Meus outros blogs:

quarta-feira, 30 de março de 2011

Ser transparentes...

Ás vezes interrogo-me por que é tão difícil ser transparente.

Costumamos acreditar que " Ser Transparente" é simplesmente ser sincero, não enganar os outros.

Mas "Ser Transparente" é mais do que isso.

É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que sentimos.

Ser transparente, é desnudar a alma e deixar cair as "máscaras"...baixar as armas...destruir os imensos e grossos muros, que tanto nos empenhamos para levantar.

Ser transparente é permitir, que toda a nossa doçura aflore e transborde...

Mas infelizmente, quase sempre, a maioria de nós decide não correr esse risco. Preferimos a dureza da razão, à leveza que exporia toda a fragilidade humana.

Preferimos o "nó" na garganta ás lágrimas que brotam do mais profundo do nosso ser.

Preferimos perder-nos numa busca insana por respostas imediatas, a simplesmente nos entregarmos e admitirmos que não sabemos...que temos medo.

É doloroso construir uma máscara que nos distancia cada vez mais de quem realmente somos...e assim, nos vamos afogando mais e mais em falsas palavras, em falsas atitudes, em falsos sentimentos...não porque sejamos pessoas mentirosas, mas porque, como folhas secas, nos perdemos de nós mesmos e já não sabemos onde está a nossa brandura, nosso amor mais intenso e não contaminado.

Com o passar dos anos, um vazio frio e escuro, faz-nos perceber, que já não sabemos dar nem pedir o que de mais precioso temos para

compartilhar...doçura...compaixão...compreensão...

Todos nós sofremos, nos sentimos sós e imensamente tristes e choramos baixinho antes de dormir, num silêncio que nos remete á saudade de "nós mesmos"...daquilo que pulsa e grita dentro de nós e que não temos coragem de mostrar áqueles que mais amamos.

Infelizmente aprendemos que é melhor, agredir, criticar, acusar e julgar, do que simplesmente dizer: " Tu estás a fazer-me sofrer...podes parar por favor?". Aprendemos que dizer isso é ser fraco, é ser tolo, é ser menos que o outro.

Se agíssemos deixando que a nossa razão ouvisse o coração, poderíamos evitar tanta dor...Tanta dor!

Não devemos ter medo dos confrontos, seria bem melhor, que deixássemos explodir toda a nossa doçura.

Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder todo o nosso medo, não desejar parecer tão invencíveis.

Que consigamos docemente
Viver
Sentir
Amar

terça-feira, 29 de março de 2011

QUANDO…


Precisei de carinho,
deste-me amor
Precisei de tempo,
deste-me saudade
Precisei de espaço,
deste-me silêncio
Precisei de conselhos,
deste-me palavras
Precisei de calor,
deste-me a mão
Na minha insegurança,
ensinaste-me a acreditar
Na minha fraqueza,
encontrei a tua força
Na dúvida
a tua certeza
No escuro
O brilho dos teus olhos

segunda-feira, 28 de março de 2011

Mutilação Genital Feminina

O que é a Mutilação Genital Feminina?
A mutilação genital feminina (MGF) é uma prática em que uma parte ou a totalidade dos órgãos sexuais de mulheres e crianças são removidos. Há vários tipos, que por sua vez têm gravidadas diferentes. Segundo as várias tradições são removidos o clítoris ou os lábios vaginais. Uma das práticas de maior gravidade – chamada infibulação - consiste na costura dos lábios vaginais ou do clítoris, deixando uma abertura pequena para a urina e a menstruação. Aproximadamente 15 % das mutilações em África são infibulações.
A MGF é levada a cabo em várias idades, desde depois do nascimento até à primeira gravidez, tendo a maioria lugar entre os quatro e oito anos.

Como é praticada a MGF?
A MGF pode ser realizada em clínicas por médicos, mas mesmo desta maneira, com anestesia, trata-se de mutilação genital feminina. No entanto, a maioria dos casos são realizados por mulheres da comunidade em que vive a mulher ou criança, com instrumentos de corte inapropriados (faca, caco de vidro, ou navalha). Estes instrumentos são raramente esterilizados e anestesiados, podendo levar à transmissão da SIDA ou HIV, ou à morte. Em casos de infibulação, podem ser usados pontos ou espinhos para “manter” os lábios vaginais juntos, tendo as raparigas de ter as pernas atadas durante quarenta dias.

A MGF não é um costume inofensivo. Causa danos físicos e psicológicos irreversíveis, podendo ainda levar à morte de raparigas de todas as idades. Esta mutilação viola o direito da jovem a desenvolver-se psico-sexualmente de um modo saudável e natural. O que também deve ser considerado são os custos do tratamento contínuo devido às complicações físicas e psicológicas. A MGF é uma ofensa grave aos direitos humanos em geral, e aos direitos da mulher e criança, em especial.

Efeitos da MGF
Os efeitos da MGF podem, como acima referido, levar à morte. Na maioria dos casos, os efeitos consistem em infecções crónicas, sangrar intermitentemente, abcessos e pequenos tumores benignos no nervo, causando desconforto e extrema dor. A infibulação pode ter efeitos mais duradouros e mais graves, incluindo: infecção crónica do tracto urinário, pedras na vesícula e uretra, danos aos rins, infecções no tracto reprodutor devido a obstruções do fluxo menstrual, infecções pélvicas, infertilidade, e tecido excessivo da cicatriz. Durante o parto, o tecido cicatrizado existente nas mulheres mutiladas pode romper. Mulheres infibuladas, que têm os lábios vaginais fechados, têm de ser cortadas para deixarem espaço para a criança nascer. Depois do parto, têm de voltar a ser “fechadas” para assegurar o prazer dos maridos.

Ver mais

domingo, 27 de março de 2011

HORA DE INVERNO para VERÃO 2011

Na madrugada do dia 27 de Março (domingo), a Hora Legal muda do regime de Inverno para o regime de Verão.

- Em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira, à 1:00 hora da manhã adiantamos o relógio de 60 minutos, passando para as 2:00 horas da manhã.

- Na Região Autónoma dos Açores a mudança será feita à meia-noite (00:00) de Domingo, dia 27 de Março, passando para a 1:00 hora da manhã, do mesmo dia.

Pode consultar mais informação e a legislação aplicável na página:

http://www.oal.ul.pt/index.php?link=muda

sexta-feira, 25 de março de 2011

Capela de Nossa Senhora do Monte (Lisboa)

A Capela de Nossa Senhora do Monte ou Ermida da Senhora do Monte, encontra-se na freguesia da Graça em Lisboa.

A primeira ermida que existiu, perto deste local, foi construída em 1147 após a reconquista de Lisboa. Foi dedicada a São Gens de Lisboa que tinha sido bispo da cidade muito antes da reconquista e que teria sido martirizado neste local. Os frades Agostinhos, que tomaram conta da ermida, colocaram no seu interior, a cadeira de pedra que pertencera ao santo. À volta desta cadeira surgiu uma lenda segundo a qual, as senhoras grávidas que lá se sentassem, tinham partos sem complicações. A própria mulher de D. João V, D. Maria Ana de Áustria, foi lá sentar-se quando estava grávida do herdeiro do trono.

Após o terramoto de 1755, que foi devastador em toda a zona circundante, a ermida ficou praticamente destruída. A actual ermida, foi construída em 1796, um local um pouco mais acima do local original e é obra do arquitecto Honorato José Teixeira. No seu interior foi de novo colocada a cadeira de São Gens.

Em 1921, os frades Agostinhos da Graça foram transferidos desta ermida para o Convento de Nossa Senhora da Graça.

Junto a esta capela existe o Miradouro da Senhora do Monte, com uma bela vista sobre o Castelo de São Jorge e a Baixa de Lisboa.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Penso em ti...


Deito-me e acordo a pensar em ti,
Sinto-me cansada como se tivesse sonhado
Tivesse andado por ai, sem rumo.
No trabalho, nas pessoas,
Nas paisagens, nas letras, nos lugares
Penso em ti…lembro-me de ti…

Senti algo que nunca tinha sentido antes
Acabei por ficar sentida e triste
Apenas com o silêncio que existe entre nós…
A alegria foi-se, o brilho apagou-se
O vazio aumenta, suspiro afoga-se
E aquela paixão foge por entre os dedos

Será que está na hora de desistir de ti???
Esta luta de te esquecer, não é fácil…
Olha-me nos olhos, diz-me o que sentes…
Assim ficarei menos magoada
Do que o silêncio, e a ausência das palavras…
Longe da vista, longe do coração…

quarta-feira, 23 de março de 2011

terça-feira, 22 de março de 2011

Ausência, silêncio e saudades...


Ausência, silêncio e saudades...

segunda-feira, 21 de março de 2011

Chegou a primavera...


Tal como animaste o dia, deste cor, vida, calor...
Anima o meu coração, faz-me pular sob o arco-iris...
Ir a praia e voltar a sorrir...
Como só tu sabes fazer.

domingo, 20 de março de 2011

6 meses


A minha bonequinha fez 6 meses...

Amor Infinito

"Por vezes somos afectadas por "cegueiras" que não são fáceis de curar.. Abrirmos o nosso coração ao Amor Infinito! Que ele limpe os nossos olhos interiores para descobrirmos a maravilha w a beleza da Vida e de cada ser humano".

sábado, 19 de março de 2011

Maior Lua Cheia...


No sábado, 19 de março, o planeta irá presenciar a aparição da "maior" lua cheia das duas últimas décadas, quando ela chegará ao ponto mais próximo da Terra.
O satélite natural da Terra vai aparecer mais exuberante do que o usual na noite celeste, quando atinge o ponto máximo de um ciclo, conhecido como 'Perigeu Lunar'.
É esperado um espetáculo visual quando a lua se aproximará da Terra a uma distância de 221,567 milhas da órbita, a mais próxima do nosso planeta desde 1992.
A lua cheia poderá aparecer no céu 14% maior e 30% mais luminosa, especialmente quando nascer no horizonte do oriente ao pôr-do-sol ou em condições atmosféricas bem favoráveis.

Quem vai uivar para a Lua?? Atenção aos loisomens... aos vampiros...

sexta-feira, 18 de março de 2011

Este alerta está colocado na porta de um consultório médico.

O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a"criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Preste atenção!

"O plantio é livre, a colheita, obrigatória"

Preste atenção no que você esta plantando, pois será a mesma coisa que irá colher!!
Assim sendo, desejo que você se cuide, porque sua saúde e sua vida dependem de suas escolhas!!!

Enviada...

quinta-feira, 17 de março de 2011

Sentidos...

Todo o meu ser, todo o meu corpo é de puro amor
Da ponta dos meus cabelos negros, belos
Até ao dedo pequeno do meu pé…
Tenho a sede de amar e ser amada como qualquer ser humano.
Fecho os olhos e deixo fluir a energia que existe dentro de mim,
Que os meus olhos, sejam a visão das paisagens mais bonitas
Dos momentos inesquecíveis, das alegrias contagiantes,
Sejam duas pérolas sublimes, cor de terra, de ver para crer.
Que os meus ouvidos, sejam a captura de sons perfeitos
Que possam ouvir as músicas maravilhosas
E transformar os ritmos em vibrações dançantes.
Que o meu nariz, apesar de trapalhão seja a fonte de ar puro
Para que o meu corpo poder respirar e viver.
Que a minha boca, possa transmitir coisas bonitas
Possa ditar e escrever poemas do além,
Murmurar palavras sinceras e frases interessantes.
Que as minhas mãos, sejam quentes e macias
Sejam alvo de tocar suavemente, de mimar delicadamente,
De sentir e saborear cada pedaço de mim, de ti, de tudo.
Que o meu sexto sentido seja um travão dos actos irreais,
E um acelerador de factos e pensamentos reais,
Seja um dispositivo de escolher entre o bem e o mal,
Entre a vantagem e desvantagem, entre a alegria e a tristeza.
Que a minha mente, seja a consciência de todos os momentos
Que possa ser, estar, viver tranquilamente.
Seja um baú de eternas recordações e memórias.
Que o meu coração seja a fonte de mais alegrias e vivências
Do que das tristezas, desilusões, dor e sofrimento.
Seja grandioso para amar todos os me rodeiam,
Seja aberta para poder oferecer mais do que receber.
Que o meu corpo, seja o ideal em todas as alturas da vida,
Mesmo que tenha de ir fonte e ser saciada,
Mesmo que precise de ser relaxada,
Mesmo ser seguida sob dedos para ser mimada,
Em cada curva, em cada monte, em cada cicatriz.
Ser uma mera sobrevivente deste mundo,
Sobre estes sentidos do meu ser.
Ter a força de aumentar mais o meu Amor
Ter a força de viver cada precioso momento, minuto
Viver e relembrar cada sonho, cada episodio magnifico,
Aproveitar cada nascer do dia
E que possa sentir no limiar do horizonte,
E em todos os dias da minha vida,
Eu nunca estarei sozinha
O Amor é grandioso e estará sempre comigo.

quarta-feira, 16 de março de 2011

O que é o Sexo, afinal?

* Segundo o médico é uma doença, porque termina quase sempre na cama.
* Segundo o advogado é uma injustiça, porque sempre há um que fica por baixo.
* Segundo o engenheiro é uma máquina perfeita, porque é a única em que se trabalha deitado.
* Segundo o arquitecto é um erro de projecto, porque a área de lazer fica muito próxima á área de saneamento.
* Segundo o político é um acto de democracia perfeito, porque todos gozam independentemente da posição.
* Segundo o economista é um desajuste, porque entra mais do que sai. Às vezes, nem se sabe o que é activo ou passivo.
* Segundo o contador é um exercício perfeito: põe-se o bruto, faz-se o balanço, tira-se o bruto e fica o líquido. Podendo, na maioria dos casos, ainda gerar dividendos.
* Segundo o matemático é uma perfeita equação, porque a mulher coloca entre parênteses, eleva o membro à sua máxima potência, e lhe extrai o produto, reduzindo-o à sua mínima expressão.
* Segundo o psicólogo, é fodido de explicar…

terça-feira, 15 de março de 2011

Olhar vazio...

segunda-feira, 14 de março de 2011

Idade

Se for ver a idade pela idade,
Já tenho idade para ter juízo.
A melhor idade, idade perfeita
É aquela que não contamos o tempo
Mas sim, podermos viver o tempo
Proporcionar felicidade a nós mesmos
E a todos ao nosso redor.
Até quando dura a idade
De um ser humano, de uma vida
Até que a idade nos permitir viver
Até que o corpo, nos deixar levar
Até aonde a minha cabeça nos levar.
Não me perguntem a idade,
Porque não tenho idade para isso.
Dêem-me menos dez anos de idade,
Pois ninguém me dá a idade que tenho.
Tira-me idade á idade
E fico com idade de uma eterna jovem.

domingo, 13 de março de 2011

Anos...mimos...


Nessa fase da vida é bom fazer anos, é bom voltar o tempo atrás
Voltar a ser criança, voltar a ter mimos da família, amigos e amigas.
Por vezes, os dias passam, o tempo é escasso para tantas coisas
E nós compreendemos, recordar anos é difícil
Olhando para o telemóvel, eu pensava:
Eu sei, é domingo, dia da família. Faltou tanta gente…
Mas ao chegar nesta nova tecnologia,
Ver tanta gente… Ver tantos mimos,
Encheu-me o coração de alegria.
Ser lembrada no dia dos anos, é um sentimento agradável,
Mesmo que seja apenas uma palavra, um sorriso, um beijo…
Espero estar muitos e muitos anos, na vossa companhia
Com saúde, com alegria, com um o meu eterno sorriso
E com o jardim recheados de amigos e amigas
De longa data ou de pouca data, fazem parte de mim
Obrigada a todos e todas pelo vosso imenso carinho…
E beijos....

sábado, 12 de março de 2011

Um milhão de pessoas na Avenida da Liberdade...

12 de Março de 2011 - Um milhão de pessoas na Avenida da Liberdade pela demissão de toda a classe política

Este e-mail vai circular hoje e será lido por centenas de milhares de pessoas. A guerra contra a chulice, está a começar. Não subestimem o povo que começa a ter conhecimento do que nos têm andado a fazer, do porquê de chegar ao ponto de ter de cortar na comida dos filhos!

Estamos de olhos bem abertos e dispostos a fazer -quase-nada, para mudar o rumo deste abuso.

Todos os ''governantes'' [a saber, os que se governam...] de Portugal falam em cortes de despesas - mas não dizem quais - e aumentos de impostos a pagar.

Nenhum governante fala em:

1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, etc.) dos três Presidentes da República retirados;

2. Redução dos deputados da Assembleia da República e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países a sério. Reforma das mordomias na Assembleia da República, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do pagode;

3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;

4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de euro/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.

5. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? E os aparelhos não são verificados porquê? É como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros e não são verificados como podem ser auditados?

6. Redução drástica das Câmaras Municipais e Assembleias Municipais, numa reconversão mais feroz que a da Reforma do Mouzinho da Silveira, em 1821, etc...;

7. Redução drástica das Juntas de Freguesia.. Acabar com o pagamento de 200 euros por presença de cada pessoa nas reuniões das Câmaras e 75 euros nas Juntas de Freguesia.

8. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas actividades;

9. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;

10. Acabar com os motoristas particulares 20 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, os filhos das amantes...

11. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado;

12. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc;

13. Acabar com o vaivém semanal dos deputados dos Açores e Madeira e respectivas estadias em Lisboa em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes

14. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós) que nunca está no local de trabalho. Então em Lisboa é o regabofe total. HÁ QUADROS (directores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES....;

15. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir tachos aos apaniguados do poder - há hospitais de província com mais administradores que pessoal administrativo. Só o de PENAFIEL TEM SETE ADMINISTRADORES PRINCIPESCAMENTE PAGOS... pertencentes ás oligarquias locais do partido no poder...

16. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar;

17. Acabar com as várias reformas por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Estado.

18. Pedir o pagamento dos milhões dos empréstimos dos contribuintes ao BPN e BPP;

19. Perseguir os milhões desviados por Rendeiros, Loureiros e Quejandos, onde quer que estejam e por aí fora.

20. Acabar com os salários milionários da RTP e os milhões que a mesma recebe todos os anos.

21. Acabar com os lugares de amigos e de partidos na RTP que custam milhões ao erário público.

22. Acabar com os ordenados de milionários da TAP, com milhares de funcionários e empresas fantasmas que cobram milhares e que pertencem a quadros do Partido Único (PS + PSD).

23. Assim e desta forma Sr. Ministro das Finanças recuperaremos depressa a nossa posição e sobretudo, a credibilidade tão abalada pela corrupção que grassa e pelo desvario dos dinheiros do Estado ;

24. Acabar com o regabofe da pantomina das PPP (Parcerias Público Privadas), que mais não são do que formas habilidosas de uns poucos patifes se locupletarem com fortunas à custa dos papalvos dos contribuintes, fugindo ao controle seja de que organismo independente for e fazendo a "obra" pelo preço que "entendem"...;

25. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os biltres que fizeram fortunas e adquiriram patrimónios de forma indevida e à custa do País, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controlo, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efectivamente dela precisam;

26. Controlar a actividade bancária por forma a que, daqui a mais uns anitos, não tenhamos que estar, novamente, a pagar "outra crise";

27. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efectivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;

28. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.

29. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu património antes e depois.

30. Pôr os Bancos a pagar impostos

quarta-feira, 9 de março de 2011

domingo, 6 de março de 2011

Música Classica Arpa e Violino! Music Harp And Violin!


Relaxa, deixe-se levar pela música...
Entra pelos ouvidos, passa pela mente...
A energia que passa pelo o corpo...