essenciais dos minerais, ou não ocorressem estes quase invariavelmente como cristais: o estado cristalino é uma característica basilar dos minerais. A maioria das propriedades dos minerais, sobretudo físicas, resultam do estado cristalino: por exemplo clivagem, propriedades óticas e sobretudo o facto de os cristais serem, quando as condições de crescimento o permitem, limitados por faces planas.
A observação cuidada dos cristais limitados por faces planas, e sobretudo a medição dos ângulos entre as faces destes cristais, permitem descortinar as características essenciais da matéria cristalina, que desafiaram os melhores espíritos durante séculos. A história da sua compreensão é apaixonante, e será contada durante a Feira. É uma história de mentes brilhantes.
Nos nossos dias, as ferramentas para o estudo dos cristais são muitas e variadas, de simples a extremamente complexas. Algumas estão ao alcance do mineralogista amador, e permitem muitas observações interessantes.
Uma das principais conclusões do estudo dos cristais é a presença de simetria, em graus variáveis. A simetria exige regularidade na distribuição das partículas (átomos e iões), e é possível provar que existe um número limitado de maneiras de ocupar regularmente o espaço, condicionadas pela simetria. Simultaneamente, muitos operadores de simetria não são compatíveis com as redes cristalinas, como eixos de grau 5. Uma descoberta recente foi a de “quasicristais” naturais.
Estes e muitos outros pontos serão desenvolvidos nas conferências de divulgação que terão lugar durante a XXVII Feira, de forma muito simples e atraente.
HORÁRIO    
5 dezembro – das 15.00 h às 20.00 h
6 e 7 dezembro – das 10.00 h às 20.00 h
8 dezembro – das 10.00 h às 18.00 h
LOCAL
MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA
Rua da Escola Politécnica, 60. 1250-102 Lisboa
Entrada livre
Este evento, que constitui desde 1988, uma grande festa do Museu e uma marca na vida cultural da cidade, reúne colecionadores e comerciantes de minerais, gemas e fósseis, oriundos de vários países da Europa, bem como um vasto público, representado por milhares de visitantes, que tem aqui uma oportunidade ímpar de adquirir ou simplesmente deleitar-se com a observação de exemplares únicos. Como habitualmente, paralelamente à Feira, terá lugar um programa complementar de atividades de divulgação cultural e científica destinadas a jovens e adultos, este ano sob o tema geral “Cristais

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Um Jantar digno de MigZé

Sushi
Sumo de laranjas com mangas feito na bimby
Petit gateaux

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

domingo, 1 de dezembro de 2013