Meus outros blogs:

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Caixa Geral de Aposentações

Escandalosamente ... mais um!!! E não nos venham dizer ... os bem instalados ... que somos um povo mesquinho e ... invejoso!!!Não podemos é calar a revolta.... Parece que merecemos esta sina...

Marques Mendes - Novo Pensionista !
Aos 50 anos de idade e com 20 anos de descontos como Deputado,Marques Mendes acaba de requerer a Pensão aque tem direito, no valor mensal vitalício de2.905 euros mensais. Contudo, um trabalhador normal tem de trabalhar até aos 65 anos e ter uma carreira contributiva completa durante 40 anos para obter uma reforma de 80% da remuneração média da sua carreira contributiva.

" Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas..."

Guerra Junqueiro escrito em 1886

terça-feira, 29 de abril de 2008

Dia Internacional da Dança

O Dia Internacional da Dança vem sendo celebrado no dia 29 de abril, promovido pelo Conselho Internacional de Dança (CID), uma organização interna da UNESCO para todos tipos de dança.

A comemoração foi introduzida em 1982 pelo Comitê Internacional da Dança da UNESCO. A data comemora o nascimento de Jean-Georges Noverre (1727-1810), o criador do balé moderno.

Entre os objetivos do Dia da Dança estão o aumento da atenção pela importância da dança entre o público geral, assim como incentivar governos de todo o mundo para fornecerem um local próprio para dança em todos sistemas de educação, do ensino infantil ao superior.

Enquanto a dança tem sido uma parte integral da cultura humana através de sua história, não é prioridade oficial no mundo. Em particular, o prof. Alkis Raftis, então presidente do Conselho Internacional de Dança, disse em seu discurso em 2003 que "em mais da metade dos 200 países no mundo, a dança não aparece em textos legais (para melhor ou para pior!). Não há fundos no orçamento do Estado alocados para o apoio a este tipo de arte. Não há educação da dança, seja privada ou pública".

Catarina de Siena

Catarina de Siena (25 de Março 1347 - 29 de Abril 1380) foi uma leiga da Ordem Terceira de São Domingos, venerada como Santa Catarina na Igreja Católica. Catarina de Siena foi ainda uma personagem influente no Grande Cisma do Ocidente.

Catarina nasceu em Siena, Itália no dia 25 de março do ano 1347, sendo a 24ª filha de um tintureiro chamado Giacomo di Benincasa. Os seus pais eram burgueses comerciantes, com forte sentido religioso e familiar, próprio do seu tempo.

Aos 7 anos de idade Catarina consagrou a sua virgindade a Cristo e aos 15 ingressou na Ordem Terceira de São Domingos. Catarina encarou a sua clausura com seriedade e vivia encerrada no seu próprio quarto, onde, por intermédio da oração e diálogo afirmava que estava sempre com e em Cristo. Catarina abandonou a sua cela somente em 1374, quando a peste se alastrou por toda a Europa e ela decidiu cuidar dos enfermos e abandonados, tendo praticado grandes actos de caridade. Nesse mesmo ano (1374), recebeu uma visão e ficou estigmatizada. Na visão Cristo lhe disse de d'ora em diante ela trabalharia pela paz, e mostraria a todos que uma mulher fraca pode envergonhar o orgulho dos fortes.

No ano 1376, quando toda a Itália estava envolvida em graves disputas políticas à volta do papado, organizaram-se nas cidades de Peruggia, Florença, Pisa e em toda a Toscânia milícias e revoltas contra o poder político do Papa Gregório XI. Catarina decidiu seguir até Avinhão, cidade onde os papas viviam desde há mais de 70 anos, e apresentar-se diante do mesmo para o convencer a regressar a Roma, pois que tal seria fundamental para a unidade da Igreja e pacificação da Itália. Tendo obtido esse grande sucesso em 1378, voltou para sua cidade, onde adoeceu e faleceu em 29 de Abril de 1380, dia em que se comemora a sua memória litúrgica. Tal sucesso foi no entanto de pouca duração, pois que a eleição seguinte tornou a mergulhar a cristandade em nova divisão: o Grande Cisma do Ocidente.

Embora analfabeta, Catarina ditou mais de 300 cartas endereçadas a todo o tipo de pessoas, desde papas, aos reis e líderes, como também ao povo humilde, onde lutava pela unificação da Igreja e a pacificação dos Estados Papais. Uma das suas obras ditadas, Diálogo sobre a Divina Providência, é um livro ainda hoje considerado um dos maiores testemunhos do misticismo cristão e uma exposição clara de suas ideias teológicas e de sua mística. Em 1970, o Papa Paulo VI declarou-a Doutora da Igreja, sendo a única leiga a obter esta distinção. O Papa João Paulo II declarou-a co-padroeira da Europa

domingo, 27 de abril de 2008

Muito que aprender...

Há muito tempo que procuro
alguma coisa que me dê esperança,
alguma coisa que me dê sentido de vida
alguma coisa que me dê alegrias.

Não digo que não tenho vida,
tempo atrás aprendi a viver a minha vida,
aprendi a aceitar aquilo que a natureza me dá
para ter a vida como ela nos permite..

A aceitar o que sou e como sou,
podem apontar-me o dedo,
podem os cabelos ficarem brancos
já não me atinge, minha alma está livre..

Pequenas coisas que não dei valor,
tornaram-se importantes,
momentos bons ja passados, não voltam,
agora aproveito cada pedaçinho..

As propostas que procuro,
podem estar a minha frente,
a minha missão na terra,
pode estar nas minha mãos.

Mas ainda não os vejo,
ainda não chegou a hora de os ver,
ainda não chegou a hora de realiza-las
ainda tenho muito que aprender..
(Autoria: LMCF)

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Corações em Silêncio


Confrontado com situações de extremo perigo, Taylor McAden, bombeiro voluntário, expõe-se até ao limiar do perigo.
Denise é uma jovem mãe solteira, cujo filho de cinco anos sofre de um inexplicável atraso de desenvolvimento e a quem ela devota a sua vida numa tentativa de o ajudar. Mas o caso vai aproximar estes seres.
Numa noite de tremendo temporal, Denise sofre um acidente de automóvel e é Taylor quem vem socorrê-la. Embora muito ferida, a jovem depressa toma consciência de que o filho já não se encontra na sua cadeirinha do banco traseiro. Taylor irá até ao fim de uma angustiante noite de buscas para o encontrar. Foram tecidas as primeiras malhas que os irão unir, e o pequeno Kyle desabrocha ao calor da ternura daquele homem. Denise abandona-se à alegria de um amor nascente.
Mas Taylor tem em si cicatrizes antigas, que o não deixam manter compromissos de longa duração. Nicholas Sparks, esse talentoso contador de histórias, intervém com a sua magia redentora e a sua inigualável capacidade de aprofundar a complexidade das relações e dos afectos.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Para ti, LINM, para este dia especial

Em mim, nasceu uma flor especial
que floresceu com alegria,
e permaneceu no meu coração,
desde o primeiro dia que te vi,
para completar o meu jardim...

Em nós existe um pilar de amizade
Nesta vida, com estes anos todos,
conheci amigos e amigas,
e muitos ainda vou conhecer
pelo o mundo afora.

Aprendi muitas coisas contigo,
voltei a sentir a jovialidade
partilhar experiências,
dar valor e empenho a amizade.

Faz parte do destino,
uns chegam outros partem,
mas alguns permanecem junto de nós,
mesmo que estejam longe da vista.


Amiga Baby LL, fico triste por ires embora,
pois vou sentir a tua falta.
Mas fico contente,
por ires fazer uma coisa que gostas.

AS verdadeiras amizades,
os verdadeiros amigos,
nunca dizem adeus,
apenas um "até breve"..
(autoria: LMCF)

terça-feira, 22 de abril de 2008

O Olhar...


Gostava de ter o dom de adivinhar,
o que dizem os teus olhos..
Um dia, eu escondia-me dos olhares de toda a gente,
baixava a cabeça, só para não cruzar com os teus olhos,
pois sentia que eram janelas abertas e que me magoavam,
Diziam tantas coisas, e eu não sabia decifrar.
Diziam sentimentos, e eu não conseguia descobrir.

Hoje quero saber,
o porquê da zanga dos teus olhos,
que me magoam tanto,
por vezes fico curiosa,
outras vezes, fico com receio,
talvez por ter feito algo que não gostaste.
Porquê que por vezes brilham,
outras vezes, não têm aquele fogo aceso.
Porquê que por vezes afastam
só para não cruzar com os meus...
A dor que sinto, para saber o dizem os teus olhos,
Enlouquece-me, entristece-me...
Porquê? O que dizem os teus olhos??
(Autoria: LMCF)

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Para ti, miga LINM,


Que a nossa amizade (LINM=LMCF), dure para sempre...

O essencial é invisivel aos nossos olhos


Na fase de adolescência, mil aventuras e desaventuras..dai, os sonhos para a vida.
O tempo passa e nós crescemos, alguns sonhos permanecem, outros deixaram de existir.
Vemos coisas diferentes, aprendemos com a dor e por vezes com o sofrimento e também com a loucura.
Fase de amadurecimento, fases em que aprendemos, por vezes coisas muito duras,
Mas sabemos que estamos aqui para aprender, evoluir como ser humano.
Agora os sonhos, tantas vezes mudadas, tantas vezes deram uma volta completa.
Quem um dia, sonhou casar de branco, véu e grinalda, na igreja, com o pai ao nosso lado até ao altar,
esse passou a ser o sonho da proxima encarnação.
Não digo que não case, mas não vai ser o mesmo sonho...
Quem um dia, sonhou ter montes de filhos e filhas,
esse sonho passou a ser de poucos filhos, talvez filhos adoptados, crianças que precisam do nosso amor..
Quem um dia, sonhou viver a vida sempre com um sorriso nos lábios,
Esse sorriso, passou a ser conforme os dias, conforme as pessoas, que puxam pelo o nosso sorriso...
Quem um dia, pensou que as responsabilidades são para os outros,
engana-se, um dia teremos que os assumir, por vezes, não somos nós,
mas as situações que por vezes, nos obriga a assumir essas responsabilidades..
Quem um dia, pensou em ser eternamente criança,
acontece sempre qualquer coisa que nos amadurece, que nos obriga a crescer rapidamente.
Por vezes, olhamos para trás, e queremos ter aquela inocência que um dia tivemos.
Sorrir sem medos, escolher sem olhar para trás, sonhar sem receios..
Aliás se mentalizarmos que temos uma criança dentro de nós, seremos eternamente uma criança...
Basta termos mente e coração aberto...
(Autoria: LMCF)

domingo, 20 de abril de 2008

Igreja de S.Domingos


A Igreja é da autoria de Manuel Caetano de Sousa, Carlos Mardel e João Frederico Ludovice que reaproveitaram o portal pertencente à Capela Real do Paço da Ribeira. Em 1958 um incêndio destruiu o seu interior que, ainda assim, sobressai pelas colunas gigantes e pela policromia dos seus mármores. A igreja denuncia uma arquitectura barroca de planta em cruz latina. O interior revela o seu aspecto de riqueza ecléctica. A única nave da Igreja possui quatro altares colaterais simples em vãos de arco pleno, separadas por colunas duplas compósitas encimadas por tribuna e janelas, encontrando-se nos topos do transepto uma capela e coro alto. O tecto do templo é em falsa abóbada de berço, decorado a manganês e ocre mediante a técnica do esponjado. A igreja possui, ainda, uma cripta, também ela abobadada com lambril de azulejos, e onde se encontram os túmulos de D. João de Castro, capelão de D. João.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

SUPER MÁRIO “BOOT CAMP” “The Million Moves Man”

Spring Salsa Festival, dia 19 e 20 de Abril 2008 pela 2ª vez em Portugal!!!


6,5 H de Fantásticos Workshops com aquele que é considerado um dos mais versáteis professores de Salsa do Mundo!

Ganhou durante 3 anos consecutivos o prémio de melhor professor de Salsa do UK e já leccionou em mais de 35 Países. O seu estilo é rápido e dinâmico, permitindo uma fantástica liberdade de movimento e improvisação. A sua especialidade é em Cross body Style e Salsa no ‘1’ e no ‘2’, com grande ênfase nas técnicas de condução.

Super Mario Já leccionou em mais de 35 países: Austria, Belgica, França, Turquia, Holanda, Alemanha, Dinamarca, Suécia, Escócia, Irlanda, Luxemburgo, Noroega, Israel, USA, Suiça, Austrália, Croacia, Estónia, Egipto, Japão, Brasil, Canada, Hawai, Republica Checa, Italia, Mexico, Finlandia, Nova Zelandia, Singapora, Hong Kong, India, Latvia, Russia, Eslovénia, U.A.E., Polonia, Roménia, China …. e PORTUGAL pela 2ª vez!

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Dura e crua realidade..

Um dia queria poder dizer-te tantas coisas, dizer-te o que sinto por ti, poder abraçar-te.
Queria poder afastar a solidão de mim, afastar este sentimento de vazio de existe dentro de mim.
Mas quando estou perto de ti, quando te vejo a andar por ai, quando te vejo ferido e triste, quero aproximar-me de ti, quero poder acariciar-te.
Mas a dura e crua realidade, não nos permite fazer isso. A realidade, provoca estarmos afastados, magoamos, maltratamos, mal olharmos um para o outro, sermos transparentes que é o pior sentimento que eu já senti.
Mas como se diz, quando mais longe da vista, mais perto do coração. A cabeça luta, nega, recusa e o coração sente, ama, reage e o tempo transforma e cura tudo.
Quando a noite cai, sentimos um vazio, sentimos tão sozinhos e terminar mais um dia assim, dá-nos uma tristeza tão grande…
Sinto contente rodeado de amigos e amigas, sinto contente poder voar quando danço, mas sinto cada vez mais a solidão.
Um dia, passado um tempo, não aguentamos esta solidão, o querer estar perto e não poder. Finalmente, queremos falar um com outro, queremos comunicar, queremos transmitir o que sentimos, queremos mostrar o que é mais forte. Será o querer e poder ou o amar e sentir.
No silêncio do final da tarde, sentimos algo mais forte, mais forte do que as palavras. Algo incontrolável…
No brilho dos nossos olhos, das nossas pérolas visuais, que comunicam sem palavras, que tentam arrancar-nos um sorriso, por breves momentos, no toque dos dedos sobre a pele, suave e delicadamente, momentos que duram.
No toque suave dos lábios, no calor dos nossos corpos e dos nossos abraços, ouvir os nossos corações bater fortemente e sem controlo. E juntinhos, abraçados vemos aquele lindo pôr-do-sol, quando o sol se esconde, se põe naquela linha do horizonte e dá passagem ao céu escuro e estrelado.
A noite cai, e ao fechar os olhos, voltamos a sentir a dura e crua realidade. Tudo muda, nada é a mesma coisa, mas as dúvidas persistem e tudo volta atrás. Afastamos tudo o que sentimos, por sabermos que nos é impossível, viver esse amor infinito, ter essa felicidade sem fim. Controlar o que não podemos, negar o que sentimos.
Quando amamos de coração, também lutamos de cabeça. Quando o amor é forte, a dor de perder é mais forte. Quem é mais forte, cabeça ou coração?
Não sou perfeita, nem Deus me fez perfeita, para poder passar por tantos contratempos. Mas sou uma mulher, um ser humano, uma pessoa, com possibilidade de poder amar alguém… Tenho este oportunidade de amar, porque voltar atrás…
Porque que a dura e crua realidade me faz sofrer..
(Autoria: LMCF)

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Dia Mundial da Voz» Oiça a Sua Voz, Cuide da Sua Voz, Goste da Sua Voz

O Dia Mundial da Voz, tem como objectivo a sensibilização para a importância da voz, suas alterações e os cuidados a ter, para manter uma voz saudável.

Desde sempre, que o homem sente necessidade de comunicar, sendo a voz um dos veículos de transmissão da mensagem, de forma a expormos as nossas ideias com clareza e eficácia. Também constitui um instrumento, relevante na socialização (como factor de estabelecimento das relações), estimulando reacções de interesse, de alegria, permitindo desenvolver afectividade. Pode-se considerar a voz, como o resultado da expressão corporal, dependente do bem estar físico e psíquico do indivíduo.

A voz, deve possuir um conjunto de características (intensidade, altura, duração e ritmo), permitindo um uso adequado e sua percepção agradável aos outros. Quando estas características, se alteram, instala-se um desvio, ou seja, deixa de ser aceite como “normal” se não estiver adequada ao sexo, à idade ou ao contexto sócio-cultural.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Cemitério de Carnide vira depósito de carros

Parte do terreno do cemitério, que continua a aguardar soluções para resolver o problema da decomposição dos corpos, está a ser usado pela PSP como depósito de viaturas.

«Era para ser um cemitério diferente do habitual, onde não se vêem campas e sim um enorme relvado», afirma o presidente da Junta de Freguesia de Carnide. Paulo Quaresma critica o estado de desleixo a que foi votado o recinto, agora transformado em cemitério de carros. A área de terreno baldio, que virá a ser ocupada com mais sepulturas, foi invadida por viaturas trazidas pela PSP. Fonte do gabinete do vereador Sá Fernandes (pelouro dos Espaços Verdes), citada pela Lusa, adianta que os carros serão retirados «em breve», mas não foi ainda decidido o local de depósito.

O cemitério lisboeta, inaugurado em 1996, deveria ter sido construído de forma faseada, mas o processo foi interrompido depois de se descobrir, após a exumação dos primeiros corpos, que estes não se tinham decomposto, devido às características do solo (argiloso). Este facto impediu o arranque da segunda fase do projecto, mas para Paulo Quaresma o problema dos solos não explica por si só o abandono. «Houve um grande desinvestimento», lamenta o autarca.

Paulo Quaresma salienta que «muito do que foi pensado não chegou a ser executado». Critica a falta de um parque de estacionamento e a ausência de transportes públicos que sirvam a zona.

Em Carnide estão actualmente depositados 10.600 corpos. Se a expansão do cemitério se tivesse concretizado, o espaço poderia receber até 25.000 cadáveres. «O cemitério podia estar a fazer 40 funerais por dia se tivesse os fornos crematórios a funcionar», sublinhou o responsável, acrescentando que só se fazem enterros pontualmente e «mediante uma autorização muito especial».

domingo, 13 de abril de 2008

Vai acontecer na Casa de Goa

Chrishna e Camilita são 2 jovens de ascendência indiana, radicadas em Londres, onde apresentam espectáculos de dança indiana e desenvolvem actividades de formação.

Aproveitando a sua passagem por Lisboa, farão um espectáculo no Auditório da Casa de Goa, no dia 13 de Abril, Domingo, às 16.30 horas.

Convidamos todos os sócios, familiares e amigos a virem assistir a este espectáculo, para podermos proporcionar às jovens dançarinas um acolhimento caloroso.

Dado a limitação de lugares no nosso Auditório, solicitamos que façam as suas inscrições até o dia 10 do corrente mês, impreterivelmente, através dos contactos: Tel. 21 393 00 78 / Fax 21 393 01 67 / Tlm. 93 896 64 74, e-mail: casadegoa@sapo.pt, das 10 ás 12,30 e das 15 ás 19 horas.

sábado, 12 de abril de 2008

Salsa 12 Abril...

Este próximo sábado temos a festa SalsaViva de Março. Vai ser a grande festa de Salsa deste em Almada, no Beira-Mar Atlético.
Quem quer ir??

MAPA

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Encontros em Portugal

No mês de Abril de 2008, um dos irmãos da Comunidade estará em Portugal para participar em encontros e visitar paróquias de diversas zonas do país. Alguns grupos de jovens estão a preparar tempos de encontro e oração abertos a todos. Sexta-feira, 11 de Abril – Lisboa na Igreja de São Nicolau

Programa:
19:45 Breve oração de acolhimento
20:15 Sopa, merenda, bebida e fruta oferecida pela paróquia
20:45 Ensaio de cânticos
21:00 Tempo de partilha, com testemunhos inspirados na «Carta 2008»
21:45 Quatro mesas redondas animadas por
Rita e José Maria G. Lopes (amar a Deus na Familia),
António Marujo (Amar a Deus Profissional),
Joana Rigato (Amar a Deus no trabalho/e aos outros)e
José Tolentino Mendonça (Amar a Deus no Celibato).
22:30 Vigília de oração
00:15 Chá e pequena merenda oferecida pela paróquia.

«Procurar um futuro feliz implica fazer escolhas. Há pessoas que assumem opções corajosas para seguir Cristo na sua vida de família, na sociedade, num compromisso pelos outros.
Também há quem se interrogue: como seguir Cristo escolhendo o caminho do celibato? Eu gostaria muito de encorajar aqueles que se deparam com a questão de uma escolha para sempre... Deus chama-te à liberdade. Não faz de ti um ser passivo. Pelo seu Espírito Santo, Deus habita em ti, mas não se substitui a ti. Pelo contrário, ele desperta energias insuspeitas... Não estamos sozinhos a seguir Cristo. Somos levados por esse mistério de comunhão que é a Igreja. Nela, o nosso sim torna-se louvor.»
Irmão Alois, Carta a quem gostaria de seguir Cristo.

Comentário: Recebi os emails da oração, mas no dia, nem me lembrei da oração com Irmão David. Qd cheguei vi tanta gente, tantos jovens, sentados no chão, como em Taizé. Adorei a noite. Apesar de cansada, foi maravilhoso, ainda mais na cerimonia das velas, em que tudo estava iluminado, em ambiente de paz..

ver Video

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Livro das respostas


TEM PERGUNTAS?
ESTE LIVRO TEM AS RESPOSTAS

COMO UTILIZAR O LIVRO DAS RESPOSTAS

1 - Segure o livro fechado na sua mão, ponha-o no colo ou na mesa.
2 - Concentre-se durante 10 ou 15 segundos na sua pergunta. As perguntas devem ser de resposta fechada, como “o emprego ao qual me estou a candidatar será o ideal?” ou “Deverei viajar este fim-de-semana?”
3 - Enquanto visualiza ou verbaliza a pergunta (uma pergunta de cada vez), coloque uma mão com a palma virada para baixo sobre a capa do livro e passe as folhas rapidamente de trás para a frente.
4 - Quando sentir que chegou a altura, abra o livro e encontrará a resposta.
5 - Repita o processo para quantas perguntas tiver.

Meu comentário:
Em várias perguntas que fiz, sempre a mm resposta:
"Pode já estar decidido!"..
Fiquei sem saber, se o livro estava viciado, ou se as minhas perguntas iam parar sempre no mesmo sitio..

quarta-feira, 9 de abril de 2008

'Eu amo Dot'

Uma família da Califórnia, nos Estados Unidos, conta que um gatinho nascido em uma ninhada de seis animais no domingo de Páscoa trouxe uma 'mensagem de amor' para a mãe impressa em seu pêlo. Nas costas do animal, é possível ler a frase 'I love Dot' (em português, 'Eu amo Dot'). O 'love' é um coração, e o 'Dot', apelido de Dottie, nome da gata que pariu os bichinhos, é um ponto. Em inglês, 'dot' significa ponto.
"Quando limpamos o pêlo da ninhada, nos surpreendemos com a mensagem", afirma Teauri Ramirez, madrasta do menino Michael, de 4 anos, que é o dono da gata e que atualmente está cuidando da ninhada. "Vamos ficar com o gatinho com esse desenho surpreendente", conta a madrasta, que jura que o pêlo do animal não foi alterado. Os outros cinco serão doados.

terça-feira, 8 de abril de 2008

O tempo passa..

"O tempo passa, e com ele partem para sítio nenhum os sonhos que um dia sonhamos e que chegamos a acreditar que talvez se tornassem realidade…
O tempo passa, e aqueles a quem chamávamos amigos não passam agora de nomes escritos por ordem alfabética numa velha agenda guardada no fundo de uma gaveta qualquer…
O tempo passa, e os discos que tanto ouvíamos estão agora tão riscados que foram esquecidos a um canto do móvel da sala…
O tempo passa, e o passado encerra-se num álbum de Liceu, nalgumas cartas de amor fingido, em dois ou três copos roubados num bar…
O tempo passa, e a loucura que guiava os nossos passos deu lugar a um compromisso atroz que nos impede de viver…
O tempo passa, e quando nos olhamos no espelho já nem sequer vislumbramos aquele sorriso que nos tornava os melhores do mundo…
O tempo passa, passa, até que um dia deixa de passar, se cansa simplesmente de passar e parte levando consigo o tempo… E nós onde ficamos? Nós partimos também rumo a um lugar onde o tempo tão cansado já não queira passar ou nem sequer exista…"

domingo, 6 de abril de 2008

Caminhada

A Terra e o Mar

Nos limites dos concelhos de Sintra e Mafra, podemos contactar com natureza, apreciando as paisagens fabulosas que nos surgem e respirando o ar puro e perfumado que a Primavera nos traz, assim como a maresia do Oceano Atlântico.
Venha desfrutar da natureza connosco!
Encontro - 8:45h
Partida - 9h
Duração - Cerca de 3h30m
Distância - Cerca de 10 Km
Dificuldade - Média


Local de Encontro - Partida e Chegada
Igreja de Santa Susana (Estrada N247 Sintra-Ericeira)
Local de Abastecimento – meio do percurso
(Que foi uma maravilha, agradecimentos aos fornecedores..)
Pão com chouriço, Madalenas, pao-de-ló.. Sumo de limão natural.. laranjas.. Com vista para o Mar...

Observações
O passeio é organizado pela Comissão de Festas de Santa Susana e Pobral.
As receitas revertem a favor da Festa em honra de S. Lourenço e Santa Susana
que se realizará nos dias 8/9/10 Agosto.

sábado, 5 de abril de 2008

Ser transparente..

O Ser, o Sentir, o Simples, o EU...........tantas vezes enfeiticado e bonito aos olhos de quem nos vê!
Somos diferentes sim, especiais, cada um à sua forma e medida!Com bases e desafios comuns!
Mas de que serve tudo isto de não te empenhas em transmitir cada particula do teu ser, nas tuas acções diárias?!
De que te serve tudo isto, se não te empenhas em dar algo de ti, tão precioso, tão teu aos outros, com a simplicidade de quem tudo sente.....e não de quem tudo sabe!
Olha, olha melhor à tua volta, sem rodeios, sem transformações, sem julgamentos e sente com os olhos da alma, a simplicidade de cada momento!
Quanto mais simples for, mais transparente aos olhos de todos fica, e tu bem sabes que não és perfeito, não és complexo. És igualmente especial na tua forma de ser diferente e único!
Lava de novo os olhos e permite um descanso e mimos à tua alma, recomeça e acredita na tua força única!
És uma peça fundamental deste puzzle que é a nossa vida!
Respeita o que sentes, aceita o que menos gostas, deixa a razão andar de braços dados com a intuição, para conseguires realizar as tuas acções de forma contínuada e consolidada!
Não penses tanto nisso....age! Agora é o momento SEMPRE!
Se te sentires só...sim é verdade que estás só!
Se sentires dor...sim é verdade que sofres!
Se sentires que não é por aí.....pára....e aceita!
Respeita-te sempre e receberás sempre o respeito que transmites!
Já te devem ter dito, algumas vezes, que ninguém é perfeito!
Pois é, nem a vida tem essa pretensão....se olhares com bastante atenção para a simplicidade da vida, vais notar que é intensa e maravilhosa no que respeita a cumprir os seus designios! Tão incrível, tão intensa, tão especial de uma forma tão grandiosamente simples!
Não te esqueças......nunca estás só, estou SEMPRE CONTIGO : )

NOTA: Este texto, é dedicado ás pessoas que estiveram ao meu lado.. Em especial, as minhas Forever Friends, C.H., R.R., LINM., O.D., S.N. e outros.. familia e amigos considerados tios e tias. Para ti, amiga LINM...não queiras ser transparente..

Desisto..


Visto-me no silêncio em que a alma se calou…
Desisto desse amor que um dia nasceu…
Não é de ti que me afasto nem do tempo que passou…
É deste sentir que em ti, não viveu…

Não quero a tristeza, quero a alegria,
não quero o sofrimento, quero a tranquilidade,
não quero a agonia, quero a paciência,
não quero a dor, quero a paz,
não quero a solidão, quero a vida...
(Autoria:LMCF)

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Deixa-me amar-te assim... em silêncio...


Deixa-me amar-te assim... em silêncio...
Não me peças palavras que não sei pronunciar, nem gestos que nunca fiz.
Dizia ser impossível este amor que por ti ainda sinto...
Sinto um calor que invade-me a alma que queima...arde...
Ao amar-te, sinto...sinto o pior dos sofrimentos, sinto-me vazia, oca, nua.
Olhas-me e perco o norte. Fico muda e desvio o olhar.
Não é por não te amar, mas sim por esse amor ser grande demais.
Mas em silêncio...
Seria tão fácil dizer que amo-te e perder-te.
Seria tão simples dançar ao som da ilusão e entregar-me completa, serena!
Não me peças para ser o que não sou, nem para me transformar subitamente em mulher, porque sou apenas menina.
Queria crescer nos teus braços fortes e esconder-me atrás do teu tronco másculo.
Mas abraço-te... em silêncio.
Desejo o suave toque acetinado dos teus lábios nos meus e imagino como será um beijo de verdade.
Anseio por ele e sonho-o.. em silêncio.
Aproveito-me do que tenho de melhor e sonho...
Nos meus sonhos eu sou tua e tu... Tu, meu amor, pertences-me!
Todos os dias nos amamos intensamente e somos apenas um do outro!
Todos os segundos das minhas noites são aproveitados ao máximo e vividos energicamente, ardentemente, gloriosamente...
Preferia ter-te perto de mim, mas para perder-te mais uma vez, prefiro ter-te em sonhos..
Chega a manhã e tenho de enfrentar a dura realidade!
Não me peças palavras que não sei dizer e deixa-me!
Deixa-me amar-te assim... em silêncio...
(autoria: LMCF)

quinta-feira, 3 de abril de 2008

A química do amor


Se não se sabe até que ponto as feromonas influenciam a escolha de parceiros na espécie humana, os «sintomas» do amor à primeira vista são mais consensuais.
Quando se pergunta o que sentiu quem o experimentou, a importância do olhar é sublinhada por todos.
É com uma troca de olhares que tudo começa e é essa troca que muda tudo.
Depois, uns falam de «química», outros de «excitação», outros ainda de «electricidade».
Descrições que correspondem às reacções químicas que se passam no cérebro quando estamos perto da pessoa amada e que se traduzem numa respiração mais acelerada, em suores e em alguma agitação.

Se o amor à primeira vista existe ou se é amor verdadeiro são questões ainda sem resposta para ciência,
mas perfeitamente claras para quem viveu uma experiência desse tipo.
Portanto, se acredita no amor à primeira vista abra os olhos.
O mais provável é que seja atingida pela seta do cupido quando menos esperar.

O significado de um olhar que eu procuro não está em nenhum dicionário.
Um olhar é coisa que só segundos conseguem descrever.
A troca de olhares são visões sinceras, duas maneiras diferentes, porém se adequam perfeitamente à maneira do outro ver o mundo.
O olhar é algo mágico, coisa de se admirar, talvez o que mais demonstra os sentimentos do nosso corpo humano.
São eles que traduzem às pessoas o que coração sente.
São eles também que apreciam cada gesto que o corpo faz.
Enfim, o olhar é uma ponte onde traduz os sentimentos para o resto do mundo e pode trazer para dentro o que o resto do mundo revela,
mesmo que em segredo.
A troca de olhares é fundamental para a existência humana.
Eles captam tudo o que queres ver no momento.
Sim, por vezes sinto a falta desse olhar,
procuro esse olhar que me faz sentir bem.
Já me escondi desses olhares, que por vezes magoa, arde sem se ver,
mas não posso fugir para sempre..
A troca de olhares despoleta algo dentro de mim.
Só de olhar para ti, sinto-me uma paz, sinto o meu coração a pular,
É o que motiva-me, o que me faz seguir em frente,
e só queria poder ter para sempre.
Eu só queria saber o significado desse olhar...

quarta-feira, 2 de abril de 2008

A vida me ensinou...

A dizer adeus às pessoas que amo,
Sem tira-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim,
Para mostra-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade,
Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir;
Aprender com meus erros,
afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças;
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que machucam-me ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações;
Perdoar incondicionalmente,
Pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente,
Pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordada;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Ensinou-me a ter olhos para "ver e ouvir estrelas", embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre a lutar para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Ensinou-me e contnua a ensinar-me a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher.

Charles Chaplin

terça-feira, 1 de abril de 2008

Abril

MÊS: ABRIL
FLOR: TANACETO
FADA: TANSY

O nome dessa flor deriva da palavra grega "imortal", justamente porque ela dura muitas possibilidades de concepção eram realçadas quando as mulheres comiam essas flores. Outros povos colocavam suas folhas dentro dos sapatos para evitar o mau cheiro.
Tansy faz parte à série de fadas das flores silvestre dentro de uma lista criada pela estudiosa e artista inglesa Cicely Mary Barker (1895-1973). É descrita como uma menina de olhar atento, cujo rosto inspira confiança e serenidade. Considerada muito trabalhadora, ela gosta de viver em comunidade. Veste-se com roupas feitas das folhas do tanaceto, levando na cabeça uma coroa feita também com as folhas da planta.
Ela gosta que se recite ou cante os seguintes versos:

“Antigamente, nas cozinhas”,
O tanaceto tinha múltiplos usos.
Bem triturada e moída
Pudins e pastéis com ela se faziam,
E chá e bebidas de leite, e até medicina.
Assim relata gente entendida.
Isso ocorreu em dias antigos,
Agora me encontro em outros caminhos reais,
Quando o ar do campo é fresco e suave,
Com minhas folhas e lindas flores
Amarelas, diminutos botões.
Que de três em três coso
Nos verdes vestidos dos elfos.”

1º de Abril - "dia das mentiras"

Hoje em dia, o 1º de Abril é um dia especial para pregar partidas e mentiras aos outros para todos nos rirmos um bocadinho dos sustos e enganos que causámos.
É uma bela altura para pôr sal no açucareiro e açúcar no saleiro, é dia de pregar partidas para nos divertirmos, porque pregar partidas por maldade, é ser mau.

Quatro regras para as partidas do Primeiro de Abril:
1 - Não se pode magoar ou fazer mal à pessoa.
2 - A vítima tem de acreditar (ou não estar nada à espera).
3 - A vítima, quando descobre, tem pelo menos de sorrir.
4 - Nessa altura tem de se gritar: "1º de Abril!".

Para os adultos é sobretudo nos jornais e na televisão que se inventam histórias que são grandes mentiras, mas que têm de parecer verdade. A piada é tentar-se adivinhar se é mesmo verdade... ou não.

Um pouco de história
Bem, o que acontece com o 1º de Abril é mais ou menos comum a festas deste tipo: há várias explicações e não se sabe qual é a real.

Uma delas refere que começou em França, pois havia a celebração do equinócio da Primavera que marcava o Ano Novo.
Em 1564, o rei francês Carlos IX mudou o calendário para o que usamos hoje - o Gregoriano e o Ano Novo passou a começar a 1 de Janeiro. Aos que ainda celebravam o ano novo em Abril chamavam-lhes tolos (em inglês são os "April's Fools'"). Como no ano novo anterior (Abril) se trocavam prendas, começaram a dar-se, nesta altura, prendas para gozar com os outros. Na Escócia a ideia de pregar partidas foi bem aceite e a mais praticada (ainda hoje) é a de mandar alguém caçar gambuzinos (cuckoo hunt - caça ao cuco).

Outra explicação fala de um festival romano, o da Cerelia, que celebra a história de Proserpina. Parece que Proserpina estava a colher lírios no vale quando foi raptada por Plutão, o deus romano. A mãe dela, Ceres, ficou tão atrapalhada que começou a procurá-la sem muito método (e sem resultados) - tudo isto tem a ver com a caça aos gambuzinos, que é a ideia de procurar algo que nunca se vai achar.

Pregar partidas é tão divertido, que muitos países têm esta celebração, mas noutros dias... No México é a 28 de Dezembro. Na Roma antiga era a 25 de Março. Na Índia é a 31 de Março.