Meus outros blogs:

domingo, 31 de agosto de 2008

Mysore


Mysore (Maisuru em canarês) é uma cidade do estado de Karnataka, na Índia. Localiza-se no sul do país. Tem cerca de 833 mil habitantes. Foi capital do estado até 1831.

sábado, 30 de agosto de 2008

Bangalore

Estaremos aqui....

Bangalore é a capital e a maior cidade do estado de Karnataka, na Índia. Situa-se a 914 m de altitude e tem cerca de 6 milhões de habitantes. É o centro da indústria de alta tecnologia da Índia. É uma zona turística devido ao seu clima temperado. Embora haja referências históricas a uma assentamento naquele local desde o século IX, a história escrita da cidade começa em 1537.

É a capital tecnológica da Índia, onde se situam mais de 1500 empresas e instituições de pesquisa científica e tecnológica.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Estarei aqui...


Aviao desde as oito da manha até meia-noite...
Mas claro, num avião verdadeiro. Paragem em Londres, mas só para fazer escala. Não podemos sair. Senão perdemos o avião para Bangalore..
Espero dormir o caminho todo..

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Fui de férias...


Finalmente as férias... As desejosas férias e descanso.
De férias... pois...
Com mochila, vacinas, saco de cama, itinerário, viagem de avião de 12 horas...
De volta á India! Calor, frutas, cultura diferente, chinelos... Matar saudades... talvez caçar... animais, bichos...
Tirar fotos as maravilhas da India...A maquina digital não vai ter descanso.
Subir montanhas, nadar nas cascatas.. estar na praia, a sombra das bananeiras..

Foto: da amiga Cardamomo!

Multas da EMEL

Devia ser proibido de passar multas á hora do almoço.
Parei o carro por 20 minutos. Tratar de assunto rápido. Não estacionei em segunda fila, como havia lá muitos.
E qd voltei tinha uma multa no carro, que só reparei, já ia a caminho do trabalho, à mais de 10 minutos, porque a multa estava do lado do pendura.

Ou outra sugestão, em vez de proibir a multas á hora do almoço, deveriam esperar os minutos de tolerancia (os minutos de valor minimo). Pois muita gente, como eu, aproveita a hora do almoço para tratar de assuntos pessoais. De manha, é caótico entrar em Lisboa, ao fim do dia, os serviços publicos ou de assunto pessoal, estão fechados.

Caça através das multas.. TRISTE.. MUITO TRISTE.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Nunca vi uma descrição tão precisa...

O Paraíso é aquele lugar onde o humor é britânico, os cozinheiros são franceses, os mecânicos são alemães, os amantes são portugueses e tudo é organizado pelos suíços.

O Inferno é aquele lugar onde o humor é alemão, os cozinheiros são britânicos, os mecânicos são franceses, os amantes são suíços e tudo é organizado pelos portugueses...

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Vanessa Fernandes doa prémio a instituições de apoio a crianças

Jogos Olímpicos
«Vou doar o prémio da medalha, 22 500 euros, a instituições de apoio a crianças. Espero que ninguém fique chateado, mas é o que quero fazer.Tenho visto muita coisa pelo mundo fora e há muito que penso nisto», afirmou, em declarações ao Diário de Notícias.

Foi um segredo que Vanessa Fernandes manteve escondido, até do pai, Venceslau Fernandes, que até há pouco tempo pensava que o dinheiro iria para a construção de uma casa ou para a abertura de um ginásio.

Vanessa afirmou ainda: Quando voltar «quero ficar sozinha, desaparecer…não tenho paciência para ser figura pública».

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Incêndio no Chiado- 20 anos

Em 25 de Agosto de 1988, aconteceu um dos grandes incêndios em Lisboa na zona da Baixa . O fogo iniciou-se na Rua do Carmo e propagou-se à Rua Garrett.

Muito do comércio tradicional da zona desapareceu, como os Armazéns do Chiado, Jerónimo Martins, Eduardo Martins e outras pequenas lojas e escritórios, alguns já centenários. Dezoito edifícios do século XVIII ficaram completamente destruídos. Cerca de 2.000 pessoas que aí trabalhavam, perderam os seus empregos.
Estiveram envolvidos no combate ao incêndio cerca de 1150 homens e 275 viaturas.
Registaram-se duas vítimas mortais e 73 pessoas ficaram feridas ( na sua esmagadora maioria bombeiros).
O Chiado bonito e renovado que vês agora quando por lá passeias, é obra do grande arquitecto português Siza Vieira, que recuperou esta zona conservando as fachadas originais.
Observa duas fotografias do dia do incêndio, de autoria do Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal de Lisboa.
Recordar um acontecimento como este, faz-nos perceber que é fundamental estarmos atentos e vigilantes !
A prevenir é que a gente se entende!

domingo, 24 de agosto de 2008

Parabéns, Mano!



Parabéns, mano!
Depois do teu discurso, não tenho palavras..

Vulcão Vesúvio

79 - As cidades de Pompeia e Herculano são destruídas pela erupção do vulcão Vesúvio.
O Vesúvio é um vulcão ativo do tipo composto, que expele material em fluxo intenso. Localiza-se em Nápoles, atingindo uma altura de 1281 metros. Antes da tragédia de Pompéia em 79, o Vesúvio encontrava-se inativo havia 1500 anos. Só foram iniciadas escavações na região em 1738. Elas revelaram ruas, paredes de edifícios e até pinturas inteiras.

Pompéia foi outrora uma antiga cidade do Império Romano situada a sensivelmente 22 km da moderna Nápoles, na Itália, no território do atual município de Pompéia. A antiga cidade foi destruída durante uma grande erupção do vulcão Vesúvio em 24 de Agosto do ano 79 d.C..

A erupção do vulcão provocou uma intensa chuva de cinzas que sepultou completamente a cidade, que se manteve oculta por 1600 anos antes de ser reencontrada por acaso. Cinzas e lama moldaram os corpos das vítimas, permitindo que fossem encontradas do modo exato em que foram atingidas pela erupção do Vesúvio. Desde então, as escavações proporcionaram um sítio arqueológico extraordinário, que possibilita uma visão detalhada na vida de uma cidade dos tempos da Roma Antiga.

sábado, 23 de agosto de 2008

Dia da Infância

Uma criança é um ser humano no início de seu desenvolvimento. São chamadas recém-nascidas do nascimento até um mês de idade; bebê, entre o segundo e o décimo-oitavo mês, e criança quando têm entre dezoito meses até onze anos de idade. O ramo da medicina que cuida do desenvolvimento físico e das doenças e/ou traumas físicos nas crianças é a pediatria. Os aspectos psicológicos do desenvolvimento da personalidade, com presença ou não de transtornos do comportamento, de transtornos emocionais, e/ou presença de neurose infantil - incluidos toda ordem de carências, negligências, violências e abusos, que não os deixa "funcionar" saudavelmente, com a alegria e interesses que lhes são natural - recebem a atenção da Psicologia Clínica Infantil (Psicólogos), através da Psicoterapia Lúdica. Os aspectos cognitivos (intelectual e social) é realizada pela Pedagogia (Professores), nas formalidades da vida escolar, desde a pré-escola, aos cinco anos de idade, ou até antes, aos 3 anos de idade.

A infância é o período que vai desde o nascimento até aproximadamente o décimo-primeiro ano de vida de uma pessoa. É um período de grande desenvolvimento físico, marcado pelo gradual crescimento da altura e do peso da criança - especialmente nos primeiros três anos de vida e durante a puberdade. Mais do que isto, é um período onde o ser humano desenvolve-se psicologicamente, envolvendo graduais mudanças no comportamento da pessoa e na adquisição das bases de sua personalidade.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

TRIMURTI (OS TRÊS ROSTOS)

RITMOS DIVINOS DA ÍNDIA ATÉ BELÉM.
22, 23 e 24 Ago 2008 - 21:30
PRAÇA DO MUSEU

ENTRADA LIVRE

TARIKAVALI
Da Índia chega-nos a Bharata-Natyam, dança em que linhas simétricas e geometricamente perfeitas se juntam a movimentos vivos, como piruetas e saltos, tendo como base os ritmos complexos do batimento de pés. À técnica pura junta-se a abhinaya: as expressões do rosto acompanhadas de gestos das mãos e de posturas do corpo para interpretar os poemas e os hinos cantados. Os músicos chegaram de Bangalore para actuar no Festival Fora de Si no CCB - Lisboa.

Bharatanatyam é uma dança clássica indiana originada em um estado do sul chamado Tamil Nadu. Trata-se de uma reconstrução do século XX do Cathir, a arte dos dançarinos dos templos.

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Guilhotina

1792 - A guilhotina é utilizada pela primeira vez durante a Revolução Francesa, para executar um nobre após um rito sumário. A guilhotina é um instrumento utilizado para aplicar a pena de morte por decapitação.

O aparelho é constituído de uma grande armação reta (aproximadamente 4 m de altura) à qual é suspensa uma lâmina triangular pesada (cerca de 40 kg). A lâmina é guiada à parte superior da armação por uma corda, e fica mantida no alto até que a cabeça do condenado seja colocada sobre uma barra que a impede de se mover. Em seguida, a corda é liberada e a lâmina cai de uma distância de 2,3 metros, seccionando o pescoço da vítima. (As medidas e peso indicados são os das normas francesas).

Foi o médico francês Joseph-Ignace Guillotin (1738-1814) que sugeriu o uso deste aparelho na aplicação da pena de morte. Guillotin considerava este método de execução mais humano do que o enforcamento ou a decapitação com um machado. Na realidade, a agonia do enforcado podia ser longa, e certas decapitações a machado não cumpriam seu papel ao primeiro golpe, o que aumentava consideravelmente o sofrimento da vítima. Guillotin estimava que a instantaneidade da punição era a condição necessária e absoluta de uma morte decente.

Mas não foi ele o inventor desse aparelho de cortar cabeças, usado muitos séculos antes. Guillotin, na verdade, apenas sugeriu sua volta na Revolução Francesa como eficiente método de execução humana. O aparelho serviu para decapitar 2794 "inimigos da Revolução" em Paris.

No primeiro projeto de guilhotina havia uma lâmina horizontal. Foi o doutor Louis, célebre cirurgião da época, que preconizou, em um relatório entregue em 7 de março de 1792, a construção de um aparelho a lâmina oblíqua, única maneira de matar todos os condenados com certeza e rapidez, o que era impossível com uma lâmina horizontal.

Calculam-se 15 mil vítimas da guilhotina entre 1792 e 1799.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Razão do Blog..

Quantas e quantas vezes, venho ao encontro deste blog reler todas as palavras que escrevi e que vou continuar a escrever.
Algumas da minha autoria, outras curiosidades da vida, outras parte da nossa cultura e conhecimento, outras são sensações despertadas por palavras dos outros… São inúmeras as vezes que dou por mim a reviver cada momento escrito, não tem dia marcado, nem hora, apenas quando sinto necessidade.

Sinto neste blog, como um local onde me encontro a sós com a paz, um alivia de palavras que voam e rebolam no pensamento.
Poderia escrever num bloco branco ou num livro, mas neste blog, sinto a necessidade de expor as minhas palavras aonde alguém os lê, aonde alguém pode ver o interior de mim... Conhecerem um pouco de mim, da menina recatada e tímida.

É engraçado, quando comecei a mexer mais no meu blog.
Foi quando as saudades apertaram-me no meu peito.
Foi quando não cabia mais nada dentro de mim.
Foi quando adquiri tantas coisas novas, quando fui á índia.
Foi quando á muito tempo tinha perdido o meu sorriso e a ansiedade de voltar a tê-lo.

É aqui que posso elogiar os meus amigos e amigas.
É aqui que homenageio grandes pessoas, pessoas que já foram…
pessoas que fizeram e fazem parte de mim.
Pessoas que passaram por mim, e deixaram marcas.
Se meu Pai, estivesse aqui, teria um pouco de orgulho em mim, pois nunca escrevi tanto como escrevo agora. E ele que sempre teve o desejo de escrever um livro… Amigas que foram inesperadamente…
Amigas e mana e estão longe e que ao escrever, sinto-me mais perto delas.
Pois sei que elas virão aqui ler, sentir as minhas doces palavras, sentir o carinho transmitido virtualmente.

São muitos anos que faço dele o meu segredo. É nele que confesso o meu amor, os meus sentimentos, as minhas loucuras, as minhas aventuras, os meus desejos. (nem todos...)
Poderei dizer que é um vício escrever para um blog, um vício bom porque faz-me sentir consideravelmente melhor, nada fica aqui dentro porque no fundo sei que algo de bom acontece, e posso descobrir em mim sentimentos que se encontram adormecidos, encontram-se como brasas à espera do vento para atiçar a fogueira, e é por isso que continuo a escrever e depositar neste meu fiel companheiro tudo o que tenho e sinto.

Dir-te-ei que neste momento a minha vida vai sofrendo uma transformação nunca antes esperada. Dou por mim a fazer coisas sem imaginar que pudesse vir a fazer. Com esta transformação, muita coisa desejo realizar, experienciar. São inúmeros os sonhos, as vontades…

Existe "As Palavras que Nunca te Direi..."
aliás nunca escreverei...
há segredos que não posso escrever...
há dores que não se podem expressar por palavras...

sábado, 16 de agosto de 2008

Primeiro longa-metragem de Charles Chaplin

Sir Charles Spencer "Charlie" Chaplin Jr. (Londres, 16 de Abril de 1889 – Corsier-sur-Vevey, 25 de Dezembro de 1977) foi um actor, director, roteirista e músico britânico nascido na Inglaterra.

Seu principal e mais conhecido personagem é conhecido como Charlot, na França e no mundo francófono, na Itália, Espanha, Portugal, Grécia, Romênia e Turquia, e como Carlitos, no Brasil: "O Vagabundo (The Tramp)", um andarilho pobretão que possui todas as maneiras refinadas e a dignidade de um cavalheiro (gentleman), usando um fraque preto esgarçado, calças e sapatos desgastados e mais largos que o seu número, um chapéu-coco ou cartola, uma bengala de bambu e - sua marca pessoal - um pequeno bigode-de-broxa.

Chaplin foi uma das personalidades mais criativas que atravessou a era do cinema mudo; atuou, dirigiu, escreveu, produziu e financiou seus próprios filmes.

Foi também um talentoso jogador de xadrez e chegou a enfrentar o campeão estadunidense Samuel Reshevsky.

1925 - Estréia em Nova York de "Em busca do ouro", primeiro longa-metragem de Charles Chaplin.

Voltar ao Castelo do Bode..

A Albufeira de Castelo do Bode, com mais de 60km de extensão é uma das maiores bacias hidrográficas do País, faz parte do riquíssimo património natural do concelho de Abrantes, sendo hoje, um dos maiores atractivos turísticos deste concelho. Criada no curso do Rio Zêzere e localizada no limite norte do concelho, assume tripla função: de espaço de lazer (possibilitando a prática de desportos, fornecimento de água e produção de energia eléctrica.
Quanto à produção de energia eléctrica, saliente-se uma capacidade de armazenagem de 870hm3 e uma produção de 172,2MVA.
Envolta por pinhais, a Albufeira é um local agradável e de eleição para o recreio e lazer, proporcionando o contacto com a natureza e a prática de várias actividades, como desportos náuticos (vela, remo, canoagem, kayaks, windsurf), a pesca, natação e navegação.
Com um ecossistema rico, resultante da variada vegetação (pinheiro bravo, eucalipto, medronheiro, urze, oliveiras, entre outras espécies arbóreas) e das excelentes condições de desenvolvimento de espécies piscícolas, transformam este local num verdadeiro paraíso natural. Pode-se ainda avistar variadíssima avifauna característica da região, da qual salientamos o raro noitibó-de-nuca-vermelha, e a cegonha branca, assim como, apreciar a flora.

Dia do Pálio de Siena - Itália

Siena (em português também conhecida como Sena) é uma cidade e sede de comuna italiana na região da Toscana, província do mesmo nome, com cerca de 52.775 (ISTAT 2003) habitantes. Estende-se por uma área de 118 km2, tendo uma densidade populacional de 447 hab/km2. Faz fronteira com Asciano, Castelnuovo Berardenga, Monteriggioni, Monteroni d'Arbia e Sovicille.

Siena é universalmente conhecida pelo seu património artístico e pela notável unidade estilística do seu centro histórico, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade.

A sua catedral, iniciada em meados do século XII, é um representativo exemplo da arquitectura gótica italiana. A fachada principal, obra de Giovani Pisano, foi terminada em 1380; no interior pode ver-se o púlpito octogonal apoiado sobre leões de Nicola Pisano, e o seu pavimento de mosaicos. Sob a catedral, no baptistério, encontra-se a magnífica pia baptismal com baixo-relevos de Donatello, Ghiberti, Jacopo della Quercia e outros escultores do século XV.

A praça principal, em forma de meia-lua, é a Piazza del Campo, e é onde se encontra o Palazzo Pubblico (câmara municipal ou prefeitura, século XIV), com o famoso Campanile (campanário), e onde se encontram os afrescos de Simone Martini e Ambrogio Lorenzetti e relevos da Fuente Gaia de Jacopo della Quercia. Nesta praça também está a alta Torre del Mangio. Na Piazza del Campo realiza-se a famosa e emotiva corrida de cavalos chamada Palio di Siena. O Palio é feito duas vezes por ano, a 2 de Julho e 16 de Agosto, com 10 cavalos e cavaleiros, e cada par representa um dos 17 bairros da cidade, designados contrade. Excepcionalmente, em anos de Jubileu realiza-se um terceiro Palio.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Baptizado em..

Alcains é uma freguesia portuguesa do concelho de Castelo Branco, com 37,09 km² de área e 4 928 habitantes (2001). Densidade: 132,9 hab/km².
Aos seus habitantes da-se o nome de Alcainenses. A palavra deriva do árabe: “a igreja”.
Foi elevada a vila a 12 Novembro 1971 pelo Decreto nº 495/71.
A personalidade mais famosa que nasceu na vila de Alcains foi o General Ramalho Eanes, Presidente da República entre 1976 e 1986.

Sobral do Campo é uma freguesia portuguesa do concelho de Castelo Branco, com 31,29 km² de área e 516 habitantes (2001). Densidade: 16,5 hab/km². Situada na margem direita da ribeira da Ramalhosa, dista da sua sede de concelho cerca de 26 km. esteve enquadrada no concelho de S. Vicente da Beira até que este foi extinto, tendo passado para o de castelo Branco em 1895. O seu povoamento data de período muito anterior à formação da Nacionalidade, assinalando vestígios da romanização. Sobre o nome de Sobral, crê-se que advenha da localização, ao redor da freguesia, de um grande conjunto de sobreiros. A nobreza rural terá tido uma implantação na freguesia, testemunhando o referido a existência da Casa Ribeiro do Rosário e da Casa Sarafana. Terra de gente ilustre.
A lenda de Sobral do Campo
Sobral do Campo não se situa onde se fundou. Ficava situado junto ao Ramalhoso onde nascia o sol. As formigas provocavam a cegueira às crianças e então o Sobral do Campo foi mudado. Antigamente, as pessoas tinham porcos, vacas e ovelhas e a certa altura os animais começaram a adoecer. Posto isto, as pessoas fizeram uma promessa ao Santo António: se os animais recuperassem, todos os anos haveria uma festa em homenagem ao Santo António. E assim foi, todos os anos se realiza a Festa de Santo António.
A nossa aldeia tem as suas tradições em Culinária e Gastronomia muito ricas, que, têm vindo de geração em geração, as suas receitas são bem distintas: na sua doçaria como os bolos de leite delicioso, os Borrachões com o seu paladar agradável, e o famoso Bolo de ovos muito apreciado pelo seu autentico sabor, o Arroz doce de leite é cremoso e apetitoso, a sua Tigelada é um doce por excelência pela sua delícia como doce regional e tradicional nas festas dos Sobralenses.Os seus pratos típicos são muito apetitosos e apreciados pelos seus habitantes de forma agradável, o Ensopado de borrego e de cabrito dá o seu grande apetite de bem comer, a especialidade com muita tradição na nossa aldeia o seu Sarrabulho de cabra e de ovelha ,com o seu paladar para um bom manjar nas suas festividades.

Capela Sistina

A Capela Sistina é uma capela situada no Palácio Apostólico, residência oficial do Papa na Cidade do Vaticano, erigida entre os anos 1475 e 1483, durante o pontificado do Papa Sisto IV. A Celebração Eucarística de inauguração ocorreu em 15 de Agosto de 1483.

Era um projecto relativamente simples e despretensioso, no início, destinado ao culto particular dos papas e da alta hierarquia eclesiástica, contudo, fruto de uma época de expansão política e territorial da Santa Sé, viria a tornar-se num dos símbolos desta, tamanha magnificência adquiriu.

A celebridade da capela deve-se, também, ao facto de nela se realizarem os conclaves para a eleição do Sumo Pontífice da Igreja Católica Romana.

A Entrega das Chaves a São Pedro - Perugino ->
Precisamente, na parede esquerda, a partir do altar, estão as cenas do Velho Testamento a representar:
1 – Moisés a caminho do Egito e a circuncisão de seus filhos, obra de Pinturicchio;
2 – Cenas da Vida de Moisés, de Botticelli;
3 – Passagem do Mar Vermelho, de Cosimo Rosselli;
4 – Moisés no Monte Sinai e a Adoração do Bezerro de Ouro, de Rosselli;
5 – A Punição de Korah, Natan e Abiram, de Botticelli;
6 – A Morte de Moisés, de Lucas Signorelli.
Na parte direita, também a partir do altar, as cenas do Novo Testamento:
1 – O Batismo de Jesus, de Pinturicchio;
2 – Tentação de Cristo e a Purificação do Leproso, de Botticelli;
3 – Vocação dos Apóstolos, de Ghirlandaio;
4 – Sermão da Montanha, de Rosselli,
5 – A Entrega das Chaves a São Pedro, de Perugino;
6 – A Última Ceia,de Rosselli.

Vista do tecto da Capela Sistina, projetada por Michelangelo ->
Na realização desta grandiloqüente obra concorreram amor e ódio. Michelangelo teria feito este trabalho contrariado, convencido que era mais um escultor que um pintor. Encarregado pelo Papa Júlio II, sobrinho de Sisto IV, de pintar o teto da capela, julgou ser um conluio de seus rivais para desviá-lo da obra para a qual havia sido chamado a Roma: o mausoléu do Papa. Mas dedicou-se à tarefa e o fez com tanta mestria que praticamente ofuscou as obras primas de seus antecessores na empresa. Os afrescos no teto da Capela Sistina são, de facto, um dos maiores tesouros artísticos da humanidade.
É difícil acreditar que tenha sido obra de um só homem, pois dispensara os assistentes que havia contratado inicialmente, insatisfeito com a produção destes, e que o mesmo ainda encontraria forças para retornar ao local, duas décadas depois, e pintar na parede do altar, sacrificando, inclusive, alguns afrescos de Perugino, o Juízo Final, entre 1535 e 1541, já sob o pontificado de Paulo III.

O Juízo Final (Michelangelo) ->
A parede do altar foi destinada a conservar a maior pintura na qual Michelangelo dedicou, desde 1534, todo seu engenho e força: o Juízo Final.
O afresco ocupa inteiramente a parede atrás do altar. Para sua execução, duas janelas foram fechadas e algumas pinturas da época de Sisto IV apagadas: os primeiros retratos de papas; a primeira cena da vida de Cristo e a primeira da vida de Moisés. Uma imagem da Virgem da Assunção de Perugino, e os afrescos das duas lunettes, onde o próprio Michelangelo havia pintado os ancestrais de Cristo.

A grandiosidade da personalidade do grande mestre se revela aqui, com toda sua potência, devido sobretudo à concepção e a força de realização da obra.

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Lembram-se...disto!


O meu colega H.R. pôs a tocar esta música na sala..
Veio-me um sorriso...
Que há muito tempo, não ouvia!
Ouçam e sorriam...

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Quem não se lembra do Hitchcock ??

Alfred Joseph Hitchcock (Londres, 13/08/1899 -Los Angeles, 29/04/1980) foi um cineasta britânico/norte-americano, considerado o mestre dos filmes de suspense, sendo um dos mais conhecidos e populares realizadores de todos os tempos.
-O Homem Que Sabia Demais
-Os 39 Degraus
-Rebecca
-Quando Fala o Coração
-Janela Indiscreta
-Um Corpo Que Cai
-Intriga Internacional
-Psicose
-Os Pássaros

Muro de Berlim

O Muro de Berlim (Berliner Mauer em alemão) foi uma realidade e um símbolo da divisão da Alemanha em duas entidades estatais, a República Federal da Alemanha (RFA) e a República Democrática Alemã (RDA). Este muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes: Berlim Ocidental (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos da América; e Berlim Oriental (RDA), constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime soviético. Construído na madrugada de 13 de Agosto de 1961, dele faziam parte 66,5 km de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas electrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para ferozes cães de guarda. Este muro provocou a morte a 80 pessoas identificadas, 112 ficaram feridas e milhares aprisionadas nas diversas tentativas de o atravessar.

O Muro de Berlim caiu no dia 9 de Novembro de 1989, acto inicial da reunificação das duas Alemanhas, que formaram finalmente a República Federal da Alemanha, acabando também a divisão do mundo em dois blocos. Muitos apontam este momento também como o fim da Guerra Fria.

O governo de Berlim incentiva a visita do muro derrubado, tendo preparado a reconstrução de trechos do muro. Além da reconstrução de alguns trechos está marcado no chão o percurso que o muro fazia quando estava erguido.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

A vida continua...

Nem tudo é um mar de rosas, por isso, é que as rosas têm espinhos...
Nem tudo é perfeito, por isso é o que os seres humanos erram...
Nem tudo é redondo, senão tudo andava ás voltas...

Não se pode brincar com o fogo, senão queima-se...
Não se pode provocar pessoas erradas, existem consequências...
Não se pode lançar feitiços, pode o feitiço virar contra o feiticeiro...

Não se pode viver por uma razão, pois há muitos objectivos e metas...
Não se pode dizer "desta agua, não beberei", um dia, a água pode virar pura...
não se pode dizer, que nada acontece, tudo tem o seu tempo para acontecer...

Não podemos prender a ninguém, a vida é sempre para a frente...
Não podemos magoar os que amamos, a dor cai sobre nós...
Não podemos ter na lingua a palavra "Não", na vida tudo é possivel...

sábado, 9 de agosto de 2008

Juanes

Juan Esteban Aristizabal (Medellín, Colômbia, 9 de agosto de 1972) conhecido como Juanes é um cantor, compositor e guitarrista colombiano.

Juan Esteban Aristizabal, que assina apenas como Juanes, nasceu em Medellín, na Colômbia. O Cantor, compositor e guitarrista Juanes é hoje um dos principais nomes da música latina. Vencedor de vários Grammys e reconhecido em diversos países, sua família, também de músicos, sempre o incentivaram a tocar guitarra desde pequeno. O resultado foi a formação do primeiro grupo com 15 anos, o Ekhymosis, que nasceu na Colômbia em 1990.

Site Oficial de Juanes

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

08-08-08

Mudança de decada em data capicua,
é uma comemoração de um dia muito especial,
Tal como, os chineses dizem,
num dia de sorte e prosperidade.

Também, marca neste dia
a inauguração dos Jogos Olimpicos de 2008
que serão abertos às 8 horas e 8 minutos da noite do dia 8 do 8º mês de 2008
data que tradicionalmente para a comunidade chinesa
proporciona condições perfeitas de sorte e prosperidade.

Parabéns C.M.!
Felicidades!

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

42 anos depois...

A inauguração da ponte sobre o rio Tejo é, sem dúvida, um dos acontecimentos mais importantes do ano de 1966. O sonho de atravessar o rio "longe da água", sobre rodas, estava concretizado. Quanto ao nome da ponte, Salazar, era uma circunstância cuja época e o poder assim obrigava. Uma ponte que só mais tarde seria rebaptizada para ponte 25 de Abril, precisamente a data que marcou o fim de mais de 40 anos de uma ditadura iniciada pelo próprio Salazar.

Para a operação de transmissão da inauguração da ponte moveram-se, na altura, todos os meios humanos e técnicos possíveis e disponíveis. As estações de televisão espanhola e francesa deram o seu apoio. Ao comando da operação estava o realizador Hélder Mendes, que coordenava 12 câmaras - 6 na margem sul, 3 na margem norte, uma num carro que se movimentava na ponte, outra colocada no topo de um dos pilares da ponte e a última num helicóptero, preciosa ajuda da Força Aérea. A razão do helicóptero foi dada pelas palavras dos organizadores da operação da altura: só do ar se podia dar a noção real da grandiosidade da obra.

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Em 06 de agosto de 1945, Hiroshima e o Mundo conheciam o poder da bomba atômica

Em 30 de abril de 1945, em meio à tomada de Berlim pelas tropas soviéticas, Adolf Hitler cometia suicídio, e o almirante Doenitz formava novo governo, pedindo o fim das hostilidades. A capital alemã é ocupada em 2 de maio. Alguns dias depois, no dia 7, a Alemanha rendia-se incondicionalmente, em Reims.

A Segunda Guerra estava praticamente terminada. Os conflitos restantes aconteciam no Pacífico. E foi no Japão, mais precisamente em Hiroshima e Nagasaki, que a humanidade conheceu a mais terrível criação da tecnologia. Em 06 de agosto de 1945, era lançada a primeira bomba atômica em alvo humano.

Hiroshima, 6 de agosto de 1945 - 8h45min
A Guerra estava no fim, e Hiroshima permanecia intacta. O governo incentivava todos a manter as atividade cotidianas. Nesse momento, os japoneses ouviram o alarme indicando a aproximação de um avião inimigo. Era um B-29, batizado de "Enola Gay", pilotado por Paul Warfield Tibbets Jr. Do avião, foi lançada a primeira bomba atômica sobre um alvo humano, batizada "Little Boy".

Instantaneamente, os prédios desapareceram junto com a vegetação, transformando Hiroshima num campo deserto. Num raio de 2 quilômetros, do hipocentro da explosão, tudo ficou destruído. Uma onda de calor intenso, emitia raios térmicos, como a radiação ultravioleta. O B-29 Enola Gay, aterrissa em sua base, após ter lançado a bomba atômica sobre Hiroshima.

Um dia após a explosão, os escombros em Hiroshima eram cobertos por uma tênue cortina de fumaça. Os sobreviventes vagavam sem saber o que havia atingido a cidade. Quem estava a um quilômetro do hipocentro da explosão, morreu na hora. Alguns tiveram seus corpos desintegrados. O que aumentou o desespero dos que nunca vieram a confirmar a morte de seus familiares.

Quem sobreviveu, foi obrigado a conviver com males terríveis. O calor intenso levou a roupa e a pele de quase todas as vítimas. Vários incêndios foram causados pelos intensos raios de calor emitidos pela explosão. Vidros e metais derreteram como lavas.

Uma chuva preta, oleosa e pesada, caiu ao longo do dia. Essa chuva continha grande quantidade de poeira radioativa, contaminando áreas mais distantes do hipocentro. Peixes morreram em lagoas e rios, e pessoas que beberam da água contaminada tiveram sérios problemas durante vários meses.

O cenário da morte era assustador. As queimaduras eram tratadas com mercúrio cromo pela falta de medicamento adequado.

Não havia comida e a água era suspeita. A desinformação era tanta que muitos japoneses saíram de suas províncias para tentar encontrar seus familiares em Hiroshima. Corriam o maior risco pós-bomba: a exposição à radiação.

Não se sabe exatamente porque Hiroshima foi escolhida como alvo inaugural da bomba atômica. Uma explicação considerada plausível, é pelo fato de a cidade estar centrada em um vale. As montanhas fariam uma barreira natural, o que ampliaria o poder de impacto da bomba. Conseqüentemente, conheceriam a capacidade de destruíção nuclear com mais precisão. Outra explicação é baseada no fato de Hiroshima ainda não ter sido atingida por nenhum ataque. Isso, aliado à proteção das montanhas, daria a medida exata da destruição da bomba nunca antes testada.

De concreto, sobraram os horrores de uma arma nuclear, com potência eqüivalente a 20 mil toneladas de dinamite. Ainda hoje, passados 58 anos da explosão da primeira bomba atômica, o número de vítimas continua sendo contabilizado, já ultrapassando 250 mil mortos.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Toque para menores que 30 anos..

Os adolescentes ingleses arranjaram um toque de telemóvel tão especial que os adultos não conseguem ouvi-lo.

O novo toque, à prova de maiores de 30 anos, é semelhante a um apito. Emitido numa frequência de 17 kilohertz, produz um ultra-som - tão agudo que o ouvido adulto já não é capaz de escutar, devido à perda gradual de audição que acontece à medida que envelhecemos.

Ninguém sabe muito bem quem conseguiu inventar este toque. Sabe-se apenas que a ideia se baseia num alarme criado pela Compound, uma pequena empresa de segurança britânica. O mais curioso é que o objectivo desse alarme, chamado Mosquito, é, precisamente, irritar os ouvidos dos adolescentes que passam demasiado tempo a namorar as lojas, sem comprar nada, ou a provocar distúrbios que atrapalham o negócio. Um altifalante emite o beep ultra-sónico e, ao fim de poucos minutos, garante a empresa, não há teenager que aguente. O ruído é incómodo para quem tem menos de 18 anos, mas inaudível a partir dos 30.

Agora, os miúdos ingleses arranjaram um modo de conseguir usar essa mesma frequência - inaudível para os adultos - num toque de telemóvel.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Casal de irlandeses vive em casa "invisível"

Paredes inclinadas refletem a vegetação e integra casa e natureza.
Até mesmo no Google Earth fica difícil localizar a residência do casal de artistas.Casal de irlandeses vivem em casa invisível.

Foi em uma tarde de agosto, em uma vila rural da cidade de Dromahair, condado de Leitrim, na Irlanda do Norte, que o casal de artistas Joe Walker e Grace Weir descobriu que moravam em uma casa invisível.
Veja galeria de fotos da casa invisível
Ao subirem em uma montanha e olharem para trás, Joe e Grace viram que a casa que construíram, com vidros inclinados nas paredes que refletem a vegetação e telhado coberto de grama, havia desaparecido.
Em 2001, quando os artistas viviam em um pequeno apartamento na capital Dublin e resolveram construir uma casa de campo, eles não contavam que iriam viver um dia em um local onde ficariam invisíveis até mesmo aos "olhos" do Google Earth.
(Foto: New York Times)
Construção inovadora surpreendeu até o casal de artistas, dono da casa.
Na época, o único pensamento do casal era não estourar o orçamento de 50 mil libras irlandesas (cerca de R$ 120 mil) na construção de seu pequeno paraíso.
A casa foi baseada em um livro de estudos publicado em 1972 pelo arquiteto Jack Flitzsimons, considerado a bíblia da inovação em arquitetura inovadora.
Dominic Stevens foi o arquiteto local que aceitou o desafio do casal: construir algo inovador, que usasse a paisagem local e com um custo relativamente baixo.
Em Paris, o arquiteto buscou a inspiração para a construção das paredes de vidro inclinadas, que refletem mais o verde da grama que o azul do céu.
A ideía era fazer da casa um espaço vivo, que flutuasse em meio à vegetação.
A ideía de um jardim no telhado, foi baseada em um vídeo exibido na Bienal de Arquitetura de Veneza, em 2001.
Cinco anos mais tarde, o projeto do casal de artistas foi concluído.
A idéia, de usar o local apenas como uma casa de campo, foi logo repensada após as primeiras impressões da casa, cercada por uma paisagem exuberante.

domingo, 3 de agosto de 2008

Vendidas!!

Vendidas! - Zana Muhsen
Zana e Nadia, filhas de pai iemenita e mão britânica, vivem em Inglaterra. Um dia, após o início daquilo que pensavam ser umas férias de sonho, viram-se casadas à força numa aldeia perdida do Iémen, onde vieram a sofrer toda a casta de violências e humilhações. Após oito anos de luta, Zana conseguiu fugir. Mas Nadia, a sua filha e um sobrinho continuam ainda prisioneiros. Zana e a mãe juraram a si próprias fazê-los sair do Iémen...

Vendidas pela Mãe...

Depois da morte do pai, duas irmãs foram vendidas a casais diferentes.. Cresceram, fizeram a sua vida e hoje têm uma sabedoria culinária, fora do normal.. Passado muitos e muitos anos, começaram a sentir falta de alguma coisa, as saudades da irmã que um dia, foram separadas á força.. Por força do destino e por força de amizade conseguiram juntar as duas irmãs. Todos, amigos, familiares, choram de alegria, a junção, o reencontro das duas irmãs..

A Unicef calcula que existam cerca de 200 mil crianças traficadas, todos os anos, na África Austral. No Gana há crianças que são vendidas pelos próprios pais por menos de 30 euros. Traficadas aos três ou quatro anos, estas crianças trabalham 14 horas por dia, sete dias por semana no Lago Volta, o maior lago artificial do Mundo. Abandonadas por aqueles que as deveriam proteger, estas crianças são mantidas em cativeiro pelos homens que as compraram. São explorados, maltratados e vivem em ilhas isoladas de onde não conseguem fugir.

sábado, 2 de agosto de 2008

Gêmeos siameses voltam ao noticiário internacional

-Garotos egípcios fazem testes para avaliação de risco cirúrgico;

-Siamesas americanas crêem que problema seja da vontade de Deus.
Uma nunca viu o rosto da outra a não ser por espelho.

-Separação de siamesas chinesas durou sete horas; Vinte médicos e enfermeiras participaram e não serão necessárias novas cirurgias para complementação.

-Siamesinhas recém-nascidas estão na incubadora. Elas tem apenas um coraçãozinho!

Clique Aqui!

Tartaruguinha siamesa

Animal da espécie tigre d'água foi encontrado na natureza por um coletor de animais.

Loja de animais cuida do quelônio, que provavelmente seria predado em seu habitat.

Uma tartaruguinha da subespécie tigre-d'água-americano (Trachemys scripta elegans) surpreendeu o dono de um aquário na cidade de East Norriton (Pensilvânia, Estados Unidos).

Ela foi encontrada na natureza por um coletor de animais exóticos e parece ser um caso de "gêmeos siameses" entre répteis, com duas cabeças e quatro patas dianteiras.

Apesar da aparência bizarra, o animal parece saudável, diz seu descobridor.

O animal, apesar de saudável, provavelmente morreria em seu habitat natural, porque nada de forma estranha e viraria um alvo fácil para predadores, diz Jay Jacoby, gerente do Big Al's Aquarium Supercenter, em East Norriton.

Ele disse que sua loja vai manter o animal em exposição para os visitantes.

O bicho tem apenas dois meses e possui só um par normal de patas traseiras, além de uma cauda única.

Ainda não recebeu nome.

A espécie pode viver entre 15 anos e 20 anos, segundo Jacoby.

Chutney de Coentros

1 bom molho de coentros;
2 colheres de sopa de coco ralado;
1 pimento verde cortado aos bocados;
1 bocado de gengibre ralado (mais ou menos 1 colher de sopa);
2 dentes de alho;
1 cebola pequena;
sumo de 1 limão;
sal qb;
1 colher de café de açúcar

Moer tudo com o pilão ou na picadora, até obter uma pasta boa para barrar.
Guardar em frasco de vidro, de preferência no frigorífico (depois de encetar o frasco).
Manter fresco.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Mana, sempre em contacto..



O aperto já começei a sentir, as saudades já começa a crescer, mas também sei, que temos a possibilidade de manter o contacto todos os dias, a toda a hora, como quisermos..

Se a Saudades apertar muito, telefonamos para o aviao e em menos de duas horas, estamos juntos, FOREVER TOGETHER...

Agora, eu estou contigo, tu estás comigo... Manas Sempre de coração, alma e sangue..

Tango...

Agosto

MÊS: AGOSTO
FLOR: PAPOULA
FADA: POPPY

A papoula é a planta oriental que contém o ópio, usado há séculos. Foram encontradas nos túmulos dos egípcios há três mil anos atrás.
De acordo com uma lenda grega, a papoula foi criada por Somnus, deus do sono, para ajudar Ceres, a deusa do milho, que completamente esgotada pela busca de sua filha perdida, não conseguia mais fazer o milho crescer. As sementes da papoula ajudaram-na a dormir e após o descanso, o milho cresceu outra vez. Os gêmeos Hypnos e Thanatos foram representados coroados com papoulas ou as carregando nas mãos. Por certo, os gregos já tinham o conhecimento que o sono induzido pelo ópio pode causar a morte.
A fada poppy se apresenta com aspecto de uma moça madura, cujo rosto reflete uma seriedade interior que pode assustar a todo aquele que a vê, entretanto na realidade, se trata de um espírito sonhador que está concentrada em seus próprios sonhos. Veste-se de vermelho e sua pele é negra, e gosta de rodear-se das pétalas da papoula. Sua canção preferida é a seguinte:

“Aqui estou, elegante e esbelta”.
E entre o verde trigo espigado,
Cantando a minha seda escarlate,
Como a cotovia trina no alto.
Agora está pelado o trigal,
Pois a colheita chegou ao seu fim,
Todavia, esplêndida e jovial,
Eu ainda permaneço aqui.
Quer me ver?
Então se aproxime!