Meus outros blogs:

sábado, 31 de dezembro de 2011

Boas Saídas e Melhores Entradas


Ano de 2011,
Foi um ano diferente dos outros,
Novas e grandes amizades,
Nasceram muitos bebés de amigos e familiares,
Ter sobrinhos/as mais lindos/as da titia,
Muitas alegrias e algumas tristezas,
Sobrevivemos a mais um ano de crise.

E que o Novo Ano de 2012,
Nos traga Paz e Amor,
Iluminação e esperança,
Para mim, para minha família cada vez maior,
Para os meus amigos e amigas,
Para a família destes,
Para as pessoas que nos rodeiam,
E para as pessoas que precisam.

"A vida é só uma e curta. CARPE DIEM"
Boas saídas e melhores entradas para o ano 2012

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Um dia de loucura...


Será que vou ter um dia de máxima loucura e arriscar a tudo ???
Ser o ultimo dia do ano 2011, bem passado,
E ser o primeiro de muitos, bons e alegres dias,
ou o primeiro de nada certo
E rumo para o futuro incerto ???
Na certeza de tudo poderá ser diferente ???

Será ilusão, ou será inspiração a falar,
Ter mil e muitas ideias,
muitas palavras perdidas na minha mente,
muitas frases sem sentido e sem nexo,
muitos sonhos sem lembranças,
muitos sentimentos por explicar...

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Berlim Taizé 2011

30 000 jovens rumo a uma nova solidariedade
De 28 de Dezembro a 1 de Janeiro, vão reunir-se em Berlim 30.000 jovens para a 34ª etapa da «Peregrinação de Confiança» animada pela Comunidade de Taizé. Acolhidos pelas igrejas e pelos habitantes de Berlim, os jovens vindos de toda a Europa e também dos outros continentes vão procurar incentivos para expressar novas formas de solidariedade. As orações comunitárias e as reflexões e partilhas sobre diferentes temas espirituais, sociais, artísticos, políticos e económicos vão marcar este Encontro, que terá lugar pela primeira vez na capital alemã.

Ecumenismo: Prior de Taizé convida a «derrubar» muros
Berlim, 29 dez 2011 – O prior da comunidade ecuménica de Taizé convidou os jovens da Europa a “derrubar” os muros que existem “entre povos e continentes”, bem como no seu próprio “coração”.

“Berlim tornou-se um símbolo para todos os que, através do mundo, procuram ultrapassar os muros da separação e avançar na direção da confiança”, disse o irmão Alois, de nacionalidade alemã, aos participantes do 34.º Encontro Europeu promovido pela comunidade ecuménica de Taizé, este ano dedicado ao tema da solidariedade e que decorre, pela primeira vez na capital da Alemanha.

Após agradecer a todos os que acolhem os jovens e a organização do evento, o prior de Taizé destacou que Berlim “é uma cidade marcada pelas maiores diversidades”, voltada para o futuro, mas que procura também “integrar a memória de um passado doloroso”.

Nesse contexto, cada um dos pavilhões de oração tem um desenho de Maria com o menino Jesus, feito durante a II Guerra Mundial por um soldado alemão que estava em Estalinegrado, na Rússia.

“Escolher a confiança não significa fechar os olhos ao mal. A confiança não é ingénua ou fácil; é um risco”, disse o irmão Alois.

Para este responsável, “a felicidade não se encontra no ‘cada um por si’; a felicidade encontra-se ao termos em conta a solidariedade entre os homens”.

“Numa época em que muitos se perguntam ‘qual é verdadeiramente o sentido da minha vida?’, nós, os irmãos da nossa comunidade, gostaríamos de dizer claramente: encontra-se na solidariedade com os outros, vivida em atos concretos”, prosseguiu.

O prior de Taizé quis deixar um agradecimento especial aos que decidiram acolher jovens, mesmo sem pertencerem a qualquer Igreja: “A hospitalidade é um dos maiores contributos para construir a paz”.

Para as tardes de hoje e de sexta-feira, o programa do Encontro Europeu propõe uma lista workshops com cerca de quinze temas, à escolha, incluindo uma apresentação da vida e a visão do irmão Roger, fundador de Taizé (1915-2005).

Entre as iniciativas prevê-se ainda um encontro com deputados do Parlamento Federal alemão, dedicado ao tema ‘Por um mundo mais justo: a política e a nossa responsabilidade como cidadãos’.

Os jovens, que realizam uma vigília pela paz à meia noite de 31 de dezembro e uma “festa dos povos” às primeiras horas do novo ano, são convidados a levar medicamentos e material médico de primeira necessidade, a serem entregues pelos monges a populações pobres da Coreia do Norte, prosseguindo a ajuda prestada pela comunidade ecuménica desde 1998.

Inspiração

Na arte, a inspiração tem um toque de magia, porque é uma coisa absoluta, inexplicável. Não creio que venha de fora para dentro, de forças sobrenaturais. Suponho que emerge do mais profundo eu da pessoa, do inconsciente individual, coletivo e cósmico.
(Clarice Lispector)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Dia excelente...

Foi um bom dia, passado junto a praia da costa de caparica...
Caminhada com carrinho de bebé,
um almoço baratucho,
uma paragem para mudar as fraldas e beber água,
deitada na areia, numa toalha colorida,
quase quase a tomar um banho de água salgada,
LOOL!!
Adorei passear...
com mana K. e sobrinho M.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Sentimento que aperta o peito

É saudade...
Saudade das conversas,
Dos sorrisos,
Das loucuras,
Dos olhares,
Da voz,
Dos abraços,
Do “sinal”,
Do caminhar,
Do jeito sério
E depois alegre de ser...

Alegria e prazer,
Sensação de bem-querer.
Reflexões do passado,
Nada de errado.
Futuro incerto,
Esperança,
Sonho de criança.
Felicidade e gratidão,
Amor no coração.
Carinho e solidariedade,
Frutos da dignidade.
Uma paixão desmedida.
Coisas da vida.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Somente as pessoas que correm riscos são livre...

"Rir é correr risco de parecer tolo.
Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Estender a mão é correr o risco de se envolver.
Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.
Defender seus sonhos e ideias diante da multidão é correr o risco de perder as pessoas.
Amar é correr o risco de não ser correspondido.
Viver é correr o risco de morrer.
Confiar é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de fracassar.
Mas os riscos devem ser corridos, porque o maior perigo é não arriscar nada.
Há pessoas que não correm nenhum risco, não fazem nada, não têm nada e não são nada.
Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões, mas elas não conseguem nada, não sentem nada, não mudam, não crescem, não amam, não vivem.
Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas, privam-se de sua liberdade.
Somente a pessoa que corre riscos é livre!"
Enviado: Bruno.M.

domingo, 25 de dezembro de 2011

Esperança


O nascimento de uma criança é um dos fortes sinais de que Deus ainda não desistiu de nós.Celebrar o nascimento de Jesus é também uma das nossas respostas a essa esperança depositada em nós, humanos.
Obrigado a Deus e a todos os que continuam acreditar na esperança, no amor, na paz, na solidariedade.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Boas Festas 2011

Seja led, seja vela, seja eléctrico, que neste Natal, a Luz simbolize:
a força que precisamos para enfrentar tudo,
a paz perante atrocidades, guerras e tristezas,
o amor perante o próximo e perante aqueles que precisam,
a alegria junto de amigos e familiares,
o bom coração de dar, oferecer um pouco de nós e receber quase nada,
o sorriso para animar os bons e os maus momentos,
e que nunca nos falte a esperança de um futuro melhor, mais feliz e mais solidário.
Que a iluminada Estrela nos guie, no nosso caminho e na nossa vida
Boas Festas, Feliz Natal
2011

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

A história do Capuchinho Vermelho contada pelos media...

Como seria noticiada hoje, em Portugal, a história do Capuchinho Vermelho...

TELEJORNAL - RTP1: "Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem... mas a actuação de um caçador evitou a tragédia."

JORNAL DA NOITE - SIC: "Vamos agora dar-lhe conta de uma notícia de última hora. Uma menina foi literalmente engolida por um lobo quando se dirigia para casa da sua avó! Esta é uma história aterradora mas com um final feliz... o Sr. telespectador não vai acreditar mas, esta linda criança foi retirada viva da barriga do lobo! Simplesmente genial!"

JORNAL NACIONAL - TVI: "... onde vamos parar, onde estão as autoridades deste país?! A menina ia sozinha para a casa da avó a pé! Não existe transporte público naquela zona? Onde está a família desta menina? E a Comissão de Protecção de Menores? Tragicamente esta criança foi devorada viva por um lobo. Em épocas de crise, até os lobos, animais em vias de extinção, resolvem aparecer?? Isto é uma verdadeira lambada na cara da actual
governação portuguesa."

Entretanto manifeste a sua opinião e ligue para:
707696901 se acha que a culpa é do lobo (0.60€+Iva)
707696902 se acha que a culpa é do capuchinho (0.60€+IVA)
707696903 se acha que a culpa é do governo (0.60€+IVA)

CORREIO DA MANHÃ: "Governo envolvido no escândalo do Lobo"

JORNAL DE NOTICIAS: "Como chegar à casa da avozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho"

Revista MARIA: "Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama"

A BOLA: "Lobo será reforço de inverno na Luz"

JOGO: "Pinto da Costa desmente contactos prévios com o Lobo"

Record: "Nem o Lobo assusta os leões !"

LUX: "Na cama com o lobo e a avó"

EXPRESSO: Legenda da foto: "Capuchinho, à direita, aperta a mão do seu salvador". Na reportagem, caixa com um zoólogo explicando os hábitos alimentares dos lobos e um imenso infográfico mostrando como Capuchinho foi devorada e depois salva pelo lenhador.

PÚBLICO: "Lobo que devorou Capuchinho Vermelho seria filiado no PS"

O CRIME: "Sangue e tragédia na casa da avozinha"

CARAS: Ensaio fotográfico com Capuchinho na semana seguinte: Na banheira de hidromassagem, Capuchinho fala à CARAS: "Até ser devorada, eu não dava valor à vida. Hoje sou outra pessoa."

MAXMEN: Ensaio fotográfico no mês seguinte: "Veja o que só o lobo viu"

SOL: "Gravações revelam que lobo foi assessor político de grande influência no governo Sócrates"

AVANTE: "Capuchinhos vermelhos de todos os países UNI-VOS!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Xeque-mate a Goa

A 18 de Dezembro de 1961, o Estado Português da Índia foi invadido e anexado em 36 horas, pela União Indiana, numa operação militar irreprimível. Pela lei do mais forte, foi assim posto fim ao conflito que desde 1947 minava a estrutura do Estado Novo e a política anticolonial da União Indiana.
Xeque-Mate a Goa dá-nos a conhecer a história de força controlada e da resistência possível de dois Estados, com desígnios opostos mas com o mesmo ponto de honra. Um Estado nasceu da resistência passiva, outro de um passado aventureiro e sangrento. O pacifista acabou por pegar em armas. O guerreiro já não as tinha.

«A autora oferece-nos uma excelente narrativa, enquadrando as peripécias do caso no ambiente político do Portugal da época e no sopro de mudança vindo de Moscovo e de Washington que iria desfazer os impérios coloniais europeus.» José Cutileiro Xeque-Mate a Goa de Maria Manuel Stocker

A queda da Índia portuguesa

MAPA: O ESTADO PORTUGUÊS DA ÍNDIA - Como era o território em 1960

IMAGENS: Momentos marcantes
OPERAÇÃO VIJAY

Invasão pela madrugada A Índia marchou a 18 de Dezembro sobre Goa. Salazar exigiu às forças portuguesas o "sacrifico total" e que aguentassem, sem meios, durante uma semana, uma desproporção de dez para um

A vingança do ditador Perdida a joia da coroa, o regime não baixou os braços. E pretendeu mesmo levar a cabo uma guerra clandestina em Goa e na Índia que incluía subversão, sabotagem e atentados terroristas

Conversações secretas Salazar orientou contactos entre um diplomata português e um emissário indiano com vista à resolução da "questão de Goa"

O outro general sem medo O último governador do Estado Português da Índia, Vassalo e Silva, cometeu a ousadia de desobedecer a Salazar, não permitindo que as tropas portuguesas fossem chacinadas. A decisão fez do ditador seu inimigo

Entrevista Adriano Moreira: uma proposta insólita Em vésperas da invasão, o Governo português fez uma sugestão inusitada à China comunista

Refugiados: Lisboa, essa desconhecida A distante comunidade goesa viu-se subitamente a caminho de uma metrópole que a grande maioria nunca tinha visto. As histórias de alguns desses portugueses transplantados e que aqui ficaram para sempre

Prisioneiros de um regime Depois da queda da Índia portuguesa, sofreram mais de quatro meses de cativeiro, em condições infra-humanas, por teimosia e abandono de Salazar. A saga dos militares portugueses que o ditador teria preferido que morressem é aqui sugestivamente evocada por alguns sobreviventes

Os nossos repórteres em Goa Chegaram na véspera da invasão, filmaram os primeiros combates e deram a notícia da rendição dos militares ao governador. Acabaram num campo de concentração

OS ANTECEDENTES
O fim da era colonial Ao tornar-se independente em 1947, a "joia da coroa" do Império britânico apontou o caminho para a "libertação" do Terceiro Mundo

Pela posse de Goa, Damão e Diu Arrastaram-se por mais de 13 anos, de 1948 a 1961, as etapas do conflito que opôs Portugal e a União Indiana desde que este Estado foi fundado

Nem anéis, nem dedos A política de tudo ou nada de Salazar estava condenado à derrota. O pacifismo de Nehru tinha os seus limites

A VIDA EM GOA
Dias tropicais Nem portuguesa nem indiana, Goa tinha uma identidade própria - madrasta para os naturais pobres, mãe para os "descendentes", paradisíaca para alguns portugueses de passagem, "um deserto" para outros. Um mundo que acabou para sempre há 50 anos

Entrevista Raquel Soeiro de Brito: "Em Damão senti o morrer de um povo" Entre outubro de 1955 e junho de 1956, a geógrafa trabalhou numa missão chefiada pelo seu mestre, Orlando Ribeiro

O jantar suspenso do rei de Bicholim Praias, cataratas, templos hindus, igrejas, o palácio encontrado de improviso. E o automóvel velho comprado por quatro oficiais do navio de guerra Afonso de Albuquerque. Foi a bordo daquele Fiat 1100 que conheceram a Índia Portuguesa

O IMPÉRIO PORTUGUÊS DO ORIENTE
A joia da coroa do 'Venturoso' Se Vasco da Gama inaugurara uma era, Afonso de Albuquerque garantiu que: a navegação e o comércio do Oriente seriam portugueses. E para centro daquele império movediço de águas quentes escolheu o melhor porto do Malabar: Goa

O ocidente no Oriente A vida quotidiana na Goa dourada dos séculos XVI e XVII através de um repositório de aventuras, desventuras, anedotas e situações equívocas vividas por portugueses e por viajantes e aventureiros europeus

Três séculos de solidão Depois da breve época dourada do pioneirismo militar e comercial dos portugueses no Oriente, o Estado da Índia começou a descer a longa e estreita escada da decadência

Ler mais
Entrevista da nossa organizadora de Ekvat, na Camara Clara, RTP2.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Já era babada, agora então...

LOOL!!
Imagina lá, ouvir a gritar alto e bom som:
"TIAAAA"!

Ui! Zinhores...

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Vôo

Num voo internacional, como é habitual, o comandante do avião liga o
microfone e fala aos passageiros:
- "Bom dia, senhores passageiros. Neste exacto momento estamos a 9 mil
Metros de altitude, velocidade cruzeiro de 860 Km/hora e estamos a sobrevoar
a cidade de... AAAAAAAHHHH... VALHA-ME DEUS...!!!"
Os passageiros ouvem um barulho infernal, seguido de um grito pavoroso:
- "NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO!!!"
Depois de um breve momento de silêncio sepulcral, volta a ligar o microfone
e, timidamente, diz:
- "Peço imensa desculpa, mas a hospedeira deixou cair a bandeja e uma
chávena de café caiu-me no colo.
Imaginem lá como é que ficaram as minhas calças à frente!!!"
Prontamente, um dos passageiros gritou:

- "Filho da p..... !!! Imagina lá como é que ficaram as minhas calças
atrás!!!"
 

Aromaterapia

O poder terapêutico das essências aromáticas das plantas.
A Aromaterapia consiste em tratar as doenças com a ajuda de óleos extremamente concentrados extraídos dos vegetais. Esses extractos chamados essências ou óleos essenciais contêm as substâncias que dão perfume às plantas e, por isso, seu odor é a característica principal.

Os óleos essenciais são produzidos por minúsculas glândulas presentes nas pétalas, no caule, na casca e na madeira de numerosas plantas e árvores. Se, na natureza essas glândulas liberam os aromas das plantas de forma progressiva, quando aquecidas ou trituradas, elas explodem e liberam os odores com uma potência muito maior.
Para extrair o óleo essencial puro, recorre-se a um processo de destilação no vapor d’água. Se a essência é dissolvida no álcool ou em outro solvente, denomina-se essência absoluta. São menos puras que os óleos, porém conservam propriedades curativas interessantes.

Os usos dos óleos essenciais são múltiplos, mas eles são mais utilizados na unção da pele (massagem), podendo também ser inalados ou colocados na água de banho ou em compressas. Raramente são ingeridos. Certamente são mais eficazes quando inalados, pois provocam uma acção imediata no cérebro.

Não se deve pensar que a Aromaterapia não apresenta contra-indicações. Devem ser utilizados com precaução, pois podem causar irritação e alergia na pele.
Os aromaterapeutas utilizam cerca de 30 plantas e flores para tratar a maior parte dos problemas.
Os óleos essenciais são divididos em três categorias: os que tonificam o organismo e favorecem o bom humor; os que estimulam e regulam as principais funções do corpo; e os que têm um efeito calmante sobre o corpo e o espírito.
Alguns exemplos:
1. Óleo de Camomila – refrescante. Indicado para dores de cabeça e depressão;
2. Óleo de Cânfora – refrescante e estimulante. Indicado em resfriados, reumatismos, acne, insónia;
3. Óleo de Cedro – sedativo. Usado para angústia, bronquite e tosse;
4. Óleo de Limão – refrescante e estimulante. Para problemas circulatórios, hipertensão e acne;
5. Óleo de Eucalipto – libera a cabeça. Indicado para edemas e dores musculares;
6. Óleo de Gerânio – refrescante e antiespasmódico. Para problemas urinários e infecções virais;
7. Óleo de Jasmim – relaxante e calmante. Serve para tratar apatia e pele seca;
8. Óleo de Manjerona – fortificante. Indicado em enxaquecas, cólicas e equimoses;
9. Óleo de Patchouli – relaxante. Indicado na depressão e pele seca.
10. Óleo de Pimenta Cinza – estimulante. Usado em problemas digestivos, resfriados e diarreia;

Os óleos essenciais possuem propriedades anti-sépticas reconhecidas, como as da Lavanda e do Gerânio, que são eficazes contra infecções causadas por bactérias, vírus e fungos. São também apreciados pelas propriedades desintoxicantes do limão, alho, eucalipto e pelos efeitos calmantes junta à sensação de bem-estar e harmonia que parecem produzir um efeito preventivo sobre as doenças

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Santa Luzia

Santa Lúcia de Siracusa (± 283 - † 304), mais conhecida simplesmente por Santa Luzia (santa de luz), segundo a tradição da Igreja Católica, foi uma jovem siciliana, nascida numa família rica de Siracusa, venerada pelos católicos como virgem e mártir, que, segundo conta-se, morreu por volta de 304 durante as perseguições de Diocleciano.

Na antiguidade cristã, juntamente com Santa Cecília, Santa Águeda e Santa Inês, a veneração à Santa Lúcia foi das mais populares e, como as primeiras, tinha ofício próprio. Chegou a ter vinte templos em Roma dedicados ao seu culto.

O episódio da cegueira, ao qual a iconografia a representa, deve estar ligado ao seu nome Luzia (Lúcia) derivada de lux (= luz), elemento indissolúvel unido não só ao sentido da vista, mas também à faculdade espiritual de captar a realidade sobrenatural. Por este motivo Dante Alighieri, na Divina Comédia, atribui-lhe a função de graça iluminadora.

É assim a padroeira dos oftamologistas e daqueles que têm problemas de visão.

Sua própria festa é celebrada simbolicamente em 13 de dezembro, possivelmente doze dias antes do Natal para indicar ao cristão a necessidade de preparação espiritual e sua iluminação correspondente para essa importante data que se avizinha.

Lenda:
Luzia, filha de uma rica família de Siracusa, Itália, estava prometida a um jovem de sua cidade. Como a santa houvesse feito promessa de manter-se virgem, cancelou o casamento e distribuiu aos pobres do vilarejo o seu dote. O noivo, em vingança, acusou-a de ser cristã ao procônsul, que ameaçou levá-la a um prostíbulo para que fosse contaminada. Luzia respondeu: "O corpo se contamina se a alma consente". Irritado, o procônsul ordenou sua prisão. A tradição conta que enquanto estava presa, arrancaram-lhe os olhos, mas no dia seguinte, encontraram-na com os olhos novamente perfeitos. Santa Luzia é a protetora da visão não apenas como sentido da vista, mas como faculdade de percepção da realidade sobrenatural.

Oração a Santa Luzia - Dia de Santa Luzia 13/12
Ó, Santa Luzia, que preferistes deixar que os vossos olhos fossem vazados e arrancados antes de negar a fé e conspurcar vossa alma; e Deus, com um milagre extraordinário, vos devolveu outros dois olhos sãos e perfeitos para recompensar vossa virtude e vossa fé, e vos constituiu protetora contra as doenças dos olhos, eu recorro a vós para que protejais minhas vistas e cureis a doença dos meus olhos. Ó, Santa Luzia, conservai a luz dos meus olhos para que eu possa ver as belezas da criação. Conservai também os olhos de minha alma, a fé, pela qual posso conhecer o meu Deus, compreender os seus ensinamentos, reconhecer o seu amor para comigo e nunca errar o caminho que me conduzirá onde vós, Santa Luzia, vos encontrais, em companhia dos anjos e santuário. Santa Luzia, protegei meus olhos e conservai minha fé. Amém.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Amigo(a) do Movimento1Euro


No próximo dia 12 de Dezembro no Hotel Tiara em Lisboa, pelas 20h, iremos organizar a 1ª Gala de Natal do Movimento1Euro.

Sendo o primeiro grande evento de Natal da nossa Associação, contamos com a sua especial presença para brindar connosco ao sucesso do nosso Movimento.
Além do tradicional jantar de Natal*, iremos ter um leilão e um sorteio nos quais poderá participar, cujas receitas reverterão a favor do Movimento 1 Euro, com vários produtos/serviços.

Confirma a sua presença até 6 de Dezembro para o endereço de email: coordenacao@movimento1euro.com
Votos de um Feliz Natal Solidário!

domingo, 11 de dezembro de 2011

sábado, 10 de dezembro de 2011

Bioenergética

Os adeptos da terapia Bioenergética consideram que existe uma forma de energia particular que cria uma interação entre o corpo e o espírito, governando os estados físico e mental. Ainda não foi possível medir essa força, mas, ela é também conhecida como “QI”, “PRANA”, “Força Vital”, “Vitalismo”, etc.
O conceito da existência de uma energia única que une o corpo e o espírito constitui um dos fundamentos de terapias orientais como a Yoga, o Tai-chi-chuan e a acupuntura.

Os praticantes da Bioenergética crêem que os problemas psicológicos, o stress, as atitudes negativas e as emoções como a ira e o medo, têm uma influência sobre a maneira de se sentar, de se manter em pé, de se mover ou de respirar.
O objetivo da Bioenergética é, antes de tudo, ajudar as pessoas a tomar consciência de suas posturas, de suas atitudes de “blindagem” e das emoções associadas a essas posturas e atitudes.

Pela a prática de certos exercícios, as pessoas aprendem a liberar a couraça muscular, de modo a permitir que o corpo funcione livremente e naturalmente.
Além disso, a Bioenergética dá muito mais importância ao crescimento pessoal que à cura das doenças. Servindo, assim, para o aprofundamento do conhecimento que as pessoas têm delas mesmas. Existem aqueles que praticam a Bioenergética para se manter em forma e outros que a utilizam com o objetivo de elevar a auto-estima, desenvolvendo uma atitude positiva em relação ao próprio corpo.

Tipos de exercícios:
1. Respiração:
A respiração é essencial, pois "levamos a vida do tamanho de nossa Respiração".
Corresponde ao primeiro ato vital do ser humano, o qual vai estar presente durante toda a vida. Ao ser cortado o cordão umbilical, o ser humano entra em contato com o mundo através da respiração. É a forma de sentir os outros e o ambiente. Sempre que quisermos sentir menos, respiramos menos, aumentando as tensões e as couraças musculares.
Aliando a respiração ao movimento, é possível reduzir ou eliminar as tensões musculares, melhorando o contato sensorial e emocional com o mundo externo.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

A melhor anedota de loiras

Uma loira muito sensual entrou num casino. Trocou dez mil euros por fichas e dirigiu-se à mesa da roleta.
Quando chegou anunciou que apostaria
todo o seu dinheiro e que acertaria os números num único lance.E fitando os dois empregados responsáveis pela roleta acrescentou:
- Olha, espero que vocês não se importem,mas tenho mais sorte quando estou toda nua...

Dito isto, ela despiu-se completamente e colocou as fichas todas sobre a mesa.
Completamente abananado, o croupier girou a roleta.

Enquanto esta girava, a loura cantava:
- MÃEZINHA PRECISO DE ROUPAS NOVAS! MÃEZINHA PRECISO DE ROUPAS NOVAS!...

Assim que a roleta parou, ela começou a dar grandes pulos e a gritar:
- GANHEI!!! GANHEI!!! QUE MARAVIIIIILHAAA!!! GANHEEEI!!!

Ela então abraçou e beijou cada um dos croupiers. Em seguida debruçou-se sobre a mesa e recolheu todo o dinheiro e as fichas. Vestiu-se rapidamente e foi-se embora.
Os croupiers entreolharam-se boquiabertos. Finalmente, um deles, voltando a si perguntou:
Em que número é que ela apostou?
E o outro:
- Sei lá... Pensei que estivesses a olhar...

Moral da história: Nem todas as louras são burras, mas os *HOMENS SÃO TODOS IGUAIS*!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Momentos

Todos os dias em todos os momentos,
Aprendemos coisas novas,
Damos e recebemos coisas,
Oferecer, o pouco de nós,
Nem que seja um sorriso.
Conhecemos pessoas novas
E voltamos a ver pessoas que há muito não viamos
Adquirimos conhecimentos, sabedoria,
No nosso interior, relembramos das pessoas
Que não estão cá e que fizeram parte de nós.
Temos sentimentos novos,
Por vezes confusos ou incompreensiveis.
Voltar a ter sentimentos antigos
Por vezes com medo de nos magoar
Ou com medo de subir alto demais
E perder-se no caminho.
Abrir a mente para novas aventuras
Fechar as fases antigos
E viver as novas fases da vida.
O tempo cura todos os males
Mas também é curto.
Aproveitar para viver hoje e agora.
Sentir enormes saudades de ti,
Fazer pular, saltar o meu coração de novo,
voltar sentir o amor dentro de mim..

domingo, 4 de dezembro de 2011

Dois amores, uma loira e uma morena...


E falta pouco para chegar o terceiro amor da minha vida, Bellini- Olive nere!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Ekvatinas no restaurante Aura

As dançarinas dançaram, bailaram ao som da musica no restaurante Aura, na praça do comercio, Lisboa.

Parabens as estreantes, correu tudo muito bem, para uma festa privada de aniversário. :)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Teimosias de casal...

Um casal recém-casado foi-se deitar, e esqueceu-se de fechar a janela.
Como nenhum se queria levantar, fizeram uma aposta:
O 1º a falar iria fechar a janela.
Entretanto, já de madrugada, enquanto dormiam, entrou um ladrão e deitou-se no meio deles. Grita a mulher:
-AMOOOOOR, ele apalpou-me as mamas e já tem uma mão dentro das minhas cuecas! Faz qualquer coisa…
Responde o marido:
-Vai mas é fechar a janela, porque ele já me foi ao cu duas vezes e eu nem piei…

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

És amado, és profundamente amado...

Não é preciso conhecer todas as respostas.
Nem é preciso conhecer todas as perguntas que poderás fazer.

Tudo que é necessário é que saibas que não estás sozinho, que estás cercado pelas Legiões Celestes, pelos anjos e espíritos, pelo amor ilimitado, por cuidado e atenção.

Vá em frente, percorra sua vida. Percorra-a como homem ou como mulher, sólido e centrado, firme à sua própria verdade. Viva fazendo escolhas e tomando decisões, sendo o mais corajoso que puderes, abrindo portas e dizendo sim, experimentando coisas novas, sendo aberto a todas as novidades que chegam sem serem convidadas do mundo afora. Mantenha sua cabeça erguida e dê o seu melhor para resplandecer sem medo enquanto viaja pelo caminho que está presente à sua frente.

E enquanto vives, esteja certo de uma coisa: você está cercado de amor, de auxílio e de orientação.

A qualquer momento, podes inspirar fundo e perguntar:
"O que eu farei agora? Como devo lidar com esta situação?
Como encaro o que eu temo e que está atrás desta porta?"

E nesse momento, uma resposta virá. Não é uma explicação, nem é um jeito de acalmar sua mente com fórmulas e processos, nem é um mapa com os passos a serem dados. Mas é uma resposta, uma resposta que diz: "Agora, neste momento faça isto."
E esta resposta já basta.

Pois neste momento as coisas estão como elas estão.
Não importa o que aconteceu para deixá-las como elas estão.
Agora as coisas estão como elas estão.
Não é uma afirmação de desespero ou resignação.
É uma afirmação de verdade, de sabedoria.
As coisas estão como elas estão.

E a bênção é essa, sempre há uma resposta para as coisas do jeito que elas estão, mesmo se esta resposta for para sentar calmamente e esperar pelo sol nascer no dia seguinte, ou para esperar a Terra dar outra volta, ou pela lua mudar a maré e vir um novo dia forte e brilhante.

Tenha fé em si mesmo e fé na ajuda que está aí para ti.

Acredite neste grande mistério, o universo sabe tudo e que ele mantém o conhecimento que contém tudo, e "o que é e o que deve ser é" é transmitido a ti quando simplesmente fazes a sua pergunta.

Toda a sabedoria do mundo está contida numa única gota de água que cai do céu. Estenda sua mão e apanhe-a.

Veja ela se espalhar e encher a palma da sua mão, a seguir encher seu coração e então encher a sua vida. Olhe demoradamente as profundas águas da graça e saiba que a resposta está aí.

E qual é essa resposta? És amado, és profundamente amado.